Diretor de escola demitido no Janga causa revolta aos pais e alunos

Os estudantes da Escola Erem José Manoel de Queiroz, localizada no bairro do Janga em Paulista estão revoltados com a demissão do Diretor Fernando Augusto Soares Coutinho.

E com isso está sendo preparada uma paralisação para a próxima segunda-feira (25) no horário das aulas.

O protesto acontecerá na frente da escola, onde os alunos não irão assistir às aulas do dia, pois o gestor demitido foi quem conseguiu implantar a paz, acabou com as drogas, a bagunça e com as pichações no muro da escola. Fernando conseguiu também vários programas para a comunidade e o colégio.

Alunos falaram ainda que: “O Diretor é amigo, sempre esteve presente, atuante, conseguiu trazer a paz para a nossa escola e nenhum aluno aceita a saída dele”. Disse um representante dos alunos muito revoltado.

Redação do Informe-PE, Por Sidcley Alves

Compartilhe essa notícia:

    Deputado Sérgio Leite na Rádio Esperança Fm

    P1030680O Deputado Sérgio Leite (PT) esteve na noite desta quarta-feira (20) participando do Programa do Jota Junior na Rádio Esperança FM em Paulista.

    Durante a entrevista o Deputado falou sobre seus projetos a frente da Comissão de Saúde na ALEPE e respondeu aos ouvintes que entraram ao vivo pelo telefone. Confira abaixo:



    Redação do Informe-PE, Por Paulo Fernando

    Compartilhe essa notícia:

      CARTA: Identidade cultural de Paulista

      PAULISTAMuito pertinente a iniciativa do Movimento Pró-Museu, defensor do Patrimônio Histórico de Paulista, em realizar uma consulta popular para que a população escolha o nome do novo shopping que será instalado na cidade. No Brasil, a língua oficial é o português, e diante disso é inaceitável que o empreendimento que vai ser instalado numa área histórica, adote o estrangeirismo, ferindo com isso a identidade cultural do povo paulistense. Expresso minha opinião como cidadão natural do Paulista e atualmente residente em outra cidade. 

      Por Fernando Melo – Igarassu 

      Compartilhe essa notícia:

        Compesa: sistema Alto do Céu é paralisado para conserto de uma adutora em Paulista

        Uma obra realizada por particulares provocou ontem (19) o rompimento de um trecho de uma adutora de água bruta, de 1.000 milímetros de diâmetro, no bairro de Jardim Paulista Baixo, em Paulista. Para realizar o conserto, a Compesa precisou paralisar de forma emergencial o Sistema Alto do Céu, que atende a bairros da Zona Norte do Recife e Jardim Paulista. Os serviços de manutenção já foram iniciados e a previsão é retomar a distribuição de água a a noite de hoje (20). 

        Com a parada, bairros da Zona Norte do Recife e também Jardim Paulista ficarão sem água durante a execução dos serviços. O processo de regularização do abastecimento será amanhã e ocorrerá de forma gradativa. A distribuição de água seguirá o calendário do rodízio adotado no início do mês no Recife, correspondente ao setor 2. Na quinta-feira (21) receberão água os bairros relativos ao setor 1.

        Compartilhe essa notícia:

          Tamanduá encontrado em terminal de ônibus em Paulista é devolvido à mata

          O tamanduá encontrado no Terminal de Integração Pelópidas Silveira, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife, foi levado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) a uma área preservada da Mata Atlântica na manhã desta quarta-feira (20). A liberação foi realizada somente após avaliação de veterinários, mesmo sem o animal ter apresentado machucados ou feridas.

          Foi só sair da caixa que o tamanduá subiu correndo em uma árvore para desbravar os mais de 500 hectares disponíveis para ele. “Aqui ele está protegido e tem alimentação à vontade. Muitas formigas e cupins, de que ele se alimenta bastante”, afirma o biólogo do Ibama Yuri Valença. Além do tamanduá, o Ibama também soltou uma jiboia na área preservada. A cobra havia sido capturada pelo Cipoma em uma residência no Recife.

          O tamanduá foi encontrado na última segunda (18) por funcionários do Terminal e resgatado pela Companhia de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma) na terça-feira. De acordo com o Cipoma, é normal que apareçam animais silvestres na região porque é próximo a uma área de mata atlântica.

          Se encontrar um bicho da mata perdido, ligue para o Cipoma: 3181.1700

          Com informações do G1

          Compartilhe essa notícia:

            Carne crua é servida na merenda de alunos em Paulista

            1363801335_defaultAlunos de escolas municipais de Paulista estão recebendo merenda sem qualidade. Funcionários e pais de alunos denunciam que as refeições entregues na escola municipal Miguel Arraes continham carne moída crua e foram servidas aos alunos. A maioria não ingeriu o almoço, devolvendo pratos praticamente cheios.

            Um funcionário da empresa R & M Comércio Serviços e Eventos LTDA, responsável pela distribuição da alimentação, teria informado às nutricionistas sobre a má qualidade da comida. O homem teria sido demitido após a denúncia e gravou um vídeo que comprova a situação das refeições. A gestora de uma das escolas confirma o fato, mas garante que foi uma exceção ao tipo de alimento que chega todos os dias na instituição. Com informações do NE10

            Compartilhe essa notícia:

              Ministério Público de Paulista Solicita Documentação referente ao Teatro Paulo Freire

              O Movimento Paulista de Verdade (MPV) informa que a promotora de Justiça de Paulista, Chistiana Ramalho Leite Cavalcante enviou ofícios ao Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e a Prefeitura do Paulista requisitando Documentação sobre a Situação de funcionamento do Teatro Municipal Paulo Freire. 

              Lembramos que no dia 06/02, o MPV enviou documento ao MP solicitando providencias referentes ao Teatro.

              Documento esse que solicitava a proibição de eventos no Teatro Paulo Freire, devido ao seu péssimo estado de conservação.

              Os contatos com o Movimento podem ser feitos através do E-mail: mpvpaulistadeverdade@gmail.com

              Ou na Pagina no Facebook:
              http://www.facebook.com/pages/Movimento-Paulista-de-Verdade-MPV/430962190296581

              Compartilhe essa notícia:

                Ambulantes em Paulista ainda estão sem poder trabalhar

                Ainda não foi desta vez que foi resolvida a situação dos ambulantes retirados do centro da cidade do Paulista. Na ultima segunda-feira (18), cerca de 90 vendedores informais ocuparam o prédio da Prefeitura em protesto.

                O objetivo foi reivindicar um local para que eles possam voltar a comercializar suas mercadorias. Entre suas reclamações, a principal é que não foi apresentada nenhuma solução por parte da gestão pública do munícipio, pois, muitos estão passando por dificuldades financeiras, por que os mesmo não tem como trabalhar.

                Um dos representantes dos ambulantes de Paulista, Eliel Xavier Carneiro, de 36 anos falou que não foi dada nenhuma alternativa aos comerciantes. “Houve algumas conversas, mas, não houve nenhum acordo e a situação não foi resolvida, inclusive a Prefeitura sugeriu alguns lugares, mais são ruas sem movimentos de pedestres”, reclamou.

                Após entrarem na Prefeitura, uma comissão representativa de três pessoas foi recebida por representantes do município, entre eles os secretários de Desenvolvimento Econômico, de meio ambiente e o de segurança e defesa civil.

                De acordo com assessoria de imprensa da prefeitura, ficou definido que os ambulantes deverão entregar uma lista com os dados que serão confrontados com os da Prefeitura e que na próxima sexta-feira acontecerá uma nova reunião, onde serão apresentados possíveis locais para acomodações dos vendedores.

                Os ambulantes aproveitaram a presença da imprensa no local, e falaram que, quando vão a Prefeitura, nunca são atendidos, pelo prefeito da cidade Junior Matuto.

                Redação do Informe-PE, Por Sidcley Alves

                Compartilhe essa notícia:

                  Paulistenses se juntam para votar no nome do Shopping

                  Nesta quarta-feira (19), membros do movimento Pró Museu em Paulista, estarão se reunindo para uma votação que irá escolher um novo nome para o shopping que será construído na cidade, pois o mesmo a princípio está com um nome em inglês, e com isso a população encontra-se revoltada.

                  A votação acontecerá nesta quarta, ou seja, logo mais, após a missa da Igreja de Santa Isabel (12h), onde serão votados os nomes mais apropriados.

                  Segundo o coordenador do movimento, Ricardo Andrade, as três opções de nomes mais votados, serão sugeridas e levadas ao Grupo ACLF, para tentarem junto modificar o nome do shopping.

                  Redação do Informe-PE, Por Sidcley Alves

                  Compartilhe essa notícia:

                    Tamanduá é encontrado em terminal de passageiros em Paulista

                    paulistaUm tamanduá foi encontrado na noite de segunda-feira (18) no Terminal de Integração Pelópidas Silveira, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife, por funcionários do local. Na manhã desta terça-feira (19), uma equipe da Companhia de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma) foi ao local para resgatar o animal, que havia sido mantido dentro do prédio da caixa d’água, para que não fosse atropelado.

                    O sargento do Cipoma, Ximenes José, explica ser normal que apareçam animais silvestres na região, uma vez que é próximo a uma área de mata atlântica. “A gente recebe chamadas frequentes de pessoas dizendo que encontraram preguiças no quintal de casa, tamanduás. O que as pessoas devem fazer é tentar isolar o animal, para protegê-lo, deixar longe de crianças e chamar o Cipoma”, explica o sargento.

                    Apesar de estar aparentemente bem, sem machucados ou feridas, o tamanduá vai ser avaliado por veterinários antes de ser devolvido ao meio ambiente, segundo o sargento. Sem essa avaliação, não é possível afirmar se o tamanduá é macho ou fêmea, ou ainda a idade aproximada.

                    Se encontrar um bicho da mata perdido, ligue para o Cipoma: 3181.1700

                    Com informações do G1

                    Compartilhe essa notícia:

                      Impasse no futuro de ambulantes

                      Foto do Blog do Antonio de Assis

                      Foto do Blog do Antonio de Assis

                      Ainda não foi desta vez que a situação dos ambulantes da cidade de Paulista, retirados do centro da cidade no último dia 18 de janeiro, pela prefeitura, foi resolvida. Ontem, cerca de 90 vendedores informais ocuparam o prédio da administração municipal, em protesto. O objetivo foi reivindicar um local para que eles possam voltar a comercializar suas mercadorias. A principal reclamação apontada por eles é que não foi apresentada nenhuma solução, pois muitos estão sem trabalhar desde o início do ano.

                      Um dos membros da União dos Ambulantes de Paulista, Eliel Xavier Carneiro, de 36 anos, reforçou que não foi dada nenhuma alternativa aos comerciantes. “Houve alguns diálogos, mas sem avanços. A prefeitura chegou a sugerir alguns locais, mas são ruas sem movimento de pedestres. Vamos vender nossas mercadorias a quem?”, reclamou. Em uma reunião realizada na semana passada, foi sugerido que os vendedores ficassem na rua Ursa Maior, próximo a praça João Pessoa, no Centro. Mas o local não foi aceito por todos, pois ocuparia apenas 30 pessoas.

                      Atuando como ambulante há cerca de três anos, em Paulista, Eliane Quirino, de 42 anos, também se mostrou insatisfeita com o andamento das negociações. “Foi tirado o nosso direito de trabalhar. Em todo lugar há comércio informal. Por que aqui, não?”, argumentou. Ela alegou ainda que a maioria das pessoas estão com várias contas atrasadas. “Na minha casa, além de mim, só minha irmã trabalha e ganha metade de um salário mínimo. Não posso continuar parada e deixar minha família passando fome”, acrescentou.

                      Após entrarem na prefeitura, uma comissão de três pessoas foi recebida por representantes do município, entre eles os secretários de Desenvolvimento Econômico, de Meio Ambiente e o de Segurança e Defesa Civil. De acordo com a assessoria de Imprensa, ficou definido que amanhã os ambulantes vão entregar uma lista com os dados que serão confrontados com os da prefeitura. Na próxima sexta-feira deverá acontecer uma nova reunião, quando serão apresentados possíveis locais para acomodação dos vendedores. Com informações de Wellington Silva da Folha-PE

                      Compartilhe essa notícia:

                        Biblioteca pública fecha por falta de patrocínio

                        20130314111320507189iO acesso democratizado à cultura, ao entretenimento e à educação é sempre lembrado como pilar importante na construção de uma sociedade mais justa. Algumas iniciativas, como a criação de bibliotecas públicas compactas em locais com grande fluxo de pessoas, como estações de metrô, seguem nessa direção. O fechamento de um desses projetos, o Leitura Integrada, localizado no Terminal Pelópidas Silveira, em Paulista, preocupou internauta que registrou sua queixa no Cidadão Repórter, fórum colaborativo do Pernambuco.com, a fim de entender os motivos para a paralisação dos serviços.

                        José Alexandre Carneiro, de 45 anos, trabalha como segurança e passa frequentemente pelo terminal de passageiros. Lá, costumava locar livros variados três a quatro vezes por mês. “Pegava todo tipo de livro, especialmente sobre a história do Brasil e sobre as coisas de antigamente. Me tornei sócio, porque eles tinham ótimos livros, obras de bons autores”. O Terminal integrado de passageiros Pelópidas Silveira foi o primeiro do país a receber uma biblioteca pública, inaugurada em 2010. A ação foi realizada em conjunto pelo Grande Recife Consórcio de Transporte, a Fundação Gilberto Freyre e o Instituto Brasil Leitor (IBL). 

                        O segurança conta que no início de dezembro foi à biblioteca devolver um exemplar e lá foi informado que não poderia retirar outro. “Até achei que poderia ser algo temporário, férias dos funcionários ou algo assim. Mas das outras vezes que fui, continuava fechado. Depois vi que os adesivos com os nomes dos grupos responsáveis pela biblioteca tinham sido removidos”. José afirma lamentar o fechamento, pois usufruía do conteúdo do local e pretendia levar sua filha para se cadastrar também. “É essencial para a nossa cultura e educação que existam programas como esse. É uma pena que se acabem, porque é muito importante pra gente”. O acervo da biblioteca possuía autores clássicos e variados como Gilberto Freyre, Machado de Assis e Fernando Pessoa, além de livros de história, sociologia, filosofia e matemática.

                        Iniciativa semelhante pode ser encontrada na Estação de Metrô Recife, no bairro de São José, em funcionamento há sete anos. Com o Projeto Leitura nos Trilhos, os passageiros do transporte público podem retirar livros, podendo permanecer com o exemplar por até 10 dias e renová-lo se o tempo não for suficiente para finalizar a leitura. A biblioteca foi fechada por cerca de um ano por falta de patrocínio, sendo reinaugurada em 2011. Para realizar o cadastro no projeto, é necessário a presença de original e cópia do documento de identidade, comprovante de residência, CPF, além de foto 3×4. O Leitura Nos Trilhos continua em funcionamento e é gratuito.

                        Em nota, o Grande Recife Consórcio de Transporte informa que o convênio de cooperação entre a Fundação Gilberto Freyre o Instituto Brasil Leitor está vencido, por isso o término das atividades. No entanto, o Consórcio acrescenta que existe diálogo entre as instituições em busca de interesse para renovação de contrato. O Instituto Brasil Leitor também afirmou, em nota, que o término das operações da biblioteca se deu por conta da falta de patrocínio, essencial para seu funcionamento. Com informações do DP

                        Compartilhe essa notícia:

                          O América está novamente em Paulista

                          O Mequinha como é cariosamente chamado em sua nova fase que tem a frente o Prof. Joaquim Bezerra (ex-vice presidente do Santa Cruz 2011/12), como mandatário acertou com a diretoria de esportes da cidade do Paulista seus jogos no Estádio Municipal Ademir Cunha.

                          Ainda existe a possibilidade do Estádio receber o Íbis mais tudo vai ser acertado amanha na sede da Federação PE de Futebol.

                          A ideia inicial é que o América e o Íbis utilize o Estádio apenas para os jogos sendo os treinos em outros locais a ser definidos pelos próprios clubes.

                          Além da serie A.2 o Estádio Municipal Ademir Cunha recebera os jogos do Campeonato de Futebol Feminino e da Copa do Interior ambas competições também promovidas pela F.P.F. aonde a Liga Desportiva do Paulista colocara suas Seleções.

                          Júlio José, presidente da Liga Desportiva do Paulista.

                          Compartilhe essa notícia:

                            Falta de água prejudica moradores de Nossa Senhora do Ó em Paulista

                            A SEM AGUACompesa, esse é um dos maiores problemas para diversas famílias que moram no Bairro de Nossa Senhora do Ó, localizado em Paulista, Região Metropolitana do Recife. Segundo os moradores, a falta de água chega há vinte dias.

                            “É um absurdo em pleno verão, cidade cheia e não cai uma gota d’água. O pior é que não tenho poço artesiano na minha casa, ou compro um carro pipa ou fico esperando a água cair do céu, o que está muito difícil”, afirmou Simone Rosa.

                            Moradores denunciam também que quando a água aparece nas torneiras chega muito fraca e logo vai embora.

                            Redação do Informe-PE, Por Paulo Fernando

                            Compartilhe essa notícia:

                              Coordenador do movimento Pró Museu em Paulista critica nome de shopping em Paulista

                              O coordenador do Movimento Pró Museu, da cidade do Paulista Ricardo Andrade, afirmou recentemente em reportagem ao um jornal de grande circulação no Estado: “Que ninguém duvida do imenso progresso para a cidade do Paulista a construção deste shopping, e o que representa para os cidadãos a construção de um shopping pela ACLF empreendimentos na cidade”.

                              No entanto em sua avaliação o único ponto desentoado desse processo é com certeza o nome do shopping. “North Way”.

                              Se a proposta inicial era a de reunir a tradição e a representação da memória da cidade, juntamente com as suas chaminés da Fábrica da Companhia de Tecidos Paulista, nada mais louvável.

                              Redação do Informe-PE, Por Sidcley Alves

                              Compartilhe essa notícia:

                                Movimento Paulista de Verdade dando continuidade aos trabalhos

                                mpvDando continuidade aos trabalhos e intensificando as ações do Movimento Paulista de Verdade (MPV), foram solicitadas na última sexta feira (8/3), a Câmara Municipal da cidade, cópias dos seguintes documentos: Lei Orçamentária Anual (LOA) e Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O primeiro documento é uma lei elaborada pelo Poder Executivo, que estabelece as pessoas e as receitas o que será realizado durante o ano. E o segundo tem como objetivo estabelecer as diretrizes, prioridades e metas da administração, orientando a elaboração da proposta orçamentária de cada exercício financeiro.

                                Todos os contatos com o MPV podem ser feitos através do e-mail: mpvpaulistadeverdade@gmail.com

                                Com informações da assessoria

                                Compartilhe essa notícia:

                                  PSDB de Paulista parabeniza as mulheres em seu dia

                                  toinhO PSDB de Paulista Parabenizou na última sexta-feira (08) no clube de mães do Conjunto Beira Mar o dia Internacional da Mulher, centenas de mulheres compareceram ao local do evento. Quem esteve presente também foi Augusto Coelho construtor, Pastor Saulo Cruz e Solão Cruz.

                                  Compartilhe essa notícia:

                                    Protesto fecha a PE-15 e para o trânsito

                                    660c5858dd16303b7c578a83156526f0Um protesto de moradores do bairro Artur Lundgren, que residem próximo à PE-15, em Paulista, fechou a rodovia durante o início da manhã desta segunda-feira (15). Os manifestantes queimaram pneus e entulhos em reivindicação ao número frequente de atropelamentos na via. O protesto ocorreu próximo ao condomínio Park Jardins, no sentido Abreu e Lima.

                                    Motoristas que trafegavam pela PE-15 ficaram presos no congestionamento, que chegou nas imediações do Terminal Integrado Pelópidas Silveira. A Polícia Militar (PM) e o Corpo de Bombeiros foram chamados ao local. A PM conseguiu entrar em acordo com os manifestantes e os Bombeiros apagaram o fogo por volta das 9h45. Após o rescaldo, a via foi liberada e o trânsito começou a fluir, mas com lentidão. Com informações do NE10

                                    Compartilhe essa notícia:

                                      Rua abandonada pela Prefeitura do Paulista causa revolta aos moradores

                                      100_3218Sensação de abandono e sentimento de revolta, é assim que os moradores da Rua 39 localizada no Bairro de Jardim Paulista Baixo em Paulista estão sentindo.

                                      Há um bom tempo que o estado da Rua está precário e passar pela rua de carro ou a pé não está sendo uma tarefa fácil.

                                      Além de está faltando uma parte do asfalto, o mato toma conta do lugar e com isso bichos começam a aparecer no local.

                                      E para aumentar os problemas dos moradores, existe um buraco no meio da Rua, pois uma boca de lobo teve sua tampa quebrada e está causando perigo as crianças e idosos que passam pelo local.

                                      Populares colocaram um tronco de arvore dentro do buraco como podemos ver na foto como forma de sinalização e falaram com a nossa equipe de Reportagem que durante o período eleitoral, o candidato e hoje atual prefeito disse que se fosse eleito resolveria o problemas dessa rua, mas de acordo com os moradores do lugar nada foi feito até agora.

                                      Redação do Informe-PE, Por Sidcley Alves

                                      Compartilhe essa notícia:

                                        Ambulantes da Cidade do Paulista ainda esperam a decisão da Prefeitura para poder trabalhar

                                        A Situação dos ambulantes da cidade do Paulista ainda está muito longe de se resolver, pois até agora nada foi decidido por parte da Prefeitura, o único lugar oferecido foi uma rua deserta e apertada para que os ambulantes possam trabalhar.

                                        A rua está localizada na Aurora e os ambulantes reclamam que além da rua não ter um fluxo de pessoas, ainda existe um grande problema com os moradores, pois na rua as casas têm algumas com garagens impossibilitando a permanência dos comerciantes no local.

                                        Eles informaram que já foram feitos quatro protestos e que em nenhum foram recebidos pelo Prefeito da cidade o senhor Junior Matuto. Os ambulantes só são recebidos por assessores da prefeitura que só fazem promessas para os mesmos.

                                        De acordo com algumas lideranças dos ambulantes, amanhã eles estarão ocupando a Praça João Pessoa no centro da cidade para poder vender seus produtos.

                                        Redação do Informe-PE, Por Sidcley Alves

                                        Compartilhe essa notícia:
                                          background