Mulher denuncia que motorista de aplicativo ficou com celular dela

Após esquecer seu celular em um carro de um motorista que trabalha prestando serviço a um aplicativo de transporte, uma auxiliar administrativa afirma que o motorista não devolveu o aparelho, avaliado em cerca de R$ 2 mil. O caso aconteceu no dia 24 de setembro, quando ela voltava de um parque aquático em Abreu e Lima com seu filho. Ao chegar em casa, percebeu que o celular tinha ficado no veículo e entrou em contato com o motorista, que apesar de ter prometido restituir o telefone, nunca o devolveu.

A vítima conta que, inicialmente, o condutor foi bastante simpático. “Liguei para ele do telefone do meu marido e ele atendeu. Foi muito educado e disse que me devolveria o celular. Mas como ele não voltava para cá, liguei novamente e ele me falou que não voltaria porque já estava tarde e no dia seguinte ele me devolveria. Ele entrou em contato com meu esposo por conta própria e passou o número dele, mas desde então não me responde mais”, afirma. Ela já reportou o problema ao aplicativo, mas a empresa apenas pede que ela aguarde.

A mulher procurou a Delegacia do Bairro de Peixinhos, em Olinda, onde prestou queixa. No entanto, na delegacia, segundo ela, para conseguir resolver o problema ela teria que investigar o motorista por conta própria, pois as informações que ela tinha não seriam suficientes. Sempre que tenta ligar para ele, não consegue completar as chamadas. A última vez que o condutor atendeu ao telefone, desligou ao perceber que se tratava da dona do celular.

A auxiliar administrativa precisou comprar outro celular e cobra providências tanto da polícia quanto da empresa do aplicativo. Ela possui prints de conversas com o motorista. Em um deles, o condutor diz que irá entregar o aparelho no dia seguinte. “Você procura a polícia e dizem que não podem fazer nada por você?”, reclama.

Fonte: OP9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *