terça-feira, janeiro 22, 2019
Home > Abreu e Lima > Delegacia de Cavaleiro começa a recuperar produtos saqueados

Delegacia de Cavaleiro começa a recuperar produtos saqueados

Por meio de várias de denúncias, a delegada Beatriz Leite chegou aos diversos produtos saqueados ontem no bairro / Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

A Delegacia de Cavaleiro, em Jaboatão dos Guararapes, começou a recuperar objetos roubados durante a onda de saques a estabelecimentos comerciais na última quinta-feira (15). A delegada titular, Beatriz Leite, recebeu diversas denúncias na manhã desta sexta (16) e foi nas casas dos saqueadores para apreender os produtos. Quatro pessoas foram presas ontem e duas foram detidas hoje. Na Delegacia de Abreu e Lima, muito tumulto também por conta da quantidade de pessoas detidas e objetos recuperados.

Até o meio dia, já estavam na delegacia dois fogões, um forno microondas, caixas de som, uma parte de um armário de cozinha, dois espremedores de suco, além de vários cabides. A delegada ainda informou que muitas pessoas estavam jogando produtos roubados em uma mata de Cavaleiro, com medo de sanções e represálias da polícia.

O bairro está mais tranquilo, depois da confusão que tomou a localidade ontem. Duas viaturas da Polícia Militar já foram avistadas fazendo rondas. O Exército foi visto em vias próximas à Cavaleiro, mas não há nenhum efetivo da Força Nacional lá.

ABREU E LIMA – Em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, muitas pessoas já foram presas por conta dos saques. A delegacia está tumultuada, pela quantidade de detidos e objetos recuperados. Policiais civis e militares ainda realizam buscas para prender mais pessoas e encontrar mais itens.

GREVE DA PM – As lojas Insinuante, Americanas, Ponto de Promoção e Elektra tiveram produtos saqueados durante toda a quinta-feira. Houve registro de confronto entre a população e os soldados da Força Nacional. Populares chegaram a jogar pedras e agredir profissionais da imprensa, como o fotógrafo Igo Bione e os repórteres Maiara Melo e Alexandre Arditti, do JC.

À tarde, após confusão no Mercado Público de Cavaleiro, um homem foi assassinado a tiros. Rodrigo Wanderley da Silva, 22 anos, morreu com dois tiros na cabeça e o outro jovem ficou ferido nas costas, sendo levado para o Hospital Otávio de Freitas, no Sancho.

Com informações do JC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *