quarta-feira, Abril 25, 2018
Home > Meio Ambiente > Governador anuncia ações no Dia Mundial do Meio Ambiente

Governador anuncia ações no Dia Mundial do Meio Ambiente


Neste domingo (05), Dia Mundial do Meio Ambiente, o governador Eduardo Campos foi ao Parque Estadual Horto de Dois Irmãos para plantar mudas de espécies da Mata Atlântica e antecipar algumas das ações do Governo do Estado. A principal delas é a apresentação nesta segunda-feira (06) do plano para institucionalizar novas unidades de conservação no Estado.

A elaboração do plano está sob a responsabilidade da Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade e prevê a instalação de 13 novas unidades de conservação no bioma da Caatinga, que atualmente não possui nenhuma área protegida pelo Estado.

Destacando os avanços na legislação estadual com o cuidado com o meio ambiente, Eduardo explicou como vão funcionar as áreas de conservação.  “Nós queremos mais do que ter a declaração e demarcação das unidades, mas ter toda a sua institucionalidade e o seu funcionamento, com seu plano de manejo, com o seu comitê gestor.”

Com a criação dessas reservas, sobe para 4% o índice de preservação da Caatinga pernambucana.

A expectativa é atingir, a médio prazo, o total de 10% de área protegida. Hoje, apenas 0,7% da vegetação encontra-se em bom estado. “É cuidar e a partir dali disseminar os valores que devem presidir a consciência de cada um, fazendo com que a gente altere também padrões de consumo e de desenvolvimento.”, defendeu Eduardo.

O governador garantiu que ao longo dos próximos três anos e meio várias atividades de educação ambiental vão ganhar celeridade no Estado.Um dos principais objetivos é zerar o passivo ambiental em áreas historicamente desmatadas, como o Território de Suape.

Para o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Sérgio Xavier, esses planos estratégicos que estão sendo implantadas pelo Governo caminham para que Suape se torne num modelo de polo industrial e portuário sustentável, criando “um padrão novo de gestão pública ligada às causas ambiental e social”.  “Além de zerar o passivo de Suape, vamos ampliar de 48% a 59% a área verde em todo o seu território, o que é um amento bastante considerável”, informou Xavier.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *