PF investiga empresa que ofereceria seguro de vida irregular no Recife

Documentos apreendidos mostram atividade irregular. (Foto: Divulgação / Polícia Federal)

Documentos apreendidos mostram atividade irregular.
(Foto: Divulgação / Polícia Federal)

Uma operação conjunta da Polícia Federal e da Superintendência de Seguros Privados (Susep) investiga uma empresa suspeita de oferecer irregularmente seguros de vida no Recife. Na quinta-feira (14), foram apreendidos diversos documentos, entre eles propostas de adesão, que apontam para a exploração ilegal de seguros de vida, visto que a empresa não teria autorização da Susep para atuar. O caso foi divulgado apenas neste domingo (17).

A empresa estaria oferecendo aos seus associados um ‘auxílio financeiro’ em caso de morte ou invalidez permanente. Atualmente, cerca de cinco mil pessoas teriam contratado o auxílio. Segundo a PF, diversas pessoas denunciaram que não receberam o valor contratado no seguro. Foi constatada ainda uma série de reclamações e ações judiciais referentes a empréstimos consignados – embora nesse ramo, a princípio, a empresa tivesse autorização para funcionar.

De acordo com a PF, a suspeita é de que estejam cometendo crime de instituição financeira clandestina, ou seja, operar, sem a devida autorização dos órgãos competentes. A polícia ainda analisa os documentos que foram apreendidos e pretende intimar os responsáveis pela empresa para prestar esclarecimento. A pena para este tipo de crime é de 1 a 4 anos, além de multa.

A empresa, que funcionava em Boa Viagem, teve a atividade econômico-financeira suspensa pela Justiça Federal no Recife após representação policial. Durante a apreensão, a PF ainda identificou uma possível segunda empresa que pode estar atuando irregularmente. Os documentos vão ser enviados à Susep para verificação.

Do G1

Compartilhe essa notícia:

PF apreende R$ 4.970 em notas falsas no interior de Pernambuco

Denúncias de populares levaram à prisão em flagrante na última sexta-feira (8) de três homens acusados de circular notas falsas em municípios do interior do Estado. O operador de empilhadeira José Sebastião da Silva, de 47 anos, foi preso em Xexeú, na Zona da Mata, com R$ 1.270 em notas falsas. Já Joseildo Justino dos Santos e Manuel Florencio da Silva foram detidos em um ônibus que fazia a linha Bezerros/Gravatá na BR-232. Com a dupla, foi apreendida a quantia de R$ 800 em cédulas falsas. 

Após denúncias, policiais militares do 10º BPM (Batalhão de Polícia Militar) localizaram José Sebastião da Silva tentando repassar a quantia falsa – sendo 12 em notas de R$ 100 e sete em notas de R$ 10 – no comércio local. O suspeito, que segundo informações da polícia estava sob efeito de álcool, foi levado para a Superintendência da Polícia Federal (PF) no Recife, no Cais do Apolo, Centro da capital pernambucana.

No interrogatório, o operador de empilhadeira afirmou que havia encontrado um pacote com cerca de três mil reais nas proximidades de um banco no município de Xexeú. Uma parte do dinheiro foi dividida entre amigos. Com o resto, José Sebastião informou que pagou uma conta de bar com uma nota de R$ 100. O troco recebido de R$ 45 também foi usado para a compra de bebidas. 

O suspeito foi autuado em flagrante por adquirir, guardar e colocar em circulação moeda falsa. Após o depoimento, foi encaminhado para o Centro de Triagem e Observação Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife, onde ficará à disposição da Justiça Federal. Se for condenado, pode pegar penas que variam de 3 a 12 anos de reclusão.

Na tarde do mesmo dia, o mototaxista Josinaldo Severino da Silva foi preso por policiais militares após tentar trocar uma nota falsa de R$ 100. O suspeito morava em São Paulo e foi detido no município de Bezerros, no Agreste, com 29 cédulas falsas de R$ 100, o que totalizou a quantia de R$ 2.900. Durante interrogatório, Josinaldo disse à polícia que havia acabado de chegar da capital paulista e encontrou o dinheiro em uma lixeira próxima ao terminal rodoviário da cidade.

Ainda na sexta, PMs prenderam Joseildo Justino e Manuel Florencio. Segundo informações repassadas à polícia, a dupla teria tentado trocar uma cédula falsa de R$ 100 na Rodoviária de Gravatá, no Agreste do Estado. Na abordagem feita durante o bloqueio, a polícia encontrou com os suspeitos a quantia de R$ 800. Joseildo, já acusado de agredir sua mulher de 32 anos, estava com sete cédulas de R$ 100, enquanto Manuel estava apenas com uma nota de R$ 100. 

Durante o interrogatório na Superintendência da PF, os dois afirmaram que o montante foi adquirido com a venda de um relógio em Gravatá. Os três foram autuados pelo mesmo crime. Após serem submetidos a exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, a dupla foi encaminhada para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza. Se forem condenados, também podem pegar penas que variam de 3 a 12 anos de reclusão.

Confira as dicas da PF para evitar recebimento de notas falsas:
1. Redobre a segurança em compras com a chegada de datas comemorativas
2. Não tenha pressa no atendimento. Confira sempre o troco
3. Observe a textura da nota. Procure o relevo da tinta usada na fabricação da cédula
4. Verifique a marca d’água colocando a nota contra a luz
5. Preste atenção no chamado registro coincidente, símbolo desenhado dos dois lados da cédula. Visto contra a luz, as figuras das duas faces coincidem
6. Desconfie se o fio de segurança da nota for nítido demais
7. Observe a impressão da nota. Nas cédulas legítimas, as tonalidades de cores são bastante nítidas

OPERAÇÕES – A PF contabilizou, com estas duas prisões, a apreensão de R$ 7.482 e prisão de nove pessoas – sendo oito homens e uma mulher – durante este ano. A maior apreensão pela Polícia Federal de notas falsas aconteceu em 14 de setembro de 2009, quando quatro pessoas foram presas nas cidades de Canhontinho, Agrestina e Caruaru. Durante a operação – batizada de Contenção – R$ 44.900 em notas falsas foi tirado de circulação. Com informações do NE10.

Compartilhe essa notícia:

Jovem mexicana esconde cadáver de bebê em urso de pelúcia

Uma jovem mexicana escondeu em um urso de pelúcia o cadáver de sua filha de sete meses, que morreu aparentemente por uma pneumonia agravada por sintomas de desnutrição, informou na sexta-feira o Ministério Público de Jalisco (oeste).

A mãe de 19 anos “confessou que a criança sofreu convulsões e morreu em seus braços e ela, para fugir de sua responsabilidade, ocultou o cadáver em um urso de pelúcia para depois se desfazer do corpo”, disse em uma coletiva de imprensa o procurador geral de Jalisco, Luis Carlos Nájera Gutiérrez.

Os incidentes ocorreram na terça-feira, quando a jovem – mãe de outro menino de dois anos – reportou às autoridades o suposto desaparecimento de seu bebê.

“Em suas primeiras declarações disse que roubaram sua filha (…) depois falou que a havia vendido por 100.000 pesos, mas também não era lógico, e então pedimos a ela que se submetesse ao polígrafo e ela concordou” em dizer a verdade, disse o procurador.

Nájera Gutiérrez informou que a bebê morreu por uma pneumonia agravada por uma desnutrição severa, pela qual se investiga se a mãe, que foi colocada à disposição do Ministério Público, é responsável. “Até o momento, a causa da morte e as investigações mostram que a mãe seria responsável por declarações falsas e enterro clandestino”, afirmou.

Fonte: AFP

Compartilhe essa notícia:

Ex-presidiário tenta roubar moto de comissário em delegacia de Paulista

Um ex-presidiário foi detido ao tentar roubar uma moto que estava dentro do Complexo de Delegacias de Paulista, no Grande Recife, em plena luz do dia, nessa quinta-feira (07). O comissário Nielsen Dornelas, 48, dono do veículo, estava no pátio, percebeu a ação e conseguiu prender José Eduardo Mendes Leão, 27 anos.

O acusado disse na portaria que entraria no complexo para fazer uma denúncia de roubo, mas, no pátio, ligou a moto com uma chave mestra e tentou sair. Ao ser abordado, José Eduardo alegou que estava fazendo um teste na moto Honda Titan 125.

O rapaz já tem passagem pela polícia por violência contra mulher e tentativa de homicídio. Desta vez ele foi autuado por furto qualificado.

Fonte: TV Jornal

Compartilhe essa notícia:

Operadora de call center é agredida pelo chefe em empresa na Boa Vista

Uma operadora de call center foi agredida pelo chefe dentro da empresa onde trabalha, na Boa Vista, no Centro do Recife, nessa terça-feira (05). Renata Kelly da Silva, 31 anos, estava voltando da licença-maternidade e disse que procurou o coordenador de operações da Contax da Boa Vista para falar sobre mudança no horário de trabalho. Porém, a irmã dela conta que Renata foi constrangida moralmente e puxada bruscamente pelo braço, que ficou inchado e dolorido. Após a agressão, a funcionária chegou a passar mal e desmaiou na porta da empresa.

Depois de registrar um boletim de ocorrência na Delegacia de Santo Amaro, a vítima voltou à empresa, na Rua Gervásio Pires, com policiais que, por horas, conversaram com o acusado e com a vítima. Do lado de fora, o Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações (Sinttel) protestava. O órgão recebe diariamente muitas denúncias por assédio moral, constrangimento e atitudes autoritárias por parte da gestão de empresas de call center.

Com informações da TV Jornal

Compartilhe essa notícia:

Internos promovem noite de tumulto em unidade da Funase na Avenida Norte

Internos da Casa de Semiliberdade (Casem) Recife I, que fica na Avenida Norte, localizada Zona Norte do Recife, promoveram no final da noite dessa terça (5) um tumulto na unidade. A Polícia Militar (PM) precisou ser acionada para conter os jovens.

Segundo a assessoria de imprensa da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), ninguém ficou ferido. A confusão começou quando um dos internos provocou os demais presentes a iniciarem depredação da unidade. Os envolvidos foram encaminhados a delegacias e devem responder por danos ao patrimônio público. O órgão informou que a corregedoria abrirá uma sindicância para apurar o caso. Com informações do NE10.

Compartilhe essa notícia:

Homem é assassinado a tiros e facadas em Igarassu

Um homem identificado como Wellington Nascimento de Albuquerque, 34 anos, foi assassinado na noite da última segunda-feira (4) a tiros e facadas, enquanto dormia em sua própria residência, localizada na Rua Boa Vista, na zona rural do município de Igarassu. O crime foi cometido pelo vizinho de Wellington, conhecido como “nego”. Ele seria ex-presidiário e teria cometido o homicídio por motivo passional.

A vítima era casada e mantinha uma relação extraconjugal com a esposa do vizinho. Os dois planejavam uma fuga, quando tiveram o plano descoberto pelo vizinho de Wellington. Após cometer o crime, o acusado fugiu do local.

O corpo de Wellington Nascimento foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), localizado no bairro de Santo Amaro, área central do Recife. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Com informações do JC

Compartilhe essa notícia:

Adolescente é assassinada na frente da casa do irmão em Araçoiaba

Uma adolescente foi assassinada na frente da residência do irmão, no município de Araçoiaba, localizado no Grande Recife, nesse domingo (03). De acordo com a polícia, Josivânia Xavier da Silva, 17 anos, namorava com um traficante do local e teria passado a tarde no Bar da Piscina, onde se envolveu numa confusão.

De acordo com informações colhidas pelos policiais, depois da festa ela foi à casa do irmão, que fica no Loteamento Bom Jesus. Homens ainda não identificados apareceram e efetuaram três disparos nas costas da garota, que morreu no local. Com informações da TV Jornal.

Compartilhe essa notícia:

Policial perde controle de carro e causa morte de uma pessoa em Paulista

Carro bateu em uma serralheria, que teve a fachada destruída

Carro bateu em uma serralheria, que teve a fachada destruída

Um homem morreu, uma criança de 10 anos ficou levemente ferida e, outras três pessoas atingidas. Esse foi o resultado da perda de controle de direção do policial militar Adriano Correia da Silva, 28 anos, lotado no 17º Batalhão, que subiu uma calçada em Jardim Paulista, município de Paulista, Grande Recife, no início da manhã deste domingo (3), destruindo parcialmente a fachada de uma serralheria e atingindo cinco pessoas que aguardavam um ônibus de turismo sob uma marquise.

O PM alegou que o carro, um Gol, teve problema técnico, ficou sem controle, e capotou antes de atingir as vítimas. O condutor ficou no local do acidente e fez o teste de alcoolemia, que deu negativo. Por isso, não foi preso. Parentes das vítimas acreditam que o PM, que largou do plantão momentos antes, tenha dormido ao volante.

O segurança André Barbosa da Silva, 43 anos, ficou gravemente ferido com o impacto do veículo. Foi levado para a UPA de Paulista, mas não resistiu. Seu estado era grave e ele não chegou sequer a ser transferido para um hospital. No fim da manhã, teve morte cerebral decretada, segundo parentes.

Ele ia com a família e vizinhos passar o dia numa praia na Paraíba e esperava o ônibus fretado, por volta das 6h, em frente ao número 56 da Avenida Ministro Marcos de Barros Freire (antiga Avenida C). O sepultamento será hoje no Cemitério da Muribeca, mas a família só irá confirmar o horário após a liberação do corpo pelo IML, que deve ocorrer pela manhã.

Familiares contaram que, inicialmente, acharam que o PM estava alcoolizado. “Ele saiu do carro muito atordoado, parecendo estar sob efeito de álcool. Teve uma reação de indiferença diante do cenário. Aparentou estar mais preocupado com o carro e a arma dele, enquanto meu cunhado estava quase morto no meio das ferragens e da marquise que caiu”, criticou a cunhada da vítima, Kátia Maria da Silva.

O PM foi levado para a Delegacia de Paulista e ouvido pela delegada de plantão, Viviane Santa Cruz. A policial informou que o teste de alcoolemia foi solicitado pelo próprio militar, que também fez questão que um parente da vítima acompanhasse o exame.

“O motorista em momento algum fugiu do local do crime ou se negou a prestar socorro. Como o exame de alcoolemia deu negativo, é preciso ouvir mais testemunhas e aguardar as perícias no carro para saber se houve falha técnica ou o condutor dirigia acima da velocidade da via, que é de 40 quilômetros por hora”, explicou a delegada Viviane Santa Cruz.

Com informações JC

Compartilhe essa notícia:

Jovem denuncia motorista de transporte escolar por assédio sexual em Paulista

Uma adolescente de 15 anos procurou o Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA) de Paulista, no Grande Recife, nessa quarta-feira (30), para denunciar um motorista de transporte escolar por assédio sexual. Ele já havia sido flagrado se masturbando dentro da Kombi, na frente dos alunos que transportava. A garota relatou que já foi vítima dos assédios do homem na época que estudava na escola da esposa dele, onde o suspeito também é professor de matemática, religião e educação física, além de ser pastor de uma igreja evangélica na Mirueira.

A jovem contou que não denunciou antes porque não tinha provas, mas resolveu procurar a polícia depois que foram exibidas imagens do flagra feito por outra estudante do mesmo colégio. A vítima conta que estuda na escola desde os 3 anos de idade e, quando se tornou adolescente, passou a ser assediada pelo professor. Ela disse ainda que, por diversas vezes, o homem tentou colocar a mão na sua genitália e nos seus seios, além de ter encostado o pênis dele em seu ombro.

Com a nova denúncia, o delegado que investiga o caso não descarta a possibilidade de pedir a prisão temporária do suspeito. Jorge Ferreira está reunindo mais provas para indiciar o motorista e professor. Antes disso, o suspeito deve ser chamado para prestar depoimento e apresentar sua versão dos fatos. A esposa dele, que é diretora da escola, também deve ser ouvida, já que, em meio a denúncias contra o marido, ela teria dito para uma das alunas esquecer o assunto.

Por causa da masturbação na frente dos alunos que transportava na Kombi, a polícia acredita que o homem pode ser indiciado por ato libidinoso praticado na frente de menores e atentado ao pudor. Já a esposa dele pode ser autuada por participação no crime praticado pelo marido. Com informações da TV Jornal.

Compartilhe essa notícia:

Corpo de homem é encontrado algemado e com 26 tiros em Areias

Um homem foi encontrado morto e algemado no final da noite dessa quarta (30) na Rua Bento Teixeira, na Vila Cardeal e Silva, no bairro de Areias, Zona Sul do Recife. Everton Felipe de Melo, 26 anos, conhecido na comunidade como ‘Betão’, foi executado com 26 disparos de arma calibre 380. De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, o jovem já tinha passagem pelo presídio por envolvimento em tráfico de drogas.

Segundo informações repassadas por testemunhas, Everton Felipe trabalhava como vendedor de carros, mas também era suspeito de participar de clonagem e desmanche de veículos. A vítima foi encontrada por populares no meio da via pública ao lado da Escola Estadual Mariano Teixeira, por volta das 21h. 

Agentes do DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa) encontraram uma quantia de R$ 6 mil dentro da cueca da vítima e mais R$ 200 no bolso de sua calça. Segundo as primeiras investigações, há cerca de quatro meses, três supostos policiais abordaram Everton e o levaram a um local desconhecido no bairro do Ipsep, Zona Sul do Recife, extorquiram R$ 200 da vítima e exigiram mais R$ 3000. O contato era feito através do celular. 

Antes de ser encontrado morto, Everton teria ido à casa da sogra, onde pegou R$ 8 mil. No último domingo (27), enquanto estava em uma festa de pagode na comunidade, o celular usado para contatos com os supostos policiais e a carteira de Everton foram roubados. 

Segundo familiares da vítima, Everton Felipe havia sofrido uma tentativa de homicídio no mês de julho. O caso será investigado pela 4ª Delegacia do DHPP.

Com informações do NE10

Compartilhe essa notícia:

Operações prendem mais de 20 envolvidos em tráfico e homicídios em Paulista

Duas operações deflagradas pela Polícia Civil de Pernambuco durante a madrugada desta quarta-feira (30) prenderam 29 pessoas envolvidas em homicídios, tráfico de drogas, roubo e associação para o tráfico em Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Outros dez mandados de prisão foram cumpridos contra pessoas que já haviam sido presas durante as investigações, iniciadas há oito meses.

Batizadas de Crepúsculo e Redenção, as duas operações foram conduzidas pelo delegado Luiz Andrey, diretor da Polícia Civil na RMR, com o auxílio do Grupo de Operações Especiais (GOE). Segundo o delegado, também foram apreendidas cinco armas e uma pequena quantidade de crack.

Para a Operação Crepúsculo foram expedidos 23 mandados de prisão. Deste número, 21 foram cumpridos durante a madrugada, sendo sete contra pessoas já presas. O grupo era investigado por tráfico de drogas, associação para o tráfico, 11 homicídios e dezenas de tentativas de homicídio.

Também foram expedidos 18 mandados de prisão para a Operação Redenção. Todas foram cumpridas, sendo três contra pessoas presas durante as investigações. Além do tráfico e associação para o tráfico, as pessoas também estariam envolvidas em roubos na região de Paulista.

Segundo o delegado Luiz Andrey, os dois grupos não tinham nenhuma relação além do espaço onde atuavam, a cidade de Paulista. Os detidos serão encaminhados ao Centro de Observação e Triagem (Cotel) e a Colônia Penal Feminina do Bom Pastor. Luiz Andrey também informou que as investigações irão continuar. Com informações do NE10.

Compartilhe essa notícia:

Motorista de transporte escolar é flagrado se masturbando na frente de estudantes em Paulista

Um motorista de transporte escolar de Paulista, no Grande Recife, foi denunciado à polícia nessa terça-feira (29), após ser flagrado se masturbando na frente de estudantes, dentro da Kombi que dirigia. A denúncia no Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA) de Paulista foi feita pela mãe de uma adolescente de 15 anos que filmou o ato obsceno. Segundo outras alunas, isso ocorria com frequência. O acusado também trabalhava como professor de matemática, religião e educação física, além de ser marido da diretora do colégio onde os alunos estudam, na Mirueira, em Paulista.

A adolescente resolveu usar a câmera do próprio celular para fazer o flagra. No momento do ocorrido, outros três alunos estavam na Kombi. Na delegacia, a jovem contou que mostrou as imagens a dois professores, que encaminharam a gravação para a diretora do colégio onde estudam, no bairro de Mirueira. Segundo a jovem, a resposta que obteve foi de que ela deveria esquecer o caso.

Segundo a polícia, o homem pode ser indiciado por diversos crimes, entre eles ato libidinoso praticado na frente de menores e atentado ao pudor. Já a esposa dele pode ser autuada por participação no crime praticado pelo marido. Até agora, ninguém foi preso, mas a polícia já está investigando o caso. Com informações da TV Jornal.

Compartilhe essa notícia:

Acusado de estupro em Pau Amarelo diz que jovem consentiu a relação sexual

O homem acusado de ter estuprado uma adolescente de 14 anos em Pau Amarelo, Paulista, no Grande Recife, foi ouvido pela polícia nesta segunda-feira (21), depois de se apresentar espontaneamente. Na Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA), Francisco Xavier de Almeida Neto, 35 anos, confirmou ter mantido relações sexuais com a jovem, no último dia 8, mas negou que tenho se tratado de um estupro. Segundo o suspeito, ele e a jovem teriam marcado de se encontrar. Ela mesma teria pedido que Francisco seguisse o ônibus até o local onde ela morava, para que os dois se encontrassem. O homem nega que ela tenha oferecido resistência durante a relação e garante que não precisou usar de força contra a jovem. De acordo com o delegado Jorge Ferreira, que investiga o caso, se a relação tiver sido consensual, não houve crime. Porém, a família da menina teria alegado que a adolescente sofre de um déficit intelectual por sofrer de epilepsia. Caso esse problema seja confirmado, Francisco pode ser autuado por estupro de vulnerável, independente da vontade da jovem.
Compartilhe essa notícia:

Detento que fez máscara de agente com sabão começa a ministrar oficina na penitenciária

Teve início nessa quinta-feira (17), no Presídio Padrão de Santa Rita, Região Metropolitana de João Pessoa, uma oficina de artesanato com sabonete voltada para os detentos. As aulas estão sendo ministradas pelo detento que ficou famoso após ter confeccionado, dentro da cela, uma máscara que imitava as feições de um agente penitenciário da unidade.

De acordo com o diretor da unidade, Edmilson Alves, 10 presos se inscreveram para participar dessa primeira edição da iniciativa, que deve durar de dois a três meses. Segundo ele, a procura foi grande por inscrições e já existe uma fila de espera na unidade para participar do curso. “Nós já estávamos há cerca de quatro meses preparando uma sala onde seriam ofertadas oficinas dentro da unidade, não só com sabão, mas outros materiais. Temos gente que faz artesanato com palito de picolé, outros que usam outras matérias primas, mas essa história da máscara foi que acabou atraindo o foco e até antecipando um pouco a estreia do projeto”.

b74d2d94a661327923cf58a7105abccf.jpg

Na aula inaugural, realizada ontem, Micherlan Breno Cruz Dantas, de 31 anos, apresentou seu novo trabalho: uma máscara que se assemelha ao rosto do secretário de Administração Penitenciária Walber Virgolino. Após o episódio com a máscara do agente penitenciário, Micherlan explicou que queria apenas chamar atenção para sua arte e assim conseguir mais material para poder trabalhar dentro do presídio.

O detento, que cumpre pena por roubo, foi incluído em um programa da Secretaria de Ressocialização chamado Arte cultura nos presídios. A ideia é que ele possa aperfeiçoar suas técnicas e continue dividindo com outros detentos esse talento.

O sabonete utilizado pelos presos é fornecido pela Seap. Segundo o diretor, há material de várias cores, exceto branco e azul, que são as cores das paredes e grades das celas. “Temos apenas que tomar alguns cuidados para não dar margem à criatividade deles ser levada para o outro lado”, explicou. Ainda de acordo com Edmilson Alves, para participar dos cursos e oficinas os apenados precisam ter um bom histórico de comportamento dentro da unidade.

“Não que aqueles que já tenham recebido alguma advertência não possam fazer, mas precisarão esperar um tempo e demonstrar bom comportamento para que sejam liberados a participar”, disse ainda.

Com informações do NE10

Compartilhe essa notícia:

Ônibus é assaltado na Segunda Perimetral Norte, em Olinda

Um ônibus da linha PE-15/Afogados foi assaltado no começo da manhã desta sexta-feira (18), na Avenida Segunda Perimetral Norte, em Olinda. De acordo com testemunhas, um rapaz pediu para o ônibus parar e entrou, apontando logo em seguida a arma para o motorista. Ele teria saído pouco depois com o dinheiro que estava com o cobrador, cerca de R$ 55.

Era a primeira viagem do dia do coletivo. O veículo estava lotado, com aproximadamente cem passageiros, sendo que nenhum deles chegou a ser abordado pelo suspeito. A polícia ainda não tem informações sobre o crime.

Com informações do G1

Compartilhe essa notícia:

Adolescente estuprada em Pau Amarelo diz que acusado se apresentou como policial

A adolescente de 14 anos que foi estuprada na última quarta-feira (9), no bairro de Pau Amarelo, em Paulista, no Grande Recife, prestou depoimento neste fim de semana, na Gerência de Polícia da Criança de do Adolescente (GPCA) de Paulista. No depoimento, a garota disse que o acusado se apresentou como policial civil e contou que já teria cometido o mesmo crime com outra meninas da região e até mesmo em Jaboatão dos Guararapes.

A jovem descreveu o acusado como sendo um homem de baixa estatura, moreno claro e com uma tatuagem na coxa direita. Com as informações, a polícia vai confeccionar um retrato-falado do acusado. A menina contou ainda que foi ameaçada de morte durante o abuso sexual.

A polícia conseguiu imagens de uma câmera de segurança instalada em uma das casas na rua onde a menina foi abordada. Na filmagem, é possível identificar a placa do veículo usado pelo acusado. A procedência do veículo está sendo averiguada pelas autoridades

Com informações da TV Jornal

Compartilhe essa notícia:

Divulgadas imagens em que garota estuprada é perseguida em Paulista

A polícia divulgou, nesta quinta-feira (10), as imagens de uma câmera de segurança instalada numa residência na Rua Alfa, em Pau Amarelo, Paulista, no Grande Recife, onde uma garota de 14 anos foi abordada e depois estuprada na tarde dessa quarta-feira (9). Na filmagem, é possível ver a menina sendo perseguida por um carro, sem que ela perceba.

A adolescente contou que foi abordada por um homem armado, em um carro prata, e depois levada para um terreno baldio onde foi abusada sexualmente. A adolescente contou à polícia que foi obrigada a entrar num carro quando voltava da casa da mãe e tinha acabado de descer numa parada de ônibus na Rua Alfa, por volta da 15h30. A garota diz ter ficado cerca de duas horas com o criminoso num terreno abandonado, perto do Conjunto Residencial Nossa Senhora da Conceição. Ele estava armado e teria batido nela.

A jovem descreveu as características do estuprador, destacando uma tatuagem na perna dele. Ela ainda teria perguntado o motivo para a violência, e o agressor teria dito que teve vontade de fazer isso depois de assistir a um filme de sexo. O pai da adolescente cobra justiça.

A polícia prendeu três homens em Paulista suspeitos de cometerem o crime, porém todos foram liberados por não possuírem uma tatuagem na perna, conforme observou a vítima.

A menina foi submetida a exames sexológicos que devem ficar prontos em 30 dias. As buscas pelo suspeito continuam. Para colaborar com a procura, a polícia irá confeccionar um retrato-falado. O caso está sendo investigado pelo delegado Jorge Ferreira, da Gerência da Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA) de Paulista.

Com informações da TV Jornal

Compartilhe essa notícia:

Preso que fez máscara de sabão vai ser capacitado e pode dar aula em presídio, diz Seap

8bb1c44610531402325cdc68a29b43f9.jpg

Após a repercussão, nessa quarta-feira (9), da máscara de sabão feita por um detento do Presídio Padrão de Santa Rita, na Paraíba, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que irá incluir o autor da “obra de arte” em um programa especial de ressocialização. Condenado a 19 anos por roubo qualificado, o detento-artesão, de 31 anos, participará de capacitações para aprimorar as técnicas que já possui em escultura e, posteriormente, dará aulas aos outros detentos e agentes penitenciários que tenham interesse.

A máscara que replica o rosto de um dos agentes penitenciários, feita com restos de sabão e sabonete, foi encontrada por agentes do serviço de inteligência da unidade na noite da última terça-feira (8). De acordo com a Seap, a suspeita é de que essa máscara seria utilizada num plano de fuga dos detentos.

O preso que a confeccionou, porém, alegou que a máscara seria uma homenagem ao agente penitenciário. Ele, porém, não soube explicar quando foi questionado o porquê do objeto estar escondido entre seus pertences na cela.

Foi aberta uma sindicância na unidade para apurar melhor os fatos. Caso fique provado que havia realmente a intenção de utilizar o artefato numa fuga, o detento – e demais envolvidos no plano – será punido e poderá receber até mesmo um acréscimo na pena. Ele já está há cerca de três anos em detenção e ainda faltariam outros três ou quatro para entrar em benefícios como o regime semiaberto, por exemplo.

Ainda de acordo com a Seap, essa não é a primeira vez que o preso usa estas técnicas dentro do presídio. Segundo o órgão, ele já fazia outros objetos com restos de sabonete quando estava detido em um presídio de Campina Grande. Essa, porém, foi a primeira vez que o fato foi divulgado.

Por Vanessa Silva do NE10/ Paraíba

Compartilhe essa notícia:

Se essa moda pega… Detento usa sabão para fazer máscara que se assemelha a feições de agente penitenciário na PB

Com restos de sabão e sabonete, um detento da Penitenciária Padrão de Santa Rita, Região Metropolitana de João Pessoa, confeccionou uma máscara que replicava o rosto de um dos agentes penitenciários. O artefato foi encontrado na noite dessa terça-feira (8).

De acordo com o secretário de Administração Penitenciária do Estado, Walber Virgolino, a máscara foi encontrada após uma denúncia de fuga recebida pelo serviço de inteligência do órgão. Foi realizada uma operação pente-fino e, então, os agentes localizaram a máscara em uma das celas da unidade.

O detento, que cumpre pena por roubo há cerca de dois anos, alegou que é artista plástico e o material fabricado foi apenas uma forma de homenagear o agente. Ele não soube explicar, porém, porque a máscara estava escondida.

A Seap informou que será instaurada uma sindicância para apurar o ocorrido. Em todo caso, o secretário afirmou que vai garantir que o rapaz continue desenvolvendo sua habilidade dentro do presídio, mas agora “canalizando-a para algo bom”. A máscara foi levada para o Instituto de polícia Científica (IPC) e será avaliada pelos peritos.

Com informações de Vanessa Silva do NE10/ Paraíba

Compartilhe essa notícia:
background