Tiroteio em Paulista acaba em morte

Imagem TV Jornal

Imagem TV Jornal

E os bandidos em Paulista continuam agindo sem medo algum, dessa vez em uma tentativa de assalto que terminou em morte, na noite dessa quinta-feira (17/05), especificamente na Rua João Paulo II, que fica localizada no bairro da Mirueira. Os bandidos tentaram assaltar um policial, que tinha ido sacar dinheiro em uma agência do Banco Santander, no centro do Paulista.

Saindo do banco, o policial começou a ser perseguido e  no caminho teve seu carro Siena trancado por três bandidos que vinha em um Agile, o suspeito que dirigia o carro foi morto no local, com um tiro na cabeça, porém os outros dois meliantes conseguiram fugir sem levar nada, os dois carros depois desse tiroteio ficaram crivados de balas e o que foi utilizado pelos bandidos estava com uma placa adulterada, estava portando a placa de um Fiat Uno, o carro foi abandonado pelos bandidos no local com a marcha engatada. O policial civil não se feriu.

Redação do Informe-PE, Por: Rafaela Martins

Compartilhe essa notícia:

    Acusado de arrombar Correios de Abreu e Lima, em busca de R$ 200 mil, saiu da cadeia há 20 dias

    Edson Manoel da Silva, 28 anos, gozava dos benefícios permitidos pela liberdade condicional. Ele e os outros detidos – William do Nascimento, 25, e Edson José de Miranda, 27, e um quarto integrante, que conseguiu escapar do cerco policial, arrombaram uma agência dos Correios, em Abreu e Lima, Grande Recife, durante este final de semana. O acusado, que fugiu, escapou no veículo deixado nas imediações do prédio, no Centro da cidade.

    Para entrar no local, que não tem vigilância eletrônica, os acusados fizeram um buraco na parede lateral. Pela forma de ação, a polícia acredita que o grupo tem experiência nos assaltos a banco e correspondentes bancários. Por ser os Correios um órgão federal, os policiais militares do 17º Batalhão repassaram a ocorrência para a Polícia Federal. O soldado Antônio Marcos afirma que os acusados já vinham sendo procurados pelos órgãos de segurança.

    Do JC

    Compartilhe essa notícia:

      Capturada quadrilha que planejava roubar Correios em Abreu e Lima

      Compartilhe essa notícia:

        Polícia prende 5 supostos caçadores de animais silvestres

        Uma operação conjunta de policiais militares do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI) e da Companhia de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma) prendeu, na noite deste sábado (12), cinco homens suspeitos de praticar caça ilegal de animais silvestres.

        Eles foram encontrados com 13 armas de diversos calibres (12,16, 28,32 e 36). O grupo estava em um acampamento montado no terreno do Engenho Umbu, na zona rural de Igarassu, no Grande Recife.

        No local, os policiais encontraram munições, roupas camufladas, armadilhas, seis espingardas, outras seis de caça e um rifle que está sem especificação (há suspeita de ser um rifle 44, de uso exclusivo das Forças Armadas). O material foi encaminhado à Delegacia de Paulista, na região metropolitana, onde os suspeitos prestaram depoimentos.

        Como o crime é considerado afiançável, eles vão responder em liberdade. Segundo o Cipoma foi através de uma investigação que os policiais chegaram ao acampamento. A sexta-feira e o sábado seriam os dias preferidos para a caça ilegal na área.

        Do JC

        Compartilhe essa notícia:

          Informe-PE – Página em manutenção!

          Compartilhe essa notícia:

            Em Goiana, PE, 5 homens arrombam casa lotérica e levam R$ 208 mil

            Cinco homens arrombaram uma casa lotérica em Goiana, Zona da Mata Sul de Pernambuco, na madrugada deste domingo (6). Eles teriam rendido um vigilante da área antes de arrombar o estabelecimento, que fica na feira livre da cidade. O dono da loteria informou à polícia que o prejuízo foi de R$ 208 mil.

            Imagens das câmeras de segurança gravaram o momento da chegada dos cinco suspeitos, que teriam desligado o circuito interno em seguida. Eles teriam arrombado as portas de dentro da loja até chegarem aos cofres onde o dinheiro ficava guardado. A polícia acredita que eles utilizaram uma barra de ferro para abri-los.

            O Instituto de Criminalística esteve no local na manhã deste domingo (6) para fazer a perícia. O delegado de Goiana, assim como policiais da Delegacia de Roubos e Furtos, também estiveram na casa lotérica na manhã deste domingo, investigando o caso, de acordo com informações da delegacia de plantão da cidade.

            Do G1

            Compartilhe essa notícia:

              70% das mortes de jornalistas ficaram impunes

              Aproximadamente 70% dos assassinatos de jornalistas registrados no Brasil nos últimos 20 anos ficaram impunes, segundo levantamento da organização americana Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). O caso mais recente é o do repórter de política e blogueiro Décio Sá, baleado em um restaurante no último dia 23 em São Luís (MA). Sá trabalhava no jornal O Estado do Maranhão, da família do presidente do Senado, José Sarney. Com informações do Portal Terra.

              O CPJ contabilizou 20 assassinatos entre 1992 e 2012 no Brasil, sendo que 14 não foram punidos. Outros seis foram parcial ou totalmente esclarecidos e seus culpados punidos. O Brasil foi classificado pelo comitê em 11º lugar entre os países onde há mais impunidade contra profissionais da imprensa. “Os crimes contra jornalistas continuam sendo um dos principais problemas que a imprensa enfrenta nas Américas”, afirmou em nota Gustavo Mohme, da Sociedade Interamericana de Imprensa, após a morte de Sá.

              Contudo, o levantamento da CPJ está desatualizado. A organização contabilizou em 2012 apenas o assassinato do jornalista Mário Randolfo Marques Lopes, em Vassouras (RJ), em fevereiro. Não foram incluídos no estudo a recente morte de Sá e os assassinatos do radialista Laécio de Souza, da rádio Sucesso FM, de Camaçari (BA), ocorrida em janeiro, e do repórter do Jornal da Praça e do site Mercosulnews Paulo Roberto Cardoso Rodrigues, em Ponta Porã (MS), em fevereiro.

              Compartilhe essa notícia:

                Em Paulista, bebê de 26 dias é atingido por tesoura; pai é suspeito

                Na madrugada desta quarta-feira (25), um bebê de 26 dias deu entrada no Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, área central do Recife, com um ferimento feito, provavelmente, por uma tesoura. De acordo com informações do Posto Policial do HR, o pai da criança é o principal suspeito de cometer a lesão.

                Ainda segundo a polícia, o homem teria atirado o objeto contra a companheira, mas acabou atingindo o bebê. A criança estaria no colo da mãe, em sua casa no bairro de Maranguape, em Paulista, quando foi ferida nas costas.

                O HR informou que o estado de saúde do bebê é considerado estável e ele já se alimenta normalmente. O paciente está sendo acompanhado pela avó, que informou à polícia que o suspeito seria usuário de drogas. A Delegacia de Paulista vai abrir um inquérito para investigar se houve lesão corporal, combinado com a Lei Maria da Penha.

                Do G1

                Compartilhe essa notícia:

                  Patrulhamento em buggies e quadriciclos levam segurança ao litoral

                  Desde janeiro deste ano, os visitantes e moradores das praias de Porto de Galinhas, Maracaípe, Muro Alto, Praia dos Carneiros e Ilha de Itamaracá podem usufruir das belezas do litoral pernambucano com mais segurança e tranquilidade. Tudo isso por causa dos patrulhamentos feitos por nove veículos, entre buggies e quadriciclos.

                  Os veículos foram locados pela Secretaria de Turismo de Pernambuco (Setur) e cedidos à Secretaria de Defesa Social (SDS). O contrato de locação é de aproximadamente R$ 155 mil/ ano, podendo ser renovável por mais quatro anos. “O nosso objetivo é proporcionar maior segurança para os frequentadores do nosso litoral”, declarou o secretário de Turismo de Pernambuco, Alberto Feitosa.

                  Em virtude da maior concentração de pessoas, Porto de Galinhas e Maracaípe receberam dois buggies e dois quadriciclos, enquanto as praias de Carneiros e Itamaracá ficaram com um e dois quadriciclos, respectivamente, e um buggy para cada uma.

                  Moradores e visitantes da praia de Porto de Galinhas se dizem satisfeitos com as novas medidas de segurança. “Após o policiamento feito dentro da orla, a segurança melhorou bastante. O policiamento está mais ativo, o que foi uma santa solução para todos nós”, afirma o empresário aposentado Paulo Brito, de 59 anos.

                  O garçom e morador de Porto de Galinhas, Roberto da Silva, compartilha da mesma opinião de Paulo Brito. “Antes desse novo patrulhamento a gente ouvia muita reclamação dos turistas, agora quase ninguém reclama mais da falta de segurança. Os policiais passam a toda hora, tanto nos buggies como a pé”, conta Roberto da Silva. Os buggies e quadriciclos fazem a patrulha das 8h às 22h. Para entrar em contato com a polícia basta ligar para o número 190 e registrar a ocorrência.

                  Compartilhe essa notícia:

                    Delegado diz que pai atirou na filha acidentalmente em Paulista

                    Foram sepultados no cemitério de Santo Amaro, no Recife, às 16h desta terça-feira (24), pai e filha que morreram baleados em Paulista, no Grande Recife, na noite de segunda-feira (23). De acordo com o coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado João Brito, o homem de 30 anos atirou acidentalmente na filha de 8 anos.

                    O delegado afirmou ainda que não havia testemunhas presenciais, mas, pelo quadro do caso e pelas características do ferimento na garota, não há qualquer indício de que o homem tenha matado a filha propositalmente. A hipótese é de que ele manuseava a arma, quando ela disparou, acidentalmente. Logo depois, ao ver o que acontecera, atirou contra si mesmo.

                    João Brito disse também que o pai da criança não era o dono da arma, um revólver de calibre 38. O Instituto de Criminalística (IC) investiga de quem é a arma e como ela chegou até ele. Caso o proprietário seja identificado, responderá de acordo com o estatuto do armamento. O IC tem até dez dias para remeter o laudo com as conclusões do caso.

                    A criança estava com a irmã gêmea na casa do pai, em Maranguape, Paulista, quando foi ferida. O pai das meninas também faleceu ferido por arma de fogo, logo após ver a filha no chão segundo a polícia. De acordo com testemunhas que moram perto do local onde aconteceu a fatalidade, não foi possível ouvir o barulho dos tiros, apenas os pedidos de socorro. A criança chegou a ser levada pela mãe, Maria Tatiana Feitosa, para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, onde faleceu no final da noite de segunda-feira (23).

                    Maria Tatiana afirmou que as filhas estavam com o pai temporariamente, enquanto ela esperava a decisão da Justiça sobre a guarda. Ela disse ainda que deixou as crianças com o ex-marido durante o final de semana, e quando foi buscá-las, ele não quis devolver as meninas. O caso está sendo investigado pelo DHPP.

                    Do G1

                    Compartilhe essa notícia:

                      Pai e filha têm morte trágica em Maranguape II


                      Uma criança de 8 anos morreu na noite desta segunda-feira (23) no Hospital da Restauração (HR), no Derby, área central do Recife, após dar entrada na unidade com um tiro na cabeça. O pai da criança, o cozinheiro Nilson Nobre de Oliveira Filho, de 30 anos, se matou ao ver a filha ferida.


                      A delegada da Força Tarefa Norte, Euricélia Nogueira, vinculada ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), está investigando como a criança foi ferida. Duas linhas de investigação estão sendo estudadas. A primeira é de que Maria de Lourdes Feitosa Nobre de Oliveira teria se ferido ao encontrar um revólver calibre 38 que pertencia ao pai. A segunda versão é de que o próprio pai teria atingido a criança ao manusear a arma. As duas histórias foram contadas à polícia por vizinhos da família.

                      O cozinheiro morava na Rua 79, no bairro de Maranguape II, em Paulista, Região Metropolitana do Recife, com o pai e as duas filhas gêmeas. A segunda criança está na casa de parentes. Familiares contaram à polícia que ouviram o primeiro disparo e logo em seguida o pai da vítima saiu de casa desesperado carregando a filha nos braços e pedindo ajuda. Depois, ele deixou a criança ferida com vizinhos, voltou para casa e se matou. O caso aconteceu por volta das 17h40, nessa segunda.

                      A menina chegou a ser levada para o Hospital Miguel Arraes, em Paulista, e depois transferida para o HR, mas não resistiu ao ferimento.

                      Do NE10 

                      Compartilhe essa notícia:

                        Ossos são encontrados na casa onde trio de esquartejadores morou em Olinda

                        Peritos do Instituto de Criminalística (IC) foram acionados pelos policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) para analisar fragmentos de ossos encontrados na manhã deste sábado (21) em uma casa da Rua A, na 5ª Etapa de Rio Doce, em Olinda. Os acusados Jorge Beltrão, Isabel Pires e Bruna Oliveira apontaram onde enterraram os restos mortais de Jéssica Camila da Silva Pereira, morta em 2008. O trio é acusado de matar, esquartejar e comer mulheres. Eles foram presos em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. 

                        Jéssica Camila da Silva Pereira teria 17 anos em 2008 quando foi morta pelos acusados. A jovem seria a primeira vítima do trio e mãe da criança, hoje com 5 anos de idade, que morava com os acusados. A criança foi entregue ao Conselho Tutelar de Garanhuns. Eles apontaram aos policiais três áreas da residência onde estavam os restos mortais de Jéssica. A polícia escavou os lugares apontados e encontrou ossada e pedaços de dedo.

                        Do JC

                        Compartilhe essa notícia:

                          Metendo Bronca no IPSEP

                          Minha família mora no IPSEP – Recife e tenho me preocupado bastante, pois a onda de assaltos nas casas aumentou assustadoramente. Há um menor que todos chamam de “ratinho”, um menino franzino e magérrimo que entra nas casas dos moradores para assaltar, qualquer janela, “buraco” ele entra e repassa o furto para ladrões adultos que ficam do lado de fora da residência.

                          A polícia já o pegou no flagra algumas vezes, segundo os moradores, mas, por ele ser menor, ele é solto imediatamente. Ora, senhores, esse menino está causando um terror no bairro. Somente em uma semana três casas foram assaltadas. E o Conselho Tutelar? Os menores infratores não teriam que ir para lá?

                          Outro dia ele foi pego com o motor de uma bomba na mão. Os policiais tomaram e mandaram ele embora. Os furtos nas casas estão ocorrendo a qualquer hora. Por favor, façam algo. Acionem a Secretaria de Segurança Pública, enfim, o que for preciso, pois os moradores do IPSEP não podem ficar nessa situação. Na semana passada foram assaltadas duas casas somente na Rua São Nicolau, ambas pelo mesmo “ratinho”, a exemplo das outras casas.

                          Compartilhe essa notícia:

                            Leitora Denuncia falta de Policiamento no Janga

                            Gostaria de fazer uma denuncia e pedir uma ajuda o bairro do Janga estar sendo aterrorizado por homem que esperam as mulheres chegarem do trabalho para assaltar e não é só isso não eles estão dando coronhada e agredindo, pelo o amor de deus estou com síndrome do pânico, por favor, precisamos de ajuda abra a boca.

                            Compartilhe essa notícia:

                              PF prende três pescadores com equipamento de pesca ilegal e mais de 100 kg de lagosta no Recife

                              Três pescadores foram presos nesta segunda-feira (16) pela Polícia Federal (PF), através do Núcleo Especial de Polícia Maríitima (Nepom). As detenções foram feitas durante uma patrulha no canal de acesso do Porto do Recife onde uma embarcação, identificada como “Xaxô”, foi fiscalizada. No barco foram encontrados um compressor de ar mecânico e diversos equipamentos para a pesca ilegal, além de aproximadamente 100 kg de lagosta.

                              Segundo a PF, compressor de ar mecânico permite a respiração em baixo d’água em grandes profundidades ou por longo tempo. O uso desse equipamento é proibido pela legislação ambiental em qualquer época do ano. Já as lagostas encontram-se no período de defeso, sendo sua pesca proibida no período de 1° de dezembro de 2011 a 31 de maio de 2012. 

                              Os três homens foram autuados em flagrante por exercício ilegal da pesca por equipamento proibido, e de espécie no período de defeso. O barco está matriculado na Colônia de Pescadores Z11/Brasília Teimosa/Pina. A embarcação e os materiais de pesca apreendidos foram entregues ao Ibama, já os detidos foram encaminhados à Superintendência da Polícia Federal, onde ficam à disposição da Justiça.

                              Do JC

                              Compartilhe essa notícia:

                                John Lenon é preso em agência bancária em Abreu e Lima

                                O nome pode ser uma homenagem ao ex-Beatle John Lennon, mas a “carreira” está longe dos palcos. Um desempregado, com o nome de John Lenon, de 19 anos, foi preso em flagrante nesta madrugada, em Abreu e  Lima, quando tentava furtar objetos de uma agência bancária no município.

                                Segundo a Polícia Federal, John Lenon tentou furtar objetos da Agência da Caixa Econômica Federal, no centro da cidade, na Av. Duque de  Caxias, nº 964. Durante a tentativa, o sistema do banco sinalizou o arrombamento e a Polícia Militar foi acionada. 

                                No momento da abordagem, o rapaz batizado com o nome de um dos astros da música global, estava com alguns bens em seu poder. Entre os itens nas mãos de Lenon estava um computador portátil, um televisor e um terno blazer. 

                                Jonh Lenon correu da polícia, assim que viu os primeiros policiais entrando na agência. O rapaz resistiu à prisão, mas foi detido pelos agentes. Ele foi trazido para a Superintendência da Polícia Federal, que é a entidade competente na apuração de crimes envolvendo o patrimônio da União (no caso, a Caixa Econômica).

                                Lenon, natural de Abreu e Lima, foi atuado pelo crime de furto qualificado e encaminhado ao Cotel. 

                                Do DP

                                Compartilhe essa notícia:

                                  Um morto e dois feridos na sexta-feira santa em Paulista

                                  Na ultima sexta-feira (07/04), um tiroteio deixou os moradores do bairro de Arthur Lundgren I assustados.

                                  Era por volta das sete da noite quando chegaram quatro homens em duas motos em um bar localizado na comunidade três de setembro conhecida também como banheiro do soldado na cidade do Paulista.

                                  “Quatro homens em duas motos já chegaram atirando”, disse uma moradora que não quis se identificar com medo de represálias.

                                  Ao descerem das motos sem falar nada foram logo efetuando os disparos em direção ao bar, nesse tiroteio foram atingidas três pessoas, onde a senhora conhecida por dona Nalva foi atingida no pescoço, uma jovem chamada Cristiane foi atingida na perna e um rapaz que populares identificaram como Júnior que seria o alvo levou alguns tiros na cabeça.

                                  As vítimas foram socorridas por populares, a senhora Nalva após dar entrada no hospital Miguel Arraes não resistiu aos ferimentos foi a óbito, as outras vítimas ainda permanecem hospitalizadas.

                                  Redação do Informe-PE, Por: Sidcley Alves

                                  Compartilhe essa notícia:

                                    Polícia apreende 32 caça-níqueis

                                    A polícia apreendeu, na noite desta quarta (4), em Olinda, 32 máquinas caça-níqueis. A ação foi realizada por policiais militares do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) e do Motopatrulhamento, do 1º Batalhão da PM, em duas casas clandestinas de jogos que funcionavam na Avenida José Augusto Moreira, bairro de Casa Caiada, local onde funcionam diversos estabelecimentos comerciais.

                                    Pelo menos dois funcionários das casas de jogos foram levados à Delegacia de Plantão de Olinda para prestar depoimento, mas foram liberados em seguida. As máquinas caca-níqueis deverão ser encaminhadas à Justiça e em seguida incineradas. 

                                    Do JC

                                    Compartilhe essa notícia:

                                      Em Paulista bandidos assaltam confecção e 21 pessoas são feitas reféns

                                      Dois homens armados assaltaram uma confecção e fizeram 21 pessoas reféns na manhã desta terça-feira (3), no bairro de Arthur Lundgren I, no município de Paulista, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com a Polícia Militar (PM), as vítimas foram a dona da empresa e 20 funcionários. Ninguém ficou ferido. 
                                      “Os elementos foram até a confecção na Avenida Paulista, surpreenderam a proprietária no hall do estabelecimento e foram até a parte interna, onde os funcionários estavam. Eles anunciaram o assalto e pediram que eles fizessem silêncio. Depois, eles prenderam as pessoas na fábrica e seguiram com a proprietária para a residência dela. Chegando na casa, eles levaram joias e R$ 20 em espécie. Cada um estava com um revólver calibre 38”, afirmou o tenente da PM, José Ronaldo Santos.

                                      A Delegacia de Paulista ficará responsável pelas investigações. Ainda segundo o tenente, não há pista dos suspeitos.

                                      Do G1

                                      Compartilhe essa notícia:

                                        A segurança pública nos tempos do Lampião em Jardim Paulista

                                        A reclamação é do Bairro de Jardim Paulista Baixo que sofre com a escuridão em diversas ruas. A escuridão surpreende os motoristas no meio do caminho. De repente fica tudo escuro e só o farol do carro ilumina a Rua. “Eu saio de manhã, às cinco horas da manhã, eu sou obrigado a chegar atrasado porque não tem iluminação aqui! É horrível, tem assalto direito”, denuncia o porteiro Carlos Alexandre.

                                        Há 8 meses, três postes estão sem iluminação na Rua 29, além do risco de acidentes, os bandidos aproveitam o escuro para assaltar. “Com a escuridão na parte da frente da casa da gente, facilita os assaltos. Já levaram bicicleta, roupas…” diz o morador Fernando.

                                        Os moradores continuarão esperando e reclamando, enquanto a luz não chegar. “Aqui na Rua 66 já foi cenário de vários acidentes. Mais uma vez, a comunidade pede, apela, esperando que alguém tome uma atitude”, desabafa o motorista Edmilson Nojosa.

                                        O Senhor Galdino Tobias, de 65 anos, é moradora da Rua 25, e, segundo ele, faz cerca de um ano que a luz dos postes queimou e ninguém as substituiu. A escuridão na rua vem fazendo com que os moradores mantenham a luz das varandas das casas acesas durante toda a noite para trazer um pouco mais de segurança.  “Meu filho sai para trabalhar de madrugada, pois o serviço dele é em Ipojuca, é perigoso ele andar nessa escuridão. São vários os postes sem luz e a pedimos para trocarem a lâmpada, mas a prefeitura e a Celpe não trocam” disse o morador.

                                        O caos parece instalado de vez em Paulista. Como se já não bastasse tudo o que vem ocorrendo de errado na administração municipal, a maioria dos bairros da cidade encontra-se às escuras também, com boa parte dos postes apagados por falta de lâmpadas e reatores. A população indignada se desloca até a Prefeitura e Câmara de vereadores para cobrar providências e só escuta promessas. O pouco material de reposição que compram escolhem o local para substituir, deixando importantes ruas sem iluminação.

                                        Na zona rural, o desastre é ainda maior, por que além da escuridão existe o medo da violência. A insegurança tem assustado cada vez mais o cidadão de bem, que se sente desprotegido e sem o amparo do poder público municipal e do legislativo que não vem fiscalizando.

                                        Redação do Informe-PE, Por: Paulo Fernando 

                                        Compartilhe essa notícia:
                                          background