terça-feira, novembro 20, 2018
Home > Eleições 2018 > No Porto Digital, Manuela debate desenvolvimento nacional e inovação

No Porto Digital, Manuela debate desenvolvimento nacional e inovação

A pré-candidata à presidência pelo PCdoB, Manuela D’Ávila, esteve no Recife sexta-feira (23) e participou de debate no Porto Digital, com o tema “Desenvolvimento Nacional e Estratégias de Inovação: Ideias para o Brasil”. Estiveram presentes empresários da área da Tecnologia da Informação, representantes de associações locais, políticos e sociedade civil.

No debate que ocorreu no auditório do Softex Recife, Guilherme Calheiros, diretor do Porto Digital, apresentou a entidade para Manuela e mostrou como, ao longo dos anos, foram preponderantes para a requalificação urbana do Bairro do Recife. “Para uma área histórica, onde nasceu a cidade do Recife e onde houve um apogeu econômico com a exportação do açúcar, é de grande simbolismo devolver esse espaço à cidade”.

Manuela falou sobre o estado como indutor da economia e de como o Porto Digital hoje é um espaço de ensinamento ao Brasil, para aqueles que querem que o país busque um caminho próprio de desenvolvimento e que necessariamente precisa passar pelo tema da retomada da indústria e da inovação. “Se nós não tivermos projetos que necessariamente passem pelo tema de inovação, nós estaremos fadados a ter um papel coadjuvante no mapa do mundo”, disse.

Manuela falou ainda da importância das eleições como saída para a crise econômica e política. “Todos aqueles que têm compromisso com o Brasil, precisam fazer das eleições um palco de solução da crise e não de acirramento dela. Não podemos apenas debater o passado, porque podemos perder a chance de debater a saída para essa crise. E esse projeto não pode ser construído por um só partido, mas sim de forma ampla, dialogando com setores estratégicos”, afirmou. 

A deputada Federal Luciana Santos, esteve presente no debate. A parlamentar se destaca por emendas destinadas ao empreendedorismo feminino e no fomento à área de TI em Pernambuco, como lembrou o presidente do Softex Recife, Alcides Pires. “O setor de tecnologia da informação tem uma parceria histórica com o PCdoB, desde que Luciana Santos foi secretária de Ciência e Tecnologia, depois Marcelino Granja e depois José Bertotti. Essa é uma característica do Porto Digital, que vem sendo apoiado sistematicamente, governo após governo, e isso é algo muito positivo”.

Para finalizar, Manuela falou ainda de como medidas como o fim da neutralidade da rede, como ocorrido recentemente nos EUA, são perigosas para o setor. “Acho que nós não percebemos, enquanto país, o quanto vinculado está o tema da neutralidade da rede à possibilidade de desenvolvimento de novos negócios na área de inovação. O ministro da Saúde já disse que a principal mudança que tem de ser feita na legislação brasileira, para que a saúde pública possa entrar na etapa da internet das coisas, é justamente a quebra da neutralidade. E a quebra da neutralidade para vocês que são médias e pequenas empresas, se tornará uma forma de perpetuação das grandes empresas na ocupação desses espaços”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *