Em menos de um mês, dois tubarões foram capturados e mortos no Litoral Norte de Pernambuco

Ambos foram encontrados no Litoral Norte do Estado na praia de Maria Farinha em Paulista e Olinda

Em menos de um mês, dois tubarões foram capturados e mortos em PernambucoEm menos de um mês dois tubarões foram retirados do seu habitat por pescadores e banhistas, maltratados e mortos. O primeiro a ser capturado foi um Tubarão-Azul na praia de Maria Farinha, em Paulista, na manhã do dia 28 de dezembro do ano passado.

E o segundo caso aconteceu nesta quinta-feira (15), próximo à Igreja do Bairro de Rio Doce, em Olinda, onde o tubarão da espécie Cabeça-Chata com cerca de dois metros foi capturado por pescadores locais, que já conseguiram um comprador para a carne do animal.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) informa que é proibida a pesca de tubarão e disponibiliza de um disque denuncias pelo numero: 0800-61-8080.

Redação do Informe-PE, Por Daniel Alves / Foto: André Lima/WhatsApp/Cortesia

Compartilhe essa notícia:

    Estão abertas inscrições para cursos de música em Olinda

    estudos-portal4-educacao-12-01-2015

    A Prefeitura de Olinda abre vagas para curso de música, na próxima segunda (19) e terça-feira (20), por intermédio do Centro de Educação Musical de Olinda (CEMO), que fica na Avenida Pan Nordestina, no bairro de Salgadinho. Serão disponibilizadas 150 vagas para crianças, adolescentes, jovens e adultos, distribuídas nos turnos da manhã, da tarde e da noite. As matrículas acontecerão no período da manhã e as aulas iniciam em fevereiro.

    No dia 19, devem comparecer, ao CEMO, os interessados em matricular crianças alfabetizadas a partir de 6 anos de idade e adolescentes até 17 anos. Já o dia 20 foi reservado para o atendimento a jovens e adultos entre 18 e 45 anos. Para se matricular, os interessados podem chegar no horário das 7h, para a entrega de fichas, portando cópias do seu RG e CPF (para menores de idade, pode ser o do seu representante legal), certidão de nascimento ou casamento, uma foto 3×4 e comprovante de residência. A matrícula custa R$40.

    CEMO – O Centro de Educação Musical de Olinda (CEMO) é vinculado à Secretaria de Educação do município. Foi fundado em 1983, pelo maestro Mário Câncio, com a proposta de oferecer, às crianças do município, uma oportunidade de aprenderem Música.

    Com um corpo docente de alta qualidade, entre especialistas e mestres, nos seus 30 anos de existência, o CEMO é uma das escolas de Música mais bem conceituadas, no Estado de Pernambuco. Atende a todas as faixas etárias, de crianças a partir de seis anos a idosos, com cursos específicos, e recebe estudantes de diversas cidades, inclusive de outros estados.

    A Semana da Música do CEMO e o Concerto de Natal são destaques anuais, com excelentes oportunidades para os estudantes e o público em geral apreciarem a desenvoltura dos grandes músicos da instituição e de outros artistas convidados, bem como de participarem de cursos, palestras e workshops.

    O CEMO promove o desenvolvimento profissional dos estudantes oportunizando a participação em grupos, tais como a Banda Sinfônica do CEMO, a Big Band do CEMO, os Pequenos Cantores de Olinda, o Coro Revívere e o grupo Filhos do Choro.

    Nomes notáveis no cenário musical pernambucano têm passado pelo CEMO, como Dudu do Acordeon, Prisclila Dantas, Almir de Oliveira, Edilza Aires, Chris Nolasco, Sônia Sinimbu, dentre outros.

    Ao contribuir para a formação de centenas de estudantes, com vários alunos aprovados no vestibular de Música da UFPE e em outros concursos, o CEMO prossegue empreendendo esforços para o desenvolvimento da educação musical no município de Olinda e no estado de Pernambuco.

    Informações da Prefeitura

    Compartilhe essa notícia:

      Agência bancária sofre tentativa de arrombamento em Olinda

      A agência da Caixa Econômica Federal da Avenida Getúlio Vargas, no Bairro Novo, em Olinda, sofreu uma tentativa de arrombamento na madrugada desta quarta-feira (14), por volta das 3h. De acordo com a Polícia Federal, quando houve a tentativa, o sistema de monitoramento foi acionado. Os suspeitos fugiram antes de a polícia chegar e não se sabe quantos participaram da ação. Imagens do circuito de segurança da agência devem ser utilizadas para ajudar a identificar os suspeitos.

      O atendimento aos clientes ficou suspenso durante toda a manhã. Peritos da Polícia Federal foram ao local para iniciar as investigações.

      Procurada pela reportagem, a Caixa Econômica Federal afirmou, através de nota, que “informações sobre atos de vandalismo que possam ter atingido alguma de suas unidades são repassadas exclusivamente às autoridades competentes para fins de investigação”. E informou que o atendimento na agência será normalizado a partir das 13h desta quarta-feira.

      Do G1 PE

      Compartilhe essa notícia:

        Prefeituras de Olinda e Recife firmam convênio de livre circulação de táxis

        Taxi_Informe-PE

        Com o objetivo de atender a alta demanda de passageiros durante o carnaval, as prefeituras do Recife e Olinda firmaram um convênio de livre circulação de táxis durante o período de carnaval. Ele vai permitir que os veículos cadastrados nos municípios embarquem passageiros e tenham livre circulação e estacionamento, inclusive nos pontos de táxi. O convênio acontece entre os dias 10 de janeiro até o dia 18 de fevereiro.

        Em caso de dúvida, o taxista ou usuário pode entrar em contato com a CTTU através do 0800 081 1078.

         Confira mais informações na reportagem de Fernando Lima:



        Da CBN Recife

        Compartilhe essa notícia:

          ProJovem Urbano abre inscrições em Olinda na próxima quarta

          Duzentas vagas estão sendo oferecidas pelo programa ProJovem Urbano de Olinda. As inscrições começam nesta quarta (14). Podem concorrer os interessados em concluir o Ensino Fundamental e obter uma formação na área de turismo ou de Serviços Pessoais. As aulas iniciam em 23 de fevereiro.

          Para se matricular, os interessados devem se dirigir à Escola Municipal Sagrado Coração de Jesus, localizada na Rua Frei Afonso Maria, no bairro de Amaro Branco, Olinda.

          No ato da matrícula, é necessário levar um documento de identificação e uma declaração ou histórico escolar do ano até onde a pessoa estudou. Caso não tenha a documentação escolar, o interessado pode fazer um teste de proficiência em leitura e escrita. Os cursos oferecidos são da área de Turismo, para as funções de cumim, recepcionista de hotel e recreador.

          O ProJovem Urbano é um programa do Governo Federal de iniciação profissionalizante. Com uma equipe de quatorze profissionais, os cursos têm duração de um ano e seis meses e funcionam no turno da noite, a fim de atender aos estudantes que trabalham durante o dia. Ao final do programa, o aluno garante a conclusão de todas as etapas do Ensino Fundamental. Em Olinda, cerca de 300 alunos foram atendidos pelo programa no ano de 2014. Quem frequenta as aulas tem direito a uma bolsa mensal de R$ 100.

          Quem quiser outras informações sobre o curso pode telefonar para o número (81) 3429.6294.

          Do Diario de Pernambuco

          Compartilhe essa notícia:

            Preso em condicional tenta roubar arma de policial em Olinda e é detido

            Um detento que estava em liberdade condicional foi preso neste sábado (10) em Olinda. Ao desrespeitar o perímetro estabelecido pela tornozeleira eletrônica, ele foi abordado pela Companhia Indenpendente de Apoio ao Turista (Ciatur), da Polícia Militar, e reagiu à prisão, tentando roubar o revólver de um dos policiais.

            No meio da confusão, o homem levou um tiro de raspão na perna e acabou conseguindo fugir, segundo a PM. Com reforço do Grupamento de Apoio Tátito Itinerante (Gati) do 1º Batalhão de Polícia Militar, o preso foi localizado escondido em uma serralharia na Ilha do Rato, em Jardim Atlântico, Olinda. “Quando eu entrei na loja, comecei a fazer busca. Ele estava em um dos quartos, pronto para fugir. O comparsa que ia ajudar ele a fugir do local”, conta o cabo Paulo Ribeiro, do Gati.

            Com o preso, a polícia encontrou um revólver. Ele foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Tabajara e medicado, sendo encaminhado em seguida para a Delegacia de Casa Caiada. Ele vai responder por tentativa de assalto e porte ilegal de arma de fogo.

            Do G1 PE

            Compartilhe essa notícia:

              O carnaval de Pernambuco não é feito apenas de blocos

              O Carnaval de Pernambuco é algo grandioso, muito maior e mais prazeroso do que ouvir contar ou simplesmente ver e escutar nos noticiários da TV ou ler em jornais e revistas. Aliás, se informar apenas através da imprensa não é o que há de melhor. Infelizmente, os profissionais de comunicação passaram a denominar, nos últimos anos, “todas” as agremiações carnavalescas que participam dos festejos de Momo de “blocos”.

              Um verdadeiro absurdo! Isso é, simplesmente, prova de desconhecimento de quem não observa, não brinca, não participa e não vive o Carnaval pernambucano. É querer reduzir as nossas manifestações e deixar a festa superficial, pobre, limitada apenas aos blocos.

              Nossos colegas da imprensa precisam saber que Pernambuco é um celeiro cultural. O nosso Carnaval tem blocos, sim! Mas a festa de Momo nesta “Terra dos altos coqueiros” tem muito mais – e diferentes – manifestações culturais e ritmos. 

              Temos La Ursas, clubes, troças, caboclinhos, maracatus de baque virado e baque solto, tribos de índios, afoxés, ursos, bois, bonecos e escolas de samba, sem esquecer as tradições de muitas cidades do Interior, como os cavalos marinhos, que predominam nos municípios da Zona da Mata Norte; papangus (Bezerros), caiporas (Pesqueira), caretas (Triunfo), encontro de bichos (Vitória de Santo Antão), grupos de coco e de ciranda. Tudo isso é folia, ferve e se mistura no Carnaval… só não podem ser chamados e nem podem virar apenas “blocos”.

              É um erro afirmar “o bloco” do Homem da Meia Noite, o “bloco” da Pitombeira dos Quatro Cantos, o “bloco” da Burra do Rosário ou o “bloco” do Preto Velho. São agremiações com características distintas. O Homem da Meia Noite é Clube de Boneco, a Pitombeira é troça, a Burra do Rosário é Clube de Frevo e o Preto Velho é escola de samba.

              O bloco lírico é diferente: originário dos anos 1920, nos bairros centrais do Recife. O seu abre-alas é o flabelo (diferente de estandarte, utilizado por clubes e troças); as suas orquestras são de pau e corda e não de metais; tocam marchas e são acompanhados por corais de vozes femininas; desfilam com abajures, se organizam em alas, damas de frente e cordões.

              Blocos são diferentes de clubes, muito mais antigos (surgiram nos anos finais do século XIX), e de troças (comumente nascidas a partir de uma história pitoresca ou de uma brincadeira entre amigos). Estas são agremiações mais simples, que desfilam durante o dia e se caracterizam pela irreverência e descontração. Até mesmo o horário de ir às ruas para brincar alegrar o povo é um diferencial de cada um.

              Vejam quantas diferenças! É preciso mostrá-las e nominá-las aos foliões-novos e, principalmente, aos turistas, para que não retornem aos seus locais de origem e espalhem por lá que as nossas manifestações carnavalescas e ritmos são apenas blocos. Por favor, não deixem que a grande diversidade das nossas manifestações fique nas sombras e no anonimato.  Afinal de contas, o Carnaval de Pernambuco tem muito mais do que apenas blocos.

              Jornalista e folião nato, graduado nas ruas e ladeiras de Olinda, e com mestrado no Clube de Alegorias e Críticas O Homem da Meia Noite.

              Compartilhe essa notícia:

                Estudo da CPRH aponta 13 praias consideradas impróprias para banho em PE

                Estudo da CPRH aponta 13 praias consideradas impróprias para banho em PE

                Treze praias do litoral pernambucano foram consideradas impróprias para banho pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH). O Estado teve 47 pontos monitorados e em 18 trechos foi verificado altos índices de coliformes fecais. A Praia de Boa Viagem, bastante frequentada também por turistas, está fora da lista. Os problemas do local são os chuveiros que estão contaminados.

                Um dos trechos citados no relatório da pesquisa fica em frente à Rua Betânia, no bairro do Janga, em Paulista. Muitas residências do bairro despejam o esgoto direto nas águas da orla. A coloração esverdeada indica que o local apresenta problemas de saneamento. A Agência Estadual de Meio Ambiente também identificou pontos impróprios para banho em Itamaracá, Jaboatão dos Guararapes, Recife, Sirinhaém, São José da Coroa Grande e Olinda. 

                Os locais mais críticos, de acordo com o estudo, ficam em Olinda. Um deles está localizado próximo ao Hospital Esperança, no bairro de Casa Caiada, e o outro perto da agência dos Correios, no bairro do Carmo. Nessas praias os banhistas precisam dividir espaço com embalagens plásticas e caixas de isopor, além da poluição da água.

                Confira os locais impróprios para banho, segundo a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH): 

                OLINDA
                Praia de Rio Doce (próximo à foz do Rio Doce e a entrada do bairro)
                Praia de Casa Caiada (na altura do número 3861 e o Hospital Esperança)
                Praia de Bairro Novo (perto do antigo quartel e da Facottur)
                Praia do Farol
                Praia do Carmo (por trás da agência os Correios)

                PAULISTA
                Praia de Maria Farinha
                Praia de Pau Amarelo
                Praia do Janga

                DEMAIS LOCALIDADES
                Praia da Ilha de Itamaracá (trechos de Jaguaribe)
                Praia do Pina, Recife
                Praia de Candeias, Jaboatão dos Guararapes
                Barra de Sirinhaém, Sirinhaém
                Praia de São José da Coroa Grande

                Da TV Jornal

                Compartilhe essa notícia:

                  Bares do Sítio Histórico de Olinda proibidos de funcionar

                  1167841050fda5243e570ef7e93e171a

                  Bares localizados no Sítio Histórico de Olinda estão ameaçados de fechar as portas. A Lei de Uso de Ocupação do Solo (LUOS), de 1992, já proibia o funcionamento de bares na localidade permitindo apenas a existência de restaurantes, bistrôs, galerias de artes, comedorias e cafés. Após denúncias de moradores e ação Ministério Público de Pernambuco (MPPE), esses estabelecimentos terão até o dia 13 de janeiro para mudar o perfil se quiserem continuar funcionando.

                  De acordo com Estevão Britto, secretário de Planejamento e Controle Urbano da cidade, o município recebeu uma notificação do MPPE após reclamações feitas por moradores em relação ao barulho de 13 bares localizados entre as Ruas do Amparo e 13 de Maio. A secretaria se reuniu no último dia 29 de dezembro com os proprietários desses bares, na qual foi dado o prazo de 15 dias corridos para a adequação às normas.

                  Nesta quarta-feira (7), a secretaria se reunirá com a promotora de Olinda, Belize Câmara, para buscar uma solução que não prejudique nem os moradores nem os comerciantes. “Da prefeitura não existe a vontade de prejudicar os donos de bares, mas a Lei de Uso de Ocupação do Solo é rigorosa e precisa ser respeitada”, conclui Estevão Britto. 

                  Na última sexta-feira (2), a Polícia Militar esteve no local. Segundo o secretário, não era em parceria com a prefeitura mas apenas uma fiscalização que tenta barrar o uso de som alto, exploração de menores e tráfico de drogas na região.

                  Do NE10 / Foto: Hélia Scheppa

                  Compartilhe essa notícia:

                    Moradores de Olinda fazem protesto no Alto da Sé

                    Cerca de vinte moradores da Rua Alto Sarapião, no bairro de Amaro Branco, em Olinda, fizeram um protesto, na manhã deste domingo (4), no Alto da Sé, porque a rua está sem água há dois meses. O grupo usou latões de lixo para fechar o trânsito por quase uma hora, até que policiais militares chegaram ao local para impedir a manifestação. Uma pequena retenção de carros foi registrada no Alto da Sé.

                    Segundo os moradores, há quinze dias a Compesa mandou dois carros-pipa para a rua, mas depois disso os próprios habitantes dizem ter sido obrigados a comprar o produto para abastecer as casas. No local, vivem idosos e pessoas com deficiência que estão sofrendo com a falta de água.

                    “Não tenho mais dinheiro para comprar água. Desde ontem não tomo banho. Já estou fedendo como um cachorro”, comentou Marcos José da Costa, que mora na rua desde 1978. 

                    No fim da tarde de ontem, a assessoria de comunicação da Compesa informou que reconhece o problema na localidade e disse que o abastecimento está sendo afetado “pelo baixo nível da barragem de Botafogo, que se encontra com apenas 20% da capacidade de armazenamento de água”. No comunicado, o órgão destacou que está realizando “um estudo técnico para viabilizar uma solução do problema além da utilização de carros-pipa”. A Compesa também disse que enviou carro-pipa para a localidade no dia de hoje.

                    Do Diario de Pernambuco

                    Compartilhe essa notícia:

                      Polícia identifica suspeito de balear e arremessar mulher de kombi

                      A polícia identificou e está a procura de um homem suspeito de balear e arremessar  uma mulher de uma kombi. O caso está sendo investigado pelo delegado de Olinda, Valmir do Monte. O nome do suspeito não foi divulgado para não atrapalhar a ação policial.

                      Com ferimentos e duas marcas de tiros pelo corpo, a mulher, identificada apenas como Suelen, está internada no Hospital da Restauração (HR). A paciente se recupera de uma cirurgia realizada para a retirada dos projéteis que atingiram o rosto e o ombro e não corre risco de morte.

                      Ela foi encontrada no Complexo Salgadinho, em Olinda, por volta das 13h30 desta quinta-feira (01). De acordo com informações preliminares, a mulher teria relatado a populares que o autor dos disparos foi o marido. Ele teria atirado na esposa de dentro da kombi, que tem placa MNI-5870, e depois a jogado na pista.

                      Do Diario de Pernambuco

                      Compartilhe essa notícia:

                        Mulher é arremessada de uma kombi em Olinda

                        Uma mulher ainda não identificada deu entrada no Hospital da Restauração após ter sido arremessada de uma kombi. Além dos ferimentos causados pela queda, a mulher tinha duas marcas de tiro no corpo. Ela foi encontrada no Complexo Salgadinho, em Olinda, por volta das 13h30 desta quinta-feira (01).

                        De acordo com informações preliminares, a mulher teria relatado a populares que o autor dos disparos foi o marido. Ele teria atirado na esposa de dentro do da kombi, que tem placa MNI-5870, e depois a jogado na pista.

                        Segundo a assessoria de imprensa do HR, a vítima passou por uma cirurgia para a retirada dos projeteis que atingiram o rosto e o ombro. Ela não corre risco de morte, mas ainda está desacordada e deve ficar em observação.

                        Do Diario de Pernambuco

                        Compartilhe essa notícia:

                          “Em Olinda, quem ganhou 2014 foi a oposição”, diz Arlindo Siqueira

                          Renildo Calheiros X Arlindo Siqueira - Informe-PE

                          O vereador e líder da Oposição em Olinda, Arlindo Siqueira (PSL), faz um balanço positivo da sua atuação neste ano. Segundo ele, o maior avanço foi conseguir “acordar” a “sonolenta” Câmara de Vereadores e fazê-la menos submissa do Executivo. Em tom de brincadeira, Arlindo diz que o prefeito Renildo Calheiros (PCdoB) “não ganhou 2014”. No ano passado, o comunista concedeu várias entrevistas à imprensa afirmando que a sua administração havia ganho 2013.

                          “Este ano de 2014 quem ganhou fomos nós, a oposição”, afirma Arlindo Siqueira. “Até o início deste ano eu era o único vereador de oposição na Casa Bernardo Vieira de Melo e agora somos quatro (entraram Jorge Federal/SDD, Ricardo Sérgio “Riquinho”/PROS e Jesuíno Araújo/PSDB)”, comemora Arlindo.

                          Outra vitória apontada pelo oposicionista foi a última votação no legislativo, que mobilizou parte da população da cidade. Depois de 14 anos sem discutir ou barrar um projeto ou mensagem do Executivo, este ano a Câmara de Olinda levou à discussão a proposta de modificação da Lei do Carnaval e derrotou o projeto da prefeitura, proibindo a instalação de camarotes em todo o Sítio Histórico da cidade. A oposição tinha quatro votos e foi buscar outros cinco (Graça Fonseca/PR, Nido Guabiraba/PTC, Joab Teodoro/PRP, Misael Prestanista/PSB e Algério/PSB) na base do próprio prefeito, para derrotá-lo. Toda a articulação foi feita pelo próprio Arlindo, que preside a Comissão de Cultura da Câmara.

                          Nos últimos 14 anos, garante Arlindo, o orçamento do município era aprovado na Câmara sem discussão e sem receber emendas. Em 2013 ele foi o único parlamentar a sugerir emendas ao orçamento de 2014 e este ano outros vereadores também resolveram emendar o orçamento apresentado pelo Executivo para 2015. “A peça apresentada pelo Executivo foi questionada e ajustada. Alguns vereadores resolveram não mais aceitar receber o ‘prato feito’”, alertou.

                          Atuação – Arlindo Siqueira disse que este ano teve atuação destacada na Câmara de Olinda. Ele apresentou 19 projetos de lei, entre eles o que proíbe o atendimento aos idosos, gestantes e portadores de necessidades especiais no segundo piso das agências bancárias de Olinda, e o que institui o Fundo Municipal dos Direitos do Idoso.

                          O vereador também protocolou 578 requerimentos para a execução de obras e serviços nos diversos bairros da cidade; fez 25 pedidos de informações sobre ações da prefeitura, dentre elas a execução de mais de duas dezenas de obras inacabadas; e promoveu duas audiências públicas, a principal delas a que discutiu e barrou as alterações na Lei do Carnaval.

                          Para 2015 ele dá pelo menos uma dica: a oposição pode crescer.

                          Compartilhe essa notícia:

                            Carnaval sem camarotes no Sítio Histórico de Olinda

                            O carnaval de Olinda não terá mais camarotes e casas de festa no Sítio Histórico. A decisão foi a mais polêmica na votação da Lei do Carnaval, proposta pela prefeitura, na manhã desta sexta-feira (19). Após mais de cinco horas de discussão, a emenda da vereadora Graça Fonseca (PR), que proíbe a instalação dos equipamentos, obteve nove votos. Também foi aprovada a inclusão do Conselho de Cultura de Olinda e da Sodeca no Núcleo do Carnaval criado para organizar a festa e todas as ruas do Sítio Histórico foram definidas como passarela natural para o desfile das agremiações. A lei ainda precisa ser sancionada pelo prefeito Renildo Calheiros.

                            A proibição dos camarotes obteve apoio de Graça Fonseca, Arlindo Siqueira, Jorge Federal, Jesuíno Araújo, Ricardo Sérgio, Joab Teodoro, Nido Guabiraba, Misael Prestanista e Algério. A decisão foi contra ao almejado pela gestão municipal, que também mantinha um número limitado de vias para o cortejo das agremiações.

                            Ainda nesta sexta, foi aprovada a emenda que beneficia os carnavalescos, que receberão auxílio financeiro por subvenção ou por contrato. No primeiro caso, a prefeitura se obriga a liberar 50% do valor até 20 dias antes do carnaval e os outros 50% até 30 dias após a festa. No caso dos contratos, baseados na lei 8.666/93, as agremiações prestam contas do desfile e apresentações e recebem o valor contratado até 30 após o fim da folia.

                            Do Diario de Pernambuco

                            Compartilhe essa notícia:

                              Ex-prefeita de Olinda é cotada para assumir o Ministério da Cultura

                              Luciana Santos (PCdoB) Informe-PE

                              A deputada federal Luciana Santos, do PCdoB de Pernambuco, teria sido convidada pela presidente Dilma para assumir o Ministério da Cultura a partir de janeiro. Ex-prefeita de Olinda, a deputada fez parte da Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados e é próxima da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula.

                              A reportagem não conseguiu contato com Luciana, que participava de reuniões partidárias – ela vai assumir a presidência nacional do PC do B no próximo ano, no lugar de Renato Rabelo. Segundo o PCdoB, a presidente não formalizou nada ao partido até agora. E, conforme informaram fontes próximas à deputada, Luciana acha difícil “assumir a direção do partido e o ministério”, segundo confidenciou a amigos.

                              Formada em Engenharia Elétrica, Luciana Santos é filiada ao PCdoB desde 1987. Sua indicação para o ministério teria a finalidade de preencher a cota do PC do B, que até então ocupava o Ministério do Esporte com Aldo Rebelo (que está de saída). Ela já teria sido convidada, em 2010, para o próprio Ministério do Esporte por Dilma.

                              A decisão sobre quem ocupará o Ministério da Cultura no segundo governo de Dilma Rousseff deverá ser anunciada até o final dessa semana. O nome mais forte especulado até agora foi o de Juca Ferreira (secretário de Cultura de São Paulo), alvo das maiores manifestações de apoio da classe artística. E de rejeição, como mostrou em comentários na internet o escritor Paulo Coelho.

                              Correm por fora Ângelo Oswaldo (presidente do Ibram), Jandira Feghali (deputada do PC do B), Chico César (secretário de Cultura da Paraíba) e o escritor Fernando Morais, entre outros.

                              Segundo observadores, o Ministério da Cultura vive um momento de fragilidade em suas políticas públicas. Apesar de ter atingido cerca de 4,6 mil Pontos de Cultura pelo País em uma década, isolou suas ações nos últimos anos e perdeu protagonismo. Também está longe de atingir representatividade dentro do orçamento do Estado brasileiro, não chegando a 1%.

                              O MinC vem sendo tímido ainda no esforço de alavancar suas ações. O Vale Cultura, por exemplo, tinha a previsão de chegar a 42 milhões de trabalhadores, mas ainda beneficia cerca de 200 mil apenas. O Vale Cultura é um benefício no valor de R$ 50 mensais oferecido por empresas a funcionários contratados pela CLT. Ele chega ao trabalhador em formato de cartão magnético pré-pago e seu valor é cumulativo.

                              Fonte: Estadão Conteúdo

                              Compartilhe essa notícia:

                                Grupo é flagrado com cocaína e crack em apartamento em Olinda

                                Seis pessoas foram autuadas por tráfico, nesta segunda (15), após serem flagradas com drogas em um apartamento de um prédio em Olinda, Grande Recife. Uma adolescente de 17 anos também foi apreendida. A Polícia Militar chegou ao local após denúncias de que a residência, localizada no bairro de Jardim Atlântico, teria sida alugada para servir de apoio ao grupo criminoso.

                                A operação realizada por PMs do 1° Batalhão, que encontraram no apartamento 1 kg de crack, uma quantidade de cocaína e maconha não informada, três munições, uma balaclava, uma balança de precisão e sete celulares. Três mulheres e quatro homens, entre 17 e 25 anos, estavam no local. Um deles é suspeito de comandar o tráfico na comunidade da Ilha de Santana, popularmente conhecida como Favela do Rato.

                                Todos foram levados para a Delegacia de Casa Caiada, onde foram autuados por tráfico de drogas. Os homens foram encaminhados ao Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, e as mulheres à Colônia Penal Feminina, no Recife. A adolescente foi para uma unidade de internação não informada. O suspeito por alugar o apartamento não foi encontrado.

                                Do G1-PE

                                Compartilhe essa notícia:

                                  Carnavalescos de Olinda discutem alterações na lei do carnaval

                                  Renildo Calheiros X Arlindo Siqueira - Informe-PE

                                  Na manhã desta quarta-feira (17), carnavalescos, dirigentes de troças, clubes, bonecos e outras agremiações carnavalescas de Olinda participam de uma audiência pública na Câmara de Vereadores, no Varadouro, para discutirem alterações na Lei do Carnaval, sugeridas pelo prefeito Renildo Calheiros.

                                  A audiência pública, solicitada pelo vereador oposicionista Arlindo Siqueira (PSL), acontecerá a partir das 10h. De acordo com o vereador, as modificações trarão prejuízos às agremiações, sobretudo no que diz respeito ao recebimento de subvenções e prestação de contas.

                                  O projeto de lei do Executivo propõe alterações nos artigos 1º, 2º, 4º, 7º, 12º, 13º, 19º, 25º, 32º, 35º, 41º, 47º, 50º e 53º.

                                  Compartilhe essa notícia:

                                    Decoração de Natal no Litoral Norte é precária

                                    Renildo Calheiros (PCdoB) Informe-PEA maioria das cidades que fazem parte do Litoral Norte de Pernambuco, não vai ganhar decoração de Natal. Essa é uma historia que todos já conhecem. A falta de sentimento por parte dos poderes executivos e secretários, de nem se quer planejar uma campanha natalina na cidade onde tentam administrar.

                                    A moradora Maria Fatima, que reside há 33 anos na cidade de Olinda, comenta que em toda a beira mar, não ver uma lâmpada se quer piscando nos pontos turísticos. “O nosso prefeito não vem fazendo uma boa administração parece até que ele não mora aqui e não ver televisão”. Concluiu a moradora.

                                    Já em Paulista as reclamações aumentam por parte dos habitantes, os mesmos reivindicam que a cidade das chaminés está perdendo sua historia. “Antigamente tínhamos o melhor Natal, melhor até do que, o de Recife e com esse atual prefeito não sabemos o que significa isso há anos” Comentou a senhora Helena Maria, moradora do bairro do Nobre. A senhora ainda fala que, se não tivessem as igrejas seria bem pior, por que não teria nada realmente para celebrar ou se quer olhar no mês de dezembro.

                                    Nas cidades vizinhas como Abreu e Lima, Igarassu, Ilha de Itamaracá e Goiana o problema é o mesmo, não se ver muito interesse por parte dos seus administradores, nem ao menos uma pequena ornamentação para o embelezamento da cidade. Compreendemos que a verba sempre é pequena, que nunca tem dinheiro para ser investido, que o governo estadual e federal não chega junto! Será? Mas quando se tem interesse no trabalho com certeza consegue-se colher bons resultados.

                                    Vemos a cidade do Recife, foi gasto muito dinheiro para a animação natalina, primeiro por que a cidade merece e é capital de Pernambuco, segundo a maioria de seus investimentos este ano foi feito com materiais reciclados para baratear o serviço e melhorar o meio ambiente. Perguntar não ofende, acho que ideias boas poderiam ser copiadas já que deu certo em outra cidade por que não fazer o mesmo para a sua cidade administrador? 

                                    Redação do Informe-PE: Por: Paulo Fernando

                                    Compartilhe essa notícia:

                                      Baixo nível do Sistema Botafogo faz Compesa intensificar racionamento na Zona Norte do Grande Recife

                                       / Foto: Renato Spencer/Acervo JC Imagem

                                      A partir desta quarta-feira (3), quatro cidades do Grande Recife vão ter o racionamento de água intensificado em alguns bairros. A medida foi provocada graças ao baixo nível do Sistema Botafogo, que abastece as cidades de Olinda, Paulista, Abreu e Lima e Igarassu, na região norte do Grande Recife. Atualmente, o reservatório conta com apenas 22,38% da capacidade.

                                      Os bairros de Maranguape 1 e Arthur Lundgren 1 e 2, em Paulista, e a cidade de Igarassu, que tinham fornecimento diário de água, passarão a ter o revezamento de dois dias com água e dois dias sem. O mesmo acontece em Cruz de Rebouças, distrito de Igarassu. Em Caetés 3, bairro de Abreu e Lima, a situação é mais crítica. A área, que já tinha um corte no fornecimento a cada dois dias, passará a ser abastecida com água de três em três dias: um dia com água para três dias sem.

                                      Em Olinda, quatro bairros da cidade serão afetados com o racionamento. Bairro Novo, Casa Caiada, Bultrins e Jardim Fragoso, que recebiam água diariamente, terão o fornecimento cortado a cada dois dias.

                                      Nos outros bairros de Abreu e Lima, assim como no Janga e em Maranguape 2, em Paulista, e Ouro Preto, em Olinda, o racionamento já era realizado. As regiões recebiam água diariamente, mas em apenas alguns horários do dia. Por já conviverem com a redução de água, as localidades não vão ser afetadas com a nova medida.

                                      Do JC Online

                                      Compartilhe essa notícia:

                                        Câmara de Olinda vota contas de 2006 da ex-prefeita Luciana Santos

                                        Luciana_Santos1A Câmara Municipal de Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR), vota na próxima terça-feira (02) a prestação de contas referente ao ano de 2006 da ex-prefeita Luciana Santos (PCdoB). A oposição aponta irregularidades nos documentos.

                                        O vereador Arlindo Siqueira (PSL), líder da oposição na câmara olindense, afirma que, entre as várias irregularidades que o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE) teria encontrado, as que mais chamam a atenção estão relacionadas ao sobrepreço e reajustes superestimados de preços nos contratos da limpeza urbana e gerenciamento da iluminação pública em Olinda e a utilização de veículos que não atendiam às exigências do ano de fabricação, de acordo com o que conta no edital.

                                        Além dos documentos de 2006, o TCE-PE ainda lista inúmeros indícios de irregularidades nas contas de Luciana Santos referentes ao ano anterior, 2005. Ainda assim, as contas foram aprovadas pelos vereadores na época.

                                        Atualmente Lucia Santos é deputada federal e foi reeleita em 2014 para um segundo mandato de mais quatro anos.

                                        Compartilhe essa notícia:
                                          background