quinta-feira, dezembro 13, 2018
Home > Sem Categoria > Gráficos de Pernambuco entram em acordo com indústrias e greve acaba

Gráficos de Pernambuco entram em acordo com indústrias e greve acaba

Foi decretado, no início da noite desta terça-feira (8), o fim da greve dos gráficos de Pernambuco. A categoria foi orientada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) a retomar o trabalho imediatamente. A decisão foi anunciada depois de uma reunião que durou toda a tarde e se prolongou até o início da noite desta terça entre o TRT, o Sindicato dos Gráficos de Pernambuco (Sindgraf-PE) e o Sindicato das Indústrias Gráficas.

“Essa greve era bem direcionada aos jornais e a determinação da parada do movimento grevista foi fruto de uma negociação mediada pelo presidente do TRT, que sugeriu os índices de reajuste”, afirma o presidente do Sindicato das Indústrias Gráficas, Valdezio Figueiredo. Os dias parados não serão descontados e ficou acordado um reajuste salarial de 10% para os gráficos que atuam nos jornais, de acordo com Sindgraf-PE. O sindicato patronal teria oferecido um reajuste de 7,3%, contra os 15% reivindicados pelos profissionais.

Com o reajuste, o piso dos gráficos que trabalham em jornais passou de R$ 944 para R$ 1038. Já os profissionais que atuam nas gráficas e ganhavam R$ 718, passarão a receber R$ 785. Os valores são retroativos a 1º de outubro de 2011.

A greve, decretada na última sexta-feira (4), teria sido motivada por divergências na negociação salarial, dificultando a impressão dos principais jornais de Pernambuco. Durante o período, alguns jornais teriam buscado profissionais de outros estados para realizar os serviços de impressão, segundo o Sindgraf-PE. “Amanhã terá jornal de qualidade, pois os profissionais que estavam de greve retornaram ao trabalho”, diz Iraquitan Silva, presidente do Sindgraf-PE.

Do G1 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *