Esquema especial de trânsito no Sítio Histórico de Olinda

 / Foto: Guga Matos/JC Imagem

O acesso ao Sítio Histórico de Olinda começa a ter um esquema diferenciado a partir deste domingo (26). a Secretaria de Trânsito e Transporte do município informou que implantará bloqueios em cinco pontos: Praça do Carmo; Rua Bispo Coutinho com Ladeira de São Francisco; Rua Saldanha Marinho (em frente à Academia Santa Gertrudes) e Rua 27 de Janeiro.

Das 7h às 15h, o controle de veículos será feito por agentes de trânsito e das 15h às 21h, funcionarão os bloqueios físicos. A partir daí, só os moradores poderão acessar a Cidade Alta, apresentando comprovante de residência. Taxistas também só chegarão até a Praça do Carmo, onde há um ponto. O esquema se repetirá nos próximos domingos, até o Carnaval, quando as mudanças são mais profundas.

“Logo cedo, os agentes vão fazer uma ampla fiscalização em todo o Sítio Histórico, para coibir estacionamento irregular. Portanto, orientamos que os moradores andem com o comprovante e que as pessoas em geral estacionem em local permitido, pois usaremos o reboque quando necessário”, avisa o diretor de Trânsito, Gerlan Nunes, acrescentando não ter objetivo de prejudicar ninguém, apenas dar mais tranquilidade aos moradores e visitantes. Do JC.

Compartilhe essa notícia:

    Renildo num fogo cruzado em Olinda

    renildo-calheirosO recado dado pelas urnas na reeleição do prefeito de Olinda, Renildo Calheiros (PCdoB), em 2012, com um percentual apertado de 50,45% (102.295 dos votos válidos) – inclusive “perdendo” para a soma dos votos nulos, brancos e abstenções (105.056 eleitores) – já era interpretado como um grande desgaste na sua gestão. E agora, no segundo mandato, com os problemas administrativos se multiplicando em larga escala, a avaliação do gestor não dá sinais de melhora.

    A gestão do PCdoB em Olinda começou a apontar desgastes ainda no final do segundo mandato da ex-prefeita Luciana Santos, principal fiadora da condução de Renildo à Prefeitura, pela primeira vez, em 2008. Só que, nos últimos anos, tem crescido num ritmo intenso, ao ponto de movimentos sociais na internet defenderem o impeachment de Calheiros.

    O rosário de queixas vai desde obras inacabadas (que já estão sendo alvo de um pedido de investigação do Ministério Público Federal e da tentativa de formação de uma CPI) até a ineficiência nos serviços básicos, em áreas como saúde, limpeza urbana e educação.

    Somado a tudo isso, Renildo Calheiros ainda é acusado de estar constantemente ausente da cidade e ser omisso às demandas sociais.

    Amparado por uma forte base de sustentação no governo, composta por 21 partidos, e com o apoio irrestrito de 15 do total de 17 vereadores, o comunista afirma que segue trabalhando feito “um bicho” para trazer recursos para a cidade. Já a oposição é comandada pelos vereadores Arlindo Siqueira (PSL) e Jorge Liberal (PSD). “Mas não é fácil fazer oposição numa Câmara dominada pelo governo”, lamenta Jorge Federal.

    Contudo, dois dos mais conhecidos movimentos sociais da cidade, o Olindear Apartidários e o Acorda Olinda, têm se destacado no contraponto à administração municipal, através das redes sociais, embora haja versões de que sejam vinculados a políticos da oposição. Os grupos negam.

    Os movimentos acusam Renildo, entre outras coisas, de “cooptar” lideranças comunitárias, oferecendo cargos na prefeitura para “calar o povo de Olinda e esconder os problemas”. “A cooptação tem sido tão constante que ele (Renildo) está acostumado a não ser questionado”, acusa Rujanyr Oliveira, um dos integrantes do Olindear.

    “Já cobramos providências à OAB e ao Ministério Público, com a entrega de dossiês, inclusive com imagens que comprovam o descaso no município. Mas todos estão omissos”, lamenta o advogado José Ferreira Lima, do Acorda Olinda, que garante ter constatado a existência de 24 grandes obras inacabadas na cidade, feitas com recursos da União.

    Segundo o Portal da Transparência do governo federal, foram enviados aproximadamente R$ 198,1 milhões ao município em 2013. Já prefeitura informa que arrecadou R$ 90 milhões, em receitas próprias, através de tributos como IPTU e ISS. Com informações do JC.

    Compartilhe essa notícia:

      Aliança PCdoB-PT ameaçada em Olinda

      Presidente do PT, Teresa Leitão diz que Renildo é Nos bastidores da política em Olinda, cogita-se a possibilidade de que o PT, principal aliado do governo Renildo Calheiros (PCdoB), possa abandonar a gestão. O partido atualmente ocupa a vice-prefeitura, a liderança do governo na Câmara de Vereadores e as secretarias de Desenvolvimento Social e de Meio Ambiente.

      Fontes em reserva, ouvidas pelo JC, disseram que os dois principais motivos para um eventual racha são a crise administrativa e a perspectiva de o prefeito e o PCdoB apoiarem o candidato do governador Eduardo Campos (PSB) na sucessão estadual, em outubro, mesmo o PCdoB estando nacionalmente alinhado ao PT da presidente Dilma Rousseff. “(O apoio) seria o estopim da bomba para o PT desembarcar da prefeitura”, afirma uma liderança petista.

      Quando questionada sobre o assunto, a presidente estadual do PT, deputada Teresa Leitão, diz não querer se antecipar aos fatos. Porém, sinaliza que se Renildo se alinhar ao PSB na disputada estadual, “esse debate (do rompimento) terá que ser feito, porque haverá argumentos de todos os lados.”

      A petista também não esconde o desconforto do PT com a gestão, principalmente pela redução dos espaços de poder da sigla na administração. “Renildo é muito centralizador e isso dificulta o andamento das ações na cidade”, salienta Teresa Leitão, avaliando que, com isso, o gestor estaria “travando” o trabalho das secretarias.

      “A gente não tem oportunidade de dizer o que pensa. Nenhuma sugestão é aceita. Já ouvi isso de muitos partidos”, garante a petista.

      Teresa Leitão, que teve a candidatura à Prefeitura de Olinda em 2012 rifada pelo próprio partido, também admite que há estremecimento na relação do prefeito com a Câmara. A versão é negada pelo líder do governo na Casa, Marcelo Santa Cruz (PT). Porém, vereadores de outros partidos da base se queixam da falta de diálogo e das demandas não atendidas. Em 2012, o PT estadual decidiu apoiar a reeleição de Calheiros.

      Compartilhe essa notícia:

        Devido as irregularidades na Maternidade Brites de Albuquerque grávidas vem passando sufoco

        A Maternidade Brites de Albuquerque, localizada na PE-15, na Cidade Tabajara (Olinda), passa por inúmeros problemas. Apesar das reformas realizadas há pouco mais de um ano, o local continua funcionando com precariedade. As deficiências vão desde a falta de médicos, segundo informações de uma funcionária que não quis ser identificada, dias de sexta-feira, sábado e domingo a maternidade não possui médicos, além da demora no atendimento e espaços sem condições de uso, como a cozinha e a copa. As queixas partem da população e até de servidores, que denunciam infiltrações na estrutura do prédio e mofo nas paredes.

        Há informações de que na volta aos trabalhos, após o recesso parlamentar, o vereador oposicionista Arlindo Siqueira (PSL) deverá, mais uma vez, tentar aprovar a instalação de uma Comissão parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as várias denúncias de irregularidades na maternidade. No ano passado, Arlindo não conseguiu aprovar, na Câmara, a instalação da CPI para investigar as denúncias contra a administração da Brites de Albuquerque. Somente o vereador Riquinho (PDT) assinou o pedido. Os outros 15 vereadores foram contrários à medida.

        As inúmeras denúncias recebidas pelo vereador foram anexadas a um pedido formal de apuração, feito por ele ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Agora ele quer saber do MPPE se houve algum tipo de providência.

        Compartilhe essa notícia:

          Obras de reforma da orla de Olinda se arrastam há três anos

          Um canteiro de obras sem fim. A definição dada por alguns moradores de Olinda expõe a situação em que se encontra a orla da cidade. O serviço no calçadão da Av. Marcos Freire, cuja reforma foi iniciada em 2010, deveria terminar 12 meses depois, mas, até agora, não acabou. No trecho de seis quilômetros de obras é possível ver equipamentos de ginástica quebrados, ciclovia inacabada, bancos desgastados, falta de lombadas e parte da via à espera de pavimentação.

          A promessa da prefeitura é entregar a beira-mar de cara nova em março deste ano.

          Os moradores aguardam as melhorias e se queixam da demora. “Há muito tempo que vejo esse quebra-quebra aqui na orla, mas nenhum trecho completo fica pronto. É tudo feito por partes e a gente não pode usufruir. Aqui, substituíram o piso de granito do calçadão, que é resistente, por placas, que são mais frágeis”, comenta o garçom Ricardo Sérgio Almeida.

          Onze quiosques no calçadão da beira-mar ainda faltam ser finalizados. Ao longo da orla, é difícil encontrar lixeiras, que só devem ser instaladas com a finalização das obras. Um dos trechos da avenida, ainda sem pavimentação, acumula entulhos. Galhos de árvores, mato e lixo descartado pelos banhistas são depositados com frequência na areia da praia.

          Projeto – O projeto de recuperação da orla prevê barreiras de contenção do mar; pavimentação de ruas; revitalização das calçadas, da pista de cooper e da ciclovia; reforma dos brinquedos e dos quiosques; implantação de lombadas e nova iluminação. Ao todo, serão aplicados R$ 23 milhões na recuperação da beira-mar de Olinda, sendo R$ 19,9 milhões o valor das obras e o restante para pagamento de indenizações. Do total de recursos, R$ 19 milhões já foram liberados pelo Governo Federal.

          Fonte: JC

          Compartilhe essa notícia:

            Av. Presidente Kennedy, em Olinda, continua alagada, apesar do sol

            Um dia após a chuva que deixou ainda mais alagada a Avenida Presidente Kennedy, em Peixinhos, Olinda, a via continua cheia d`água, apesar do sol. Após a reportagem dessa segunda-feira (6), que falava sobre o acúmulo permanente de água na avenida, funcionários da prefeitura foram até o local. Mas de acordo com o moradores, que cobram solução definitiva, eles só retiraram uma pequena quantidade de lixo das galerias.

            Em nota, a Prefeitura de Olinda informou que os serviços vão continuar durante toda esta semana até que os pontos críticos de alagamento sejam eliminados. Na semana que vem serão construídas novas galerias em pontos específicos para dar vazão às águas
            pluviais.

            Compartilhe essa notícia:

              Rápidas desta terça-feira

              images (1)Paulista:
              PROCON da Cidade do Paulista não funciona corretamente, recebemos a informação que apenas são distribuídas quinze fichas por dia, um grande absurdo. A Prefeitura do Paulista deveria melhorar esses números, pois está pior que os postos de saúde que ainda distribuem trinta fichas diariamente. Será que o jeito é ir fazer queixa ao bispo?

              Mario Ricardo PTBIgarassu:
              Prefeitura de Igarassu a cada dia vem pisando na bola com a população, dessa vez o governo executivo fez o recapeamento do Sitio Histórico e esqueceu-se de sinalizar as lombadas, fazendo com que os motoristas tenham prejuízo batendo os para-choques quando abrem “voo” nas lombadas que se assemelham a rampas e não estão pintadas.

              Agora pintar o meio-fio de branco e verde confundindo o motorista e não respeitando o Código de Trânsito Brasileiro, eles sabem muito bem por que será?

              Olinda:
              O InformPE lança nesta semana mais um Blog para fazer parte do Sistema de Comunicação (SIPE). O Blog Olinda Hoje que já tem um tempo de carreira na cidade, muito conhecido e é administrado pelo Jornalista Acioli. Para você que também quer ficar bem informado sobre a política da cidade acesse: http://blogs.informepe.com/olindahoje/

              Compartilhe essa notícia:

                Cavalo é atropelado em Casa Caiada

                Um acidente de trânsito deixou um cavalo ferido, na noite desta segunda-feira (06), no bairro de Casa Caiada, em Olinda. Após ter sido atropelado, o animal correu para a calçada de um morador, na Rua Epaminondas de Melo. Assustado, o dono da casa procurou a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e o Centro de Vigilância Ambiental, mas nenhum dos órgãos se mobilizou para recolher o animal.

                “Ele está com um corte no pescoço, sangrando muito. Não sei mais o que fazer. O acidente foi feio. Ninguém parou para ajudar. O cavalo está morrendo e as autoridades não fazem nada”, comentou o morador Carlos Macena, de 22 anos. 

                Do DP

                Compartilhe essa notícia:

                  Rápidas desta segunda-feira

                  eraldomoraes-programasPaulista:
                  O Radialista Edvaldo Morais publicou na sua página no Facebook que o Prefeito de Paulista Junior Matuto poderá ser cassado pela Justiça Eleitoral do município e se isso acontecer de verdade uma nova eleição ocorrerá na cidade. Seria um grande abalo para o PSB de Eduardo Campos e uma nova chance para o PT tentar se recuperar, mas vamos aguardar o decorrer das notícias.

                  Daniel CoelhoPSDB Pernambuco:
                  O Partido Tucano vem enfrentando problemas internos depois que o seu Presidente Sérgio Guerra decidiu aderir ao governo PSB em Pernambuco. Uma situação que já era prevista por muitos críticos e que não agradou muito os Deputados Daniel Coelho e Betinho Gomes que segundo fontes do InformePE os dois estariam completamente raivosos com a atitude do Presidente Estadual.

                  Renildo Calheiros (PCdoB)Olinda:
                  O Prefeito de Olinda Renildo Calheiros (PCdoB) vem ganhando um apelido pelas ruas da cidade o “prefeito lixão”. Segundo leitores do InformePE, em todos os cantos da cidade estão se acumulando lixos, todavia o problema fica ainda pior nos finais de semana, pois parece que a empresa de limpeza “tira sua folga” e nós perguntamos: Não tem uma empresa melhor não?

                  Compartilhe essa notícia:

                    CARTA: Lixo em Olinda


                    O lixo da festa de réveillon realizada na orla de Olinda ficou espalhado por lá por pelo menos dois dias, principalmente no trecho de Casa Caiada. O descaso dessa gestão com o município é algo preocupante. Moradores e frequentadores sofrem para caminhar ou tomar banho de mar nas praias. De Rio Doce até Bairro Novo o que se vê é muito lixo, calçadas sujas, urina e fezes pelo calçadão.

                    Carta do Leitor: João Paulo Nascimento

                    Compartilhe essa notícia:

                      Arlindo Siqueira‏ apresentou 1.033 projetos no primeiro ano de mandato em Olinda

                      Arlindo Siqueira (PSL)Concluído o primeiro ano de mandato na Câmara Municipal de Olinda, o vereador oposicionista Arlindo Siqueira (PSL) faz um balanço altamente positivo da sua atuação. Segundo ele, pouco mais de 22,3% da movimentação e encaminhamentos ocorridos na Diretoria Legislativa da Casa de Bernardo Vieira de Melo foram produzidos por ele. Dos 4.690 registros, 1.033 foram de autoria do oposicionista.

                      Arlindo apresentou 550 ofícios e indicações, 443 requerimentos, 60 pedidos de informações, 17 projetos de lei e emendas, fez 15 pedidos de audiência pública, 06 sessões solenes e 02 títulos de cidadão.

                      Além disso, foi o único vereador olindense a comparecer a 100% das sessões ordinárias da Câmara (73) e, em todas elas, utilizou a tribuna para denunciar irregularidades na prefeitura e fazer reivindicações. Também foi assíduo no aparte aos colegas da Casa.

                      Compartilhe essa notícia:

                        Reconhecimento do trabalho pelo Jornal PE da Gente

                        InformePE - Paulo  Fernando

                        Compartilhe essa notícia:

                          Vereador pede intervenção do Governo do Estado nas obras da prefeitura de Olinda

                          renildo-calheirosO vereador Jorge Federal (SDS), após fiscalização de obras públicas na orla marítima de Olinda, defendeu uma intervenção do Governo do Estado sob pena de elas não serem concluídas nem tão cedo.

                          Ele disse que o prefeito Renildo Calheiros (PCdoB) não vem cumprindo as promessas feitas na Audiência Pública que se realizou no último mês de setembro.

                          Uma das defesas feitas pela secretária de Obras no evento e também pelo prefeito, disse o vereador, foi que o material utilizado para fazer a pista de ciclismo, que não deu certo, seria reutilizado em canteiros de praças publicas. “Mas o que se vê é a destruição do material pela própria empresa que realiza a obra de revitalização da orla (Collier)”.

                          Segundo o vereador, há obras inacabadas em praticamente todos os bairros, sendo que a Avenida Presidente Kennedy é a principal de todas.

                          Do Blog do Inaldo Sampaio

                          Compartilhe essa notícia:

                            CARTA: Descaso da Compesa em Ouro Preto, Olinda

                            1468796_183982425136324_424194173_nChamo-me Marcela Bernardo sou moradora do Bairro de Ouro Preto em Olinda e venho por meio deste e-mail relatar minha revolta com a Compesa.

                            Resido em Ouro Preto desde que nasci e sempre presenciei ações irregulares da Compesa aqui em meu bairro, a aproximadamente 1 mês, nós moradores de Ouro Preto estamos enfrentando um problema onde a Compesa é a principal culpada, alguns funcionários da Compesa vieram fazer um serviço em minha rua (a Manoel Simplício dos Prazeres situada em Ouro Preto, Jatobá I) próximo a Faculdade Facho e bem perto do Mercadinho Padre Cícero.

                            1488209_183982381802995_1810331509_nOs mesmos deixaram um serviço inacabado com a rua toda acabada os paralelepípedos soltos, onde estamos cada dia que se passa mais impossibilitados de passar no local. Nesta semana tive um sério problema com meu carro ao tentar passar nessa rua, que na verdade é uma ladeira e meu único acesso para chegar até minha residência, o “cárter” do meu carro acabou furando e fiquei no prejuízo sem contar que até os taxistas que pegam corrida para trazer os passageiros quando chegam às ladeiras não querem nem subir para concluir a corrida.

                            Gostaria muito que vocês chamassem a atenção da Compesa quanto a isso para que seja corrigido o problema e para que possamos evitar maiores problemas.

                            Pela leitora Marcela Bernardo

                            Compartilhe essa notícia:

                              Papel higiênico contra a falta de decoração

                              c6848489d8c53597eab047f446daf751Num protesto nada convencional, moradores do Sítio Histórico de Olinda cobriram com papel higiênico árvores e bancos da Praça Monsenhor Fabrício, na frente do prédio da prefeitura. Tiras do papel também foram colocadas na fachada do Palácio dos Governadores. O estranho enfeite era uma queixa da população contra a falta de decoração natalina na cidade.

                              A ação começou às 10h30 deste domingo (22) e foram usados centenas de rolos de papel higiênico. No horário da tarde, restavam apenas vestígios da decoração de protesto. “Um babão do prefeito estacionou uma moto e recolheu quase tudo, por volta das 13h30″, conta o olindense Gilberto Veloso da Silva. “Será que isso também vai acontecer no Carnaval?”, questiona o morador.

                              Para Eveline Alves Maranhão, residente no Sítio Histórico, a ausência de enfeites natalinos reforça o abandono da Cidade Alta. “Nem o presépio gigante do Carmo está montado. Só tem a decoração espontânea da casa dos moradores”, observa. “Isso é um absurdo numa cidade turística. Fica parecendo que o prefeito não liga para o lugar. Olinda está entregue às baratas”, acrescenta Luciana Cardoso. Ela não participou do ato de protesto porque estava cuidando da mãe, que se encontra doente.

                              Do JC

                              Compartilhe essa notícia:

                                Coral Encanto de Olinda resgata crianças e adolescentes de situações de vulnerabilidade

                                No próximo sábado, dia 21 de outubro, o coral Encanto de Olinda, fará apresentação às 18h, na Praça do Carmo, na abertura oficial do ciclo natalino da cidade.

                                Foi preparado um repertório homenageando o Pastoril, inclusive vestindo trajes na cores azul e encarnado, além das cantatas natalinas clássicas.

                                O Coral Encanto de Olinda é composto por crianças e adolescentes que participam dos programas sociais desenvolvidos pela Prefeitura a exemplo do ProJovem Adolescente, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), Centro da Juventude, Casa de Acolhimento e Centro de Referência da Infância e da Juventude (Cria), onde aderem espontaneamente ao projeto, no que se enquadra na política de resgate e fortalecimento de vínculos, oferecendo assistência educativa e social.

                                No coral, as crianças recebem educação musical através e aulas de solfejo e postura corporal, além do reforço escolar, restaurando assim a sua autoestima, além de cultivar o protagonismo infanto-juvenil.

                                Veja mais:

                                 

                                Compartilhe essa notícia:

                                  Vereador de Olinda denuncia reativação irregular do Aterro de Aguazinha

                                  colagem_lixo_ftp

                                  Nesta quarta-feira (18), o vereador Jorge Federal  apresenta uma denúncia ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) contra a Prefeitura de Olinda. Ele acusa a gestão municipal de descumprir uma recomendação do órgão, feita em 2010, de manter desativado o Aterro Sanitário de Aguazinha, localizado às margens da Avenida Perimetral. De acordo com o parlamentar, ele flagrou o aterro em funcionamento com a presença de catarores, entre os quais crianças e adolescentes,  depois de receber uma denúncia em seu gabinete.

                                  Diariamente, 14 caminhões de lixo da prefeitura deixam cerca de 350 toneladas de resíduos no Aterro de Aguazinha, onde o material é pesado e repassado para os veículos de uma empresa tercerizada, que levam o lixo para o Centro de Tratamento de Resíduos (CTR), em Igarassu, na Região Metropoliana do Recife. Entretanto, segundo a denúncia feita ao vereador por uma moradora da região, as carretas que levariam os resíduos para a destinação correta não estariam trabalhando, e o material colhido na cidade seria depositado irregularmente no antigo lixão.

                                  “Não fui autorizado a entrar no aterro pelo portão principal, então um catador que estava no local me informou que existia uma entrada lateral e foi por lá que consegui o acesso. Vi mais de 40 pessoas catando lixo, inclusive muitas crianças”, denuncia Jorge Federal. Ainda de acordo com relatos do parlamentar, o lixo recolhido em Olinda estava sendo prensado para, depois, receber uma camada de barro e ser aterrado de forma irregular. A denúncia ainda revela que a situação perdura há cerca de 20 dias. A visita foi filmada e disponibilizada, confira:



                                  Questionado sobre as denúncias, o secretário de Serviços Públicos de Olinda, Manoel Sátiro, negou que o lixão esteja funcionando irregularmente, mas confirmou que parte do lixo da cidade não estava sendo levada para o CTR, em Igarassu, por que os caminhões contratados não estavam dando conta do volume de resíduos recolhidos nos últimos dias na cidade. “Estamos trabalhando para resolver essa questão até o dia 30 de dezembro. Temos oito carretas transportando os resíduos para o CTR e pretendemos aumentar a frota para 12 veículos”, ressalta Manoel Sátiro.

                                  O vereador aponta que o não pagamento das faturas referentes ao contrato entre a Prefeitura de Olinda e o CTR-Igarassu seria o motivo para que o lixo não estivesse tendo a destinação correta. O valor mensal do contrato chegaria a R$ 1,4 milhão por mês, no entanto, o secretário informou que o valor da prestação de serviço é de R$ 450 mil – podendo aumentar de acordo com a demanda de lixo recolhido.

                                  Manoel Sátiro também nega que a prefeitura esteja inadimplente com o CTR-Igarassu e alegou que o pagamento da fatura referente ao período outubro/novembro será paga nesta quarta-feira (18). Sobre a presença de catadores no Aterro de Aguazina, flagrada e registrada em fotografias pelo vereador Jorge Federal, o secretário de Serviços Públicos de Olinda disse é que proibida a entrada de pessoas não autorizadas no local, porém admite que algumas vezes a segurança é ineficiente.

                                  O LIXÃO - A Prefeitura de Olinda desativou em dezembro de 2010 o Aterro de Aguazinha. O prazo foi recomendado pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) porque o local chegou ao seu limite de uso. O lixo produzido na cidade de Olinda – cerca de 11 mil toneladas/mês – deve ser encaminhado para o Centro de Tratamento de Resíduos (CTR) localizado no município de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. Mesmo desativado, a prefeitura é a responsável pela manutenção do aterro nos próximos 22 anos.

                                  Desde a época da desativação do lixão, os 350 catadores ligados à Associação dos Recicladores de Olinda (ARO), que trabalhavam no local, passaram a fazer parte do projeto de coleta seletiva criado pela prefeitura. O Aterro de Aguazinha era o segundo maior do Estado e recebia resíduos domésticos e entulhos da construção civil. O local funcionava desde 1988 numa área de 17 hectares.

                                  AÇÕES PARA 2014 - A Câmara dos Vereadores de Olinda aprovou nesta terça-feira (17) um Projeto de Lei (PL) que multa as pessoas que jogarem lixo na rua ou que depositarem entulhos em terrenos. O documento segue agora para a sanção do prefeito Renildo Calheiros e, de acordo com o secretário Manoel Sátiro, deve começar a vigorar em fevereiro de 2014. Também no próximo ano, será iniciada a licitação para que seja construída na área do Aterro de Aguazinha uma usina para a geração de energia e fertilizante. Se a proposta for aporvada, a usina será a primeira do tipo em Pernambuco.

                                  Por Marília Banholzer Do NE10

                                  Compartilhe essa notícia:

                                    Localidades da RMR estão sem energia há mais de 24h

                                    Os moradores de diversos bairros da Região Metropolitana do Recife (RMR) sofrem com a falta de energia desde esta quinta-feira (12). Entre as localidades afetadas pelo desabastecimento, estão Janga, Pau Amarelo e Nossa Senhora do Ó em Paulista; Zumbi e Madalena, no Recife; Rio Doce e Amparo, em Olinda; além de diversos bairros do Cabo de Santo Agostinho. Algumas dessas localidades estão sem energia há mais de 24h.

                                    A principal reclamação é que o problema não é resolvido apesar das diversas queixas feitas no teleatendimento da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) – 0800-810196. Os moradores dizem ainda que a concessionária informa que o desabastecimento foi causado por uma falha na rede elétrica e que voltará ao normal em poucas horas.

                                    Apesar disso, a técnica de enfermagem Maria da Glória Ribeiro, 28 anos, que mora em Pau Amarelo, denuncia que está sem abastecimento desde as 10h40 dessa quinta-feira (12). “São quase 30 horas sem energia. Tem uma idosa na minha rua que precisa fazer nebulização seis vezes ao dia e não pode ligar o aparelho”, reclama a jovem.

                                    Mesmo com as inúmeras reclamações, a Celpe nega qualquer problema em seu atendimento de prontidão. A companhia informa ainda que dobrou o número de equipes de prontidão e adotou todas as providências necessárias para atender as ocorrências com a maior brevidade possível.

                                    De acordo com a empresa, o volume de chamados acima do normal foi registrado desde a tarde dessa quinta-feira (12), quando foram registradas rajadas de ventos de maior intensidade no Grande Recife.

                                    GREVE - De acordo com o Sindicato dos Urbanitários de Pernambuco (Sindurb-PE), através do diretor Roberto Palma, a demora em atender as localidades está relacionada com uma mobilização dos funcionários não-terceirizados da Celpe. “Estamos de braços cruzados desde a terça-feira (10)”. Ainda segundo ele, os funcionários terceirizados não estariam “dando conta” das demandas.

                                    O diretor esclareceu que os celpianos estão mobilizados porque a Companhia Energética de Pernambuco não havia iniciado a campanha salarial deste ano, que estaria prevista para começar em novembro. Após a paralisação, no entanto, a Celpe enviou uma proposta que será avaliada em  assembleia. A data do encontro ainda não foi confirmada, mas está prevista para esta segunda-feira (16).

                                    O Sindurb-PE confirmou também que a prioridade para as equipes de prontidão de luz é atender as áreas próximas a hospitais ou em casos que possam trazer perigos à população, como curto circuitos. Com informações do NE10.

                                    Compartilhe essa notícia:

                                      Bombeiros trabalham em dois grandes incêndios na Região Metropolitana do Recife

                                      O Corpo de Bombeiros (CB) está desde as 8h combatendo um incêndio considerado de grandes proporções nos resíduos do Lixão de Aguazinha, em Olinda, Região Metropolitana do Recife (RMR). De acordo com a corporação, a dificuldade em debelar as chamas é justificada pelo gás inflamável (CH4) que o lixo gera.

                                      Mesmo sendo de grandes proporções, ninguém ficou ferido no incidente. Ainda não há informações sobre o que teria causado o início do incêndio ou a extensão que está em chamas. Para atender a ocorrência, o Corpo de Bombeiros enviou quatro viaturas de combate a incêndios ao local.

                                      OUTRO INCÊNDIO – Os bombeiros também estão combatendo um incêndio numa área verde, próximo à Igreja do Barro, no bairro de Jardim Uchôa, Zona Oeste do Recife. Para esta ocorrência foram enviadas duas viaturas de combate às chamas, já que este caso também é considerado de grandes proporções. Não registro de feridos. Com informações do NE10.

                                      Compartilhe essa notícia:

                                        Regularização fundiária vai beneficiar cerca de 4 mil pessoas em Água Fria

                                        A regularização fundiária na área de Água Fria vai beneficiar cerca de quatro mil famílias que ocupam imóveis de domínio do Estado naquela localidade. Os técnicos da Pernambuco Participações e Investimentos S/A (Perpart) já visitaram aproximadamente cinco mil imóveis e realizaram mais de 2.500 cadastros. Os títulos definitivos de posse da terra deverão ser entregues no início de 2014.

                                        A informação foi repassada na manhã desta quinta-feira (12), durante a Coletiva Pública de Prestação de Contas das ações desenvolvidas pela Estação do Governo Presente (EGP) do Cajueiro (RPA-2). O secretário de Articulação Social e Regional (Seart), Aluísio Lessa, disse que, aproximadamente, 40 mil famílias, de 17 áreas de Pernambuco serão contempladas com a regularização fundiária.

                                        Todos os títulos de posse definitiva dos terrenos deverão ser entregues aos beneficiários até abril de 2014. “O governo Eduardo Campos tirou da gaveta o sonho de 40 mil pernambucanos que lutam pela regularização das suas moradias e o Programa Governo Presente tem a sua participação nesse processo”, disse o secretário.

                                        Oportunidades – Nesta manhã, o secretário Aluísio Lessa também inaugurou a Sala de Oportunidades, uma central de apresentação, difusão, oferta e acessibilidade das políticas públicas estaduais que estará disponível à população residente nos oito Territórios Especiais de Cidadania (TECs) atendidos pela Estação do Governo Presente (EGP) da RPA-2: Água Fria, Alto Santa Terezinha, Beberibe, Campo Grande, Campina do Barreto, Dois Unidos, Linha do Tiro e Porto da Madeira.

                                        A Sala de Oportunidades ficará aberta de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h para que a população possa fazer uso dos computadores para consultas, inscrição em programas sociais, cursos de capacitação, vestibulares e concursos. A ideia é possibilitar, posteriormente, a difusão coletiva das informações para a comunidade por meio das mídias sociais e blogs colaborativos.

                                        Balanço – Neste ano de 2013, a EGP RPA-2, em Cajueiro, realizou 31.480 atendimentos à população dos TECs, através dos diversos programas disponibilizados pelas 14 secretarias estaduais integradas ao Programa Governo Presente. Desse número, 19.086 atendimentos foram realizados diretamente nas sete Ocupações Sociais de Impacto realizadas.

                                        A EGP RPA-2 / Cajueiro também promoveu sete reuniões com lideranças comunitárias dos TECs, seis comitês intragovernamentais, seis fóruns territoriais, sete ocupações sociais de impacto, 357 cadastros de equipamentos públicos e 121 visitas de interatividade nos territórios.

                                        Por Alexandre Acioli

                                        Compartilhe essa notícia:
                                          background