quarta-feira, Fevereiro 21, 2018
Home > Goiana > O primeiro prédio da Hemobrás é inaugurado em Goiana

O primeiro prédio da Hemobrás é inaugurado em Goiana

O  ministro da saúde, Alexandre Padilha, e o governador em exercício de Pernambuco, João Lyra Neto (PDT), inauguraram no início da tarde desta segunda-feira o primeiro prédio da fábrica da Hemobrás, em Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. “É o início de uma nova era em que o Brasil vai passar a fazer parte dos países que têm tecnologia para fabricar hemoderivados”, disse Padilha.

Até hoje, somente 14 países possuem tecnologia para fabricar hemoderivados, medicamentos fabricados a partir do plasma do sangue humano que são usados em portadores de doenças como hemofilia, câncer, aids e imunodeficiência primárias, entre outras.

O prédio inaugurado possui 19 metros de altura, sendo equivalente a um edifício de seis andares. Nele, vai funcionar a câmara fria, que vai passar a receber, a partir de julho de 2012, todo o plasma usado para fazer hemoderivados no País. De lá, o material será remetido para a França, onde são fabricados os hemoderivados usados no Brasil. Atualmente, a câmara fria está em oito graus negativos. Gradativamente, ela vai ficar mais fria. A partir de julho, ela terá uma temperatura de 35 graus negativos.

A intenção do governo federal é que até 2014, todos os processos passem a ser feitos na fábrica da Hemobrás, quando a implantação da empresa vai estar concluída. No empreendimento, serão investidos R$ 670 milhões. A solenidade de inauguração do primeiro prédio da Hemobrás contou com discursos de diretores da Hemobrás, do senador Humberto Costa(PT), do prefeito do Recife João da Costa(PT); além de vários deputados federais e estaduais.

Ainda na solenidade, o ministro e os diretores da Hemobrás agradeceram ao ex-presidente Lula e ao ministro Humberto Costa pela decisão de implantar a Hemobrás em Pernambuco.

 Do JC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *