sábado, dezembro 15, 2018
Home > Destaque > Temer rebate Paulo Câmara: ele precisa ter em quem bater

Temer rebate Paulo Câmara: ele precisa ter em quem bater

Após ser acusado pelo governador e candidato à reeleição Paulo Câmara (PSB) de perseguir Pernambuco, Michel Temer afirmou que fez “um trabalho muito intenso” pelo Estado e que as críticas do socialista são feitas porque ele “precisa ter em quem bater”. “Já tenho estrada politica e concepções conceituais o suficiente para compreender o governador. Ele está no período eleitoral, precisa ter em quem bater […] Vamos compreender a posição dele. Logo depois da eleição ele se pacifica”, disse Temer nesta quarta-feira (29) em entrevista à Rádio Jornal de Pernambuco.

Temer também ressaltou o apoio de Paulo Câmara ao impeachment da presidente deposta Dilma Rousseff. “Você lembra que ele me deu apoio, os deputados ligados a ele votaram pelo impeachment sem que eu fizesse qualquer pedido”, ressaltou. Atualmente, por meio de um acordo da cúpula partidária, O PSB e o PT estão juntos na eleição em Pernambuco.

Temer também procurou rebater as críticas de que não liberou recursos para o Estado ao afirmar possuir “uma relação de oito páginas cheias do que foi feito por Pernambuco. Em todas as áreas houve um trabalho muito intenso”.

Nesta terça-feira (28), em um debate na Rádio Jornal, Câmara afirmou que enfrentou dificuldades para obter recursos necessários à realização de obras no Estado junto ao governo Michel Temer. “Fomos perseguidos pelo presidente Temer e todos seus aliados. Tanto que temos uma candidatura muito clara aqui. Apoiamos o ex-presidente Lula”, disse o governador na ocasião.

Fonte: Portal 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *