terça-feira, novembro 20, 2018
Home > Cultura > Caboclinho pernambucano é o novo Patrimônio Cultural do Brasil

Caboclinho pernambucano é o novo Patrimônio Cultural do Brasil

O Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural aprovou nesta quinta-feira, 24 de novembro, o pedido de registro do Caboclinho pernambucano, durante sua 84ª reunião que ocorre na sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em Brasília. Na parte da tarde, o Conselho avalia os pedidos para tombamento de quatro bens no Estado do Rio de Janeiro.

A manifestação cultural dos grupos de Caboclos, ou Caboclinho – conhecida principalmente por suas atividades no carnaval pernambucano – e datada desde o final do século XIX, simboliza a memória do encontro cultural e da resistência sobretudo das populações indígenas e também dos povos africanos escravizados, que reverberam profundamente na história do nordeste rural brasileiro.

As estruturas dramáticas em sua performance artística, que reúnem elementos de dança e música, reelaboram narrativas de guerreiros e heróis, sendo capazes de conectar a vida cotidiana ao elemento mítico do caboclo brasileiro. A prática marcada por uma forte presença religiosa afro-indígena-brasileiras está ancorada principalmente no culto à Jurema, com entidades espirituais denominadas Caboclos. Os instrumentos musicais são outra singularidade da expressão cultural, sendo o Caracaxá e a Preaca, por exemplo, exclusivos dos Caboclinhos.

O pedido de Registro para o Caboclinho ao Iphan foi apresentado pela Secretaria de Cultura do estado de Pernambuco, com a anuência dos representantes e membros da comunidade desse bem cultural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *