sexta-feira, agosto 17, 2018
Home > Brasil > Ciro ainda espera aliança com PSB e diz que PT age com desonestidade

Ciro ainda espera aliança com PSB e diz que PT age com desonestidade

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, disse nessa quarta-feira (1), em entrevista ao programa Central das Eleições, da GloboNews, que não desistiu de receber o apoio do PSB para o pleito deste ano.

”No momento em que eu lhes falo, eu não recebi nenhuma carta, nenhum sinal de fumaça, nenhuma mensagem”, disse o presidenciável.

A aliança com o PSB é tida como prioridade para a campanha de Ciro, que não recebeu nenhum apoio formal de outra legenda. Apesar disso, o PSB fechou um acordo com o PT que os afasta do pedetista. Ciro classificou como ”revés” o entendimento entre petistas e socialistas.

”Se isso se confirmar, é um revés, mas não me abate e nem me surpreende. Quando entrei nessa luta, sabia bastante bem que eu era o cabra marcado para morrer”, afirmou.

Isolado na corrida eleitoral, Ciro Gomes busca formalizar aliança, além do PSB, com o PCdoB, que também negocia com o PT. O candidato do PDT flertava também com o Centrão, bloco formado pelos partidos PP, PR, PRB, DEM e SD, que, recentemente, decidiu apoiar a candidatura do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckimin (PSDB).

O pedetista afirmou não entender o que fez para merecer o tratamento que vem recebendo do PT, que segundo ele usa até mesmo desonestidade. Ele ironizou: “Já já, eu venço eles.”

Com informações do Uol e do Estado de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *