domingo, agosto 19, 2018
Home > Brasil > Política por resultados

Política por resultados


O GovernoFHC, através do então Ministro Bresser Pereira lançou o Plano Diretor daReforma do Aparelho do Estado, lançando as bases do Estado gerencial no Brasil.A adoção por parte setor publico, de alguns mecanismos de administração dainiciativa privada, melhoram sensivelmente a capacidade operacional dosgovernos. 

Lula e seugoverno, embora não tenham intensificado muito este processo, deramcontinuidade à tentativa de se modernizar a gestão pública, através da adoçãode indicadores de desempenho e redefinição de atribuições, buscando a eficácia,eficiência e efetividade. O governador Eduardo Campos adota esta estratégia,baseando-se na experiência de Minas Gerais (governo Aécio Neves) e emplaca ummodelo de gestão baseado em tais princípios, chegando até a escolherdeterminados colaboradores, em função de requisitos eminentemente técnicos enão apenas políticos.

A gestão porresultados, busca a resolutividade, a desburocratização e a agilidade no setorpúblico. Não podemos mais conviver com governos marcados pelo clientelismo,patrimonialismo, corrupção e o abandono ao cidadão. A maioria dos governosainda são verdadeiros “cabides de emprego”, onde o que conta é a capacidade deadulação e não a competência das pessoas. A sociedade civil organizada cobrapor demandas da cidadania, mas a capacidade de resposta dos governos anda compassos de tartaruga, lento e numa intensa letargia. A cultura em favor de umestado gerencial no Brasil está presente na agenda pública, não podendo sermais adiada pelos gestores, visando o fortalecimento do processo democrático eda melhoria da qualidade de vida de nossa gente. 


One thought on “Política por resultados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *