segunda-feira, março 25, 2019
Home > Pernambuco > Lixo eletrônico é alvo de campanha de conscientização no Recife

Lixo eletrônico é alvo de campanha de conscientização no Recife

O controle sobre o lixo eletrônico produzido no Recife será tema de uma campanha para recebimento de doação de equipamentos de informática e telecomunicação, que começa neste domingo (5). A iniciativa da Prefeitura do Recife, em conjunto com o Porto Digital, visa possibilitar o descarte correto de aparelhos tecnológicos inutilizados, como monitores, mouses, teclados, notebooks, aparelhos celulares e placas de computadores. O evento de lançamento acontece à tarde, no Paço Alfândega, Centro do Recife.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente do Recife, Marcelo Rodrigues, o projeto de arrecadar os resíduos faz parte de uma política maior. “Na verdade, faz parte da política nacional da logística reversa. Essa etapa inicial é para que possamos discutir o lixo eletrônico, e também questões que envolvem outros tipos de lixos. A partir do eletrônico, vamos tentar estender a discussão para o reaproveitamento de resíduos como pneus, garrafas pets, lâmpadas, garrafas de óleo. Tudo pode ser aproveitado como matéria-prima. Queremos mudar a formar de conduzir o lixo na cidade do Recife”, comentou.

Outro objetivo da campanha é promover ações de conscientização ambiental e alertar a sociedade sobre a necessidade de uma destinação correta para resíduos de equipamentos tecnológicos, oferecendo uma opção para o descarte sustentável de equipamentos sem uso. O material poderá ser coletado no Paço Alfândega e na Prefeitura do Recife, no centro, no Parque Dona Lindu, em Boa Viagem, e no Parque da Jaqueira. Depois, tudo que for recolhido será doado a instituições carentes que trabalham com o reaproveitamento desse lixo.

“Todo mundo tem dificuldade para descartar esse material. Na verdade, muita coisa pode ser transformada. Coisas que poderiam ser reaproveitadas para outras pessoas são jogadas fora. Queremos viabilizar a questão do computador e levá-lo para pessoas mais carentes. A proposta é de cunho social”, disse Marcelo Rodrigues. O secretário informou ainda que negocia com o Ministério do Meio Ambiente para trazer um centro de tratamento de lixo eletrônico definitivo para o Recife. Atualmente, só existem dois no Brasil, um no Rio Grande do Sul e outro em São Paulo.

A campanha vai durar nove dias, até o dia 14 de fevereiro. A expectativa da organização é arrecadar em torno de 20 toneladas de lixo eletrônico. Essa é a segunda vez que acontece a campanha, que, além da Prefeitura e do Porto Digita, conta com o apoio do Paço Alfândega e do Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC) do Recife.

Os pontos de recebimento irão funcionar em dias e horários específicos. Confira abaixo:
Paço Alfândega (Cais do Apolo, Bairro do Recife)
De 5 a 14 de fevereiro
De segunda a sábado, das 10h às 20h; Domingos, das 12h às 20h;

Parque Dona Lindu (Avenida Boa Viagem)
Dias 11 e 12 de fevereiro
Das 10h às 16h

Parque da Jaqueira (Rua do Futuro)
Dias 11 e 12 de fevereiro
Das 10h às 16h

Prefeitura do Recife (Cais do Apolo)
De 6 a 10 de fevereiro
Das 10h às 16h

Do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *