sexta-feira, agosto 17, 2018
Home > Brasil > Gleisi defende aliança do PT com o PSB

Gleisi defende aliança do PT com o PSB

Após visita ao ex-presidente Lula, em Curitiba, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann repercutiu a aliança partidária com o PSB e os reflexos desta ação para as eleições majoritárias em Pernambuco. Sem falar no processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, a dirigente apresentou a justificativa, a união, entre socialistas e petistas, em defesa de pautas progressistas, como a oposição a reforma trabalhista e previdenciária.

A presidente petistafez elogios à postura de Marília Arraes, vista por ela como “um grande quadro político”. Para ela, o movimento feito pela vereadora do Recife é “compreensível”. As conversas entre petistas, socialistas e comunistas estão acontecendo desde o fim do ano passado e somente ontem, após inúmeros acenos, o Partido dos Trabalhadores oficializou a decisão e informou à militância sobre a postura. Na versão da executiva nacional petista, o principal para estas eleições gerais é construir uma unidade na esquerda em torno dos partidos mais progressistas.

“Nós gostaríamos muito e envidamos esforços para fazer uma aliança formal com o PSB, para que pudesse vir apoiar Lula e o PT de Pernambuco. Marília, os companheiros sabiam desse esforço. Infelizmente não foi possível e, nós afinamos uma conversa com aquele setor que nós temos como mais progressista do PSB, nós não podemos desconsiderar que o PSB foi um partido que pelo movimento de governadores, com o Ricardo Coutinho, o Capiberibe senador, o próprio Paulo no Pernambuco colocou pra fora uma ala da direita e se reposicionou no processo”, explicou Gleisi.

Fonte: Blog da Folha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *