Idoso é preso suspeito de estuprar duas netas em Abreu e Lima

Homem de 62 anos, que trabalha como pedreiro, também é suspeito de estuprar uma outra menina, de 9 anos de idade.

Um pedreiro de 62 anos foi preso na última sexta-feira (10) após ser suspeito de estuprar duas netas, uma de 9 e outra de 14 anos. A prisão foi realizada em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, e os detalhes foram divulgados pela Polícia Civil de Pernambuco nesta segunda-feira (13). As informações são da TV Jornal.

De acordo com o delegado Ivaldo Pereira, da Delegacia de Paulista, o suspeito, no momento de sua detenção, mostrava estar frio, afirmando que sabia o motivo pelo qual estava sendo preso. “Ele é muito cínico, sempre debochando da situação, algo que causou bastante revolta para a gente. Estamos aguardando a perícia, pois só assim podemos ter a certeza. Lembrando que o estupro não se configura apenas com a conjunção carnal, mas qualquer ato libidinoso que o indivíduo faça é estupro”, afirmou o delegado.

Ainda de acordo com informações da Polícia, uma outra menina, de 9 anos, que é amiga das duas vítimas, também teria sido violentada pelo pedreiro. As meninas eram abusadas quando iam para a casa do suspeito ajudar a esposa dele, que possui problemas de saúde. As meninas não teriam denunciado antes o avô por conta de ameaças que ele fazia contra as duas netas. O pedreiro foi encaminhado para o Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e Lima.

Entrevistado, o pai das vítimas e filho do pedreiro mostrou indignação com o caso. De acordo com ele, o pai sempre se mostrou como uma pessoa moralista e dizia prestar pelos bons costumes da família. “Ele criou a gente muito bem. Eu não esperava isso dele e ninguém esperava. Estamos todos sem acreditar. Infelizmente, existia um monstro dentro de casa e não sabíamos”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *