quarta-feira, agosto 15, 2018
Home > Copa do Mundo > Ônibus: corredores entregues em 2013

Ônibus: corredores entregues em 2013



O início da construção dos três corredores exclusivos de ônibus para a Região Metropolitana do Recife (RMR), que dará mais mobilidade aos passageiros do transporte público – anunciada pelo Governo do Estado – terá início até o final do ano. A previsão é que as obras sejam concluídas até o fim de 2013 com orçamento previsto de R$ 940 milhões. Detalhes do traçado dos corredores Norte-Sul (partindo do terminal de Igarassu até o Centro do Recife); Leste-Oeste (do Derby até o Terminal de passageiros de Camaragibe) e BR-101 (de Paulista até Cajueiro Seco, em Jaboatão) foi apresentado ontem à tarde, durante uma audiência pública realizada no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), no Recife. Durante o encontro, representantes da sociedade civil e entidades públicas puderam opinar e sugerir melhorias para o transporte público da região. 

Nesses três corredores, será adotado o modelo Bus Rapit Transit (BRT) ou Transporte Rápido de Ônibus (TRO) já existente em outras cidades. A grande vantagem do BRT é a redução do tempo de viagem, além de um maior conforto aos passageiros com estações interligadas, climatizadas e monitoradas por uma Central de controle operacional. 

Durante sua explanação, o secretário das Cidades, Danilo Cabral, explicou que o processo para implantação dos corredores está sendo feito com transparência e agilidade para que todos os prazos sejam cumpridos até à Copa do Mundo de 2014. “Do ponto de vista de licitação, uma equipe específica do TCE está analisando esses projetos. Acredito que até o dia 7 de julho, estaremos com edital de licitação lançado. Não é só a Copa (futebol), até porque a rodovia (BR 101) será feita independente do evento. Será uma obra para toda a Região Metropolitana e irá valorizar o transporte público”, ressaltou Cabral. 

Em relação ao corredor BR 101, a ser implantado a partir do entorno do Hospital Miguel Arraes, em Paulista, até o Terminal Integrado de passageiros de Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, o secretário das Cidades informou que o edital da licitação está dependendo de uma análise do Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT), já que se trata de uma rodovia federal. Esse corredor de ônibus está orçado em 
R$ 480 milhões, dos quais R$ 300 milhões são oriundos do próprio DNIT e o restante do governo estadual. “Amanhã (hoje), o secretário executivo de mobilidade estará em Brasília para acompanhar o andamento desse projeto. Acreditamos que dentro de 60 dias faremos o lançamento do edital de licitação”, vislumbrou Danilo. 

Quanto ao modelo de transporte que atenderá o corredor da avenida Agamenon Magalhães até a Zona Sul do Recife, o secretário disse que será definido ainda este mês. “Estamos analisando e teremos uma definição até o final do mês. Até porque esse modelo terá que se adequar a construção da Via Mangue”, ponderou.

ANDAMENTO
O gestor estadual disse que um total de 16 obras estão em andamento para melhorar o transporte público no Grande Recife, entre elas, o corredor da avenida Presidente Kennedy, em Peixinhos, Olinda, previsto para ser concluído no próximo mês de setembro, além de outros, já em execução.

Do Folha de PE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *