sábado, setembro 22, 2018
Home > Destaque > Suspeito de estuprar estudante a caminho da escola em Paulista é preso

Suspeito de estuprar estudante a caminho da escola em Paulista é preso

O homem suspeito de estuprar uma estudante de 16 anos a caminho da escola, no bairro de Jaguarana, em Paulista, no Grande Recife, foi preso nessa terça-feira (26). Pedro Paulo Dantas, de 31 anos, se entregou à polícia e foi encaminhado para o Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA) de Paulista em uma viatura, para evitar reações da população.

Ele estava sendo procurado desde a última segunda-feira, pela suspeita de ter cometido o crime. Segundo a vítima, ela estava indo para a escola, quando o motorista de transporte alternativo a encontrou, no bairro de Jaguarana, e ofereceu carona na Kombi em que trabalhava.

Como os dois se conheciam, ela teria aceitado. Logo em seguida, Pedro Paulo teria a ameaçado com uma faca e a levado para uma casa, onde o crime ocorreu. Ao ser liberada, no Loteamento Conceição, a moça pegou um ônibus até Maranguape II, onde foi socorrida por moradores.

Pedro Paulo confirmou a relação sexual com a adolescente, mas negou o estupro. “A gente já ficava, de tempos. Ela estava me esperando na parada. Era minha passageira de Kombi, estava gostando de mim”, afirmou.

Prisão

A justiça decretou a prisão temporária do motorista que foi encaminhado ao Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, também no Grande Recife. A Kombi usada por ele passou por diversas perícias para a coleta de impressões digitais.

De acordo com a delegada responsável pela investigação, o resultado da perícia, assim como do exame sexológico feito na estudante, e a ouvida de testemunhas, vão ajudar a embasar o inquérito e confirmar a versão verdadeira do ocorrido.

A prisão temporária do suspeito tem duração de 30 dias, e no decorrer das investigações, pode ser convertida em preventiva, que não tem prazo para ser encerrada.

O caso

A menina, de 16 anos, foi estuprada a caminho da escola. De acordo com as primeiras investigações, a estudante estava em uma parada de ônibus, na PE-22, em Paulista, quando um conhecido que estava numa Kombi parou e ofereceu carona. A jovem aceitou, e no caminho foi rendida e levada até uma casa, onde foi estuprada.

Depois do crime a estudante foi abandonada no Loteamento Conceição, pegou um ônibus até Maranguape II, e foi socorrida por moradores. A polícia esteve na casa do suspeito na tarde dessa segunda-feira, mas não o encontrou. O veículo usado por ele foi apreendido e será periciado.

Por TV Jornal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *