sábado, abril 20, 2019
Home > Alepe > Antônio Moraes isenta Prefeitura de Itamaracá por deficiência na coleta de lixo nos presídios

Antônio Moraes isenta Prefeitura de Itamaracá por deficiência na coleta de lixo nos presídios

Uma possível ação movida pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) contra a Prefeitura de Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife, motivou o pronunciamento do deputado Antônio Moraes (PSDB), na Reunião Plenária da última quarta-feira (04). O parlamentar relatou ter ouvido do promotor de Execuções Penais Marcellus Ugiette, em entrevista à Imprensa, a pretensão de o MPPE novamente responsabilizar o Poder Executivo municipal na Justiça pela deficiência na coleta de lixo dos três presídios instalados na cidade. Em decisão liminar, o Poder Judiciário já havia determinado à prefeitura que realizasse o serviço nas unidades prisionais duas vezes por semana.

“Esse problema já vem de muito tempo e não vai ser resolvido nos tribunais”, afirmou Moraes. Segundo o tucano, a população do município, de cerca de 22 mil habitantes, chega a um total de 150 mil pessoas em finais de semana e feriados. “É praticamente impossível fazer a coleta, se o recurso disponível para a prefeitura é para apenas 22 mil habitantes”, explicou.

O deputado também relatou que o lixo dos presídios não é sequer retirado para fora das unidades, mas “amontoado do lado de dentro”, o que provoca a recusa dos profissionais que atuam na coleta em entrar nas penitenciárias para recolher o material. “O promotor precisa entender essa peculiaridade do município, cuja população carcerária já deve chegar a 6 mil presos. É necessário que os agentes públicos encontrem um consenso para resolver essa situação.”

Fonte: Blog do Robson Sampaio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *