terça-feira, setembro 18, 2018
Home > Destaque > Quatro detentos fogem de unidade prisional em Itamaracá

Quatro detentos fogem de unidade prisional em Itamaracá

Quatro detentos fugiram da Penitenciária Agroindustrial São João (PAISJ), em Itamaracá, no Grande Recife. A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) informou, nesta sexta-feira (22), que a unidade prisional ainda está apurando as circunstâncias que levaram à evasão dos presos para que as medidas cabíveis sejam tomadas.

Informações iniciais dão conta de que a fuga teria ocorrido na quinta-feira (21). A Penitenciária Agroindustrial São João possui regime semiaberto e, de acordo com a Lei de Execuções Penais, saídas temporárias são concedidas a seus detentos ao longo do ano.

Ao todo, 383 detentos, que estão em penitenciárias de regime semiaberto do estado, recebem autorização para saída temporária desde a quarta-feira (20). A informação foi repassada pela Secretaria de Ressocialização (Seres). Eles devem retornar para as unidades na quarta-feira (27), ganhando o direito de passar o Natal em casa.

Fugas

Em agosto deste ano, três detentos fugiram do Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico (HCTP), também localizado em Itamaracá. O HCTP abriga pessoas que cometeram crimes e tiveram diagnóstico de doença mental comprovado pelo Judiciário. Por isso, esses detentos ficam uma unidade específica. Lá, devem receber tratamento adequadro, como determina o Código Penal.

No dia 26 de junho, uma tentativa de fuga de presos do Complexo do Curado, na Zona Oeste do Recife, deixou um detento morto. Ao tentarem sair do presídio Frei Damião de Bozzano, os internos fizeram funcionários da enfermaria e da escola da unidade prisional reféns. Ao menos três presos estavam na enfermaria, todos armados, segundo as testemunhas.

No dia 10 de junho, detentos do Complexo do Curado tentaram escapar usando uma passarela que liga dois dos três presídios que compõem o espaço. Na época, o governo de Pernambuco informou que a fuga foi evitada após policiais militares da guarda externa perceberem a movimentação e efetuarem disparos de armas de fogo para impedir a saída dos presidiários.

Operação

A Polícia Civil de Pernambuco desencadeou uma operação contra esquema de tráfico de drogas e armas de fogo na quinta-feira (21). Dos 14 mandados de prisão preventiva emitidos pela Justiça, cinco foram para detentos do sistema prisional. Segundo os investigadores, os arremessos de drogas e armas de fogo para dentro do Complexo Prisional do Curado, na Zona Oeste do Recife, eram planejados de dentro do presídio.

Fonte: G1-PE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *