sexta-feira, agosto 17, 2018
Home > Denúncias > População impede enterro do suspeito de matar enteada em Igarassu

População impede enterro do suspeito de matar enteada em Igarassu

O corpo de Isaías Bezerra da Silva, 34, linchado pela população, na última sexta-feira (16), seria enterrado no Cemitério de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, neste sábado (17), às 16h, mas a repercussão nas redes sociais que a população iria atear fogo no caixão impediu a realização da cerimônia. Familiares de Isaías preferiram não enterrar o corpo de Isaías na cidade.

De acordo com a gerencia do cemitério, seria realizada uma cerimônia rápida, devido à comoção da população com o caso, mas os boatos nas redes sociais fizeram os familiares mudarem os planos. Ainda não se sabe onde o corpo do suspeito será enterrado. Isaías é suspeito de matar e ocultar o corpo da enteada Maína Marcolino, de 13 anos.

De acordo com a Polícia Civil, o padrasto foi espancado na saída do Sítio dos Marcos. Ele chegou a ser levado para uma unidade de saúde, mas não resistiu. Ainda nesta sexta-feira (16), a Vara Criminal de Igarassu havia expedido um mandado de prisão preventiva contra Isaías, que já tinha passagem pela polícia.

O caso

Maína Marcolino, de 13 anos, estava desaparecida desde segunda-feira (12) e foi encontrada morta dois dias depois dentro de uma cacimba de aproximadamente 12 metros de profundidade, em uma granja localizada no loteamento Bela Vista, em Igarassu. O corpo dela estava posicionado de cabeça para baixo, despido e com marcas de violência física. Uma cova rasa também havia sido cavada próximo ao local onde o corpo foi encontrado. De acordo com a polícia, a provável causa da morte é asfixia.

As autoridades esperam agora o laudo do Instituto de Medicina Legal (IML) para confirmar se houve ou não abuso sexual.

A garota teria ido passar o fim de semana com a mãe e o padrasto na granja, onde o homem trabalhava como caseiro.

Por TV Jornal
Foto: Google Maps

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *