quarta-feira, fevereiro 20, 2019
Home > Abreu e Lima > Compesa realiza manutenção do Sistema Botafogo

Compesa realiza manutenção do Sistema Botafogo

O  Sistema  Botafogo, responsável pelo abastecimento de quatro municípios da Zona Norte  do Grande Recife  passará por manutenção nesta semana. Está programada uma paralisação de 36 horas do sistema, a partir da 0h da próxima quarta-feira (16), que atende aos municípios de Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima. Durante o período de desativação, para  retirada de vazamento em uma adutora localizada no Engenho Monjope, em Cruz de Rebouças, haverá falta de água nos municípios, com exceção das áreas atendidas por poços, que sofrerão queda de pressão e redução da vazão e receberão menos água no período da parada, que prosseguirá até o meio-dia da quinta-feira (17).

De acordo com o superintendente de Unidades de Negócio da Região Metropolitana do Recife, Alex Ramos,  a retirada do vazamento na travessia aérea de uma das adutoras do Sistema Botafogo irá otimizar  o abastecimento desse municípios , uma vez que permitirá uma  distribuição mais  equilibrada. “Com essa intervenção, também evitaremos que o vazamento aumente e provoque o estouramento da tubulação, forçando a realização do serviço em caráter emergencial e  cause grandes transtornos à  população”, afirma. Segundo Alex Ramos, a Compesa está desenvolvendo um programa de  manutenções  programadas preventivas e corretivas em respeito aos seus clientes, que precisam ser informados com antecedência sobre as paralisações de sistemas. “ O aviso prévio  do desabastecimento possibilita que a população armazene água  para as suas atividades diárias”, complementou.

Os serviços  de reparos na Adutora de Botafogo de 1.200 mmm, serão feitos por uma equipe de aproximadamente 15 profissionais (entre técnicos e engenheiros). Também será mobilizada uma forte estrutura de apoio técnico e operacional,inclusive com utilização de equipamentos pesados, para que os serviços sejam realizados dentro do cronograma previsto.  A Compesa também aproveitará a parada para realizar manutenção em válvulas  e registros do sistema. A manutenção de Botafogo vai custar R$ 30 mil.  

Com informações da Compesa  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *