quarta-feira, dezembro 19, 2018
Home > Olinda > Obras da Compesa leva água a bairros de Olinda

Obras da Compesa leva água a bairros de Olinda

As obras do Projeto Olinda + Água, que prevê a distribuição de água todos os dias em 15 bairros de Olinda, continuam avançando. Ontem (29), a Compesa executou mais uma etapa importante, a conclusão da montagem de uma estrutura metálica para apoiar 50 metros de  uma tubulação de 150 mm, em uma travessia aérea sobre o Canal do Fragoso, na Rua Riachuelo, em Jardim Atlântico.

Essa adutora irá transportar água de um poço existente no bairro até uma estação de bombeamento, recém construída, e de lá será bombeada para o Centro de Reservação de Perijucã, localizada no bairro de Jardim Atlântico. Esse projeto está sendo executado em várias etapas e tem prazo final de conclusão para 2021.

Porém, os benefícios da obra já serão sentidos a partir do momento em que as novas tubulações entrarem em funcionamento. Já foi iniciada a fase de pré-operação para a realização de testes e avaliação do abastecimento nos bairros de Jardim Atlântico e Rio Doce, da 2ª à 5ª Etapa.

Os benefícios desta obra já serão sentidos pelos moradores dessas áreas, aos poucos, nos próximos dias. A 1ª Etapa de Rio Doce, e parte de Casa Caiada e Fragoso, que depende de obras complementares, também receberão água por meio do novo sistema, num segundo momento. A expectativa é que esse ciclo de testes seja encerrado em outubro, quando esses bairros já terão mais água nas torneiras com pressões mais elevadas.

O novo Centro de Reservação de Perijucã é composto por seis reservatório que, juntos, irão armazenar 12 milhões de litros de água fornecidos por nove poços mais e toda produção proveniente do Sistema Botafogo para atender as localidades contempladas na primeira etapa do projeto – Rio Doce, Jardim Atlântico, parte de Casa Caiada e Jardim Fragoso.

Além do Centro de Reservação, a Compesa está implantado novas tubulações e substituindo redes antigas. Até o momento já foram assentados mais de 30 quilômetros de tubulação, de um total previsto de aproximadamente 85 quilômetros para os 15 bairros. Também estão sendo instalados equipamentos de medição e controle, como macromedidores e válvulas redutoras de pressão, que tem objetivo de monitorar e controlar o volume de água produzido e distribuído. “Esse controle, somado a centralização de todo o volume de água que dispomos para estas localidades, aos poucos, nos darão condições de ofertar água todos dias, mesmo sem o aumento de produção. Iremos otimizar a distribuição de água e promover um abastecimento mais eficiente com o mesmo volume de água que dispomos hoje”, afirma o coordenador de Engenharia responsável pelo projeto, Bruno Eduardo.

No mês de outubro, a Compesa já iniciará outras frentes de trabalho, desta vez, para atender os bairros de Ouro Preto, Jatobá, Bairro Novo, Bultrins e no restante de Casa Caiada e Jardim Fragoso. No mês de abril de 2018, as obras serão iniciadas no Varadouro, Carmo, Guadalupe, Santa Tereza, Amaro Branco, Bonsucesso e Monte.

Estão sendo aplicados R$ 134 milhões no empreendimento, que irá beneficiar  cerca de 250 mil pessoas, o que representa 56 % da população de Olinda. Este é um grande investimento que está sendo aplicado no município de Olinda pelo Governo do Estado e Compesa, com recursos do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD). O projeto  Olinda + Água  é a obra mais importante em execução na Região Metropolitana do Recife e recebeu o empenho direto do governador Paulo Câmara nas tratativas para a liberação dos recursos, tão importantes para melhorar a qualidade de vida dos olindenses.

Da assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *