quarta-feira, setembro 19, 2018
Home > Brasil > Lula não concorda com a tese de ”sigilo eterno” para a divulgação de documentos oficiais

Lula não concorda com a tese de ”sigilo eterno” para a divulgação de documentos oficiais


Está sendo muito debatida dentro do PT a tese do ex-presidente Lula sobre a divulgação de documentos oficiais que ele externou quarta-feira passada, em São Bernardo do Campo (SP), berço do partido, após assistir com a mulher, Dona Marisa, a uma “aula espetáculo” do escritorAriano Suassuna.

“Sigilo eterno, não. Não existe nada que exija sigilo. Acho que tem que ter um prazo (para divulgação), a não ser que seja um documento entre dois estados, que precisa ter mais cuidado. Mas, o restante, acho que o povo tem mesmo é que saber”.

Hoje, pela legislação vigente, documentos sigilosos com a marca de “reservados” só podem ser divulgados depois de cinco anos, os “confidenciais” depois de 10 anos, os “secretos” depois de 20 anos e os “ultrassecretos” depois de 50 anos.

Do Blog de Inaldo Sampaio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *