ProJovem Olinda abre turmas em novas localidades

O ProJovem Urbano de Olinda está promovendo novas oportunidades de vagas em iniciação profissional na área de Turismo para moradores da cidade. Agora, além do bairro de Amaro Branco, outras duas localidades estão abrindo novas turmas do programa: Peixinhos e Alto do Sol Nascente.

Para se matricular, é necessário levar um documento de identificação e uma declaração ou histórico escolar do ano até onde a pessoa estudou. Caso não tenha a documentação escolar, o interessado pode fazer um teste de proficiência em leitura e escrita. Ao finalizar o curso de Turismo, o estudante estará habilitado para atuar nas áreas de cumim, recepcionista de hotel e recreador.

O Projovem Urbano é um programa do Governo Federal de iniciação profissionalizante. Com uma equipe de quatorze profissionais, o curso tem duração de um ano e seis meses e funciona no turno da noite a fim de atender aos estudantes que trabalham durante o dia. Ao finalizar o curso, o aluno garante a conclusão de todas as etapas do Ensino Fundamental. Em 2014, cerca de 300 alunos foram atendidos, em Olinda, pelo programa. Quem frequenta as aulas, tem direito a uma bolsa mensal de R$100.

Seguem os endereços das escolas municipais com inscrições abertas para o Projovem Olinda:

Escola Municipal Sagrado Coração de Jesus, Rua Frei Afonso Maria, Amaro Branco. Tel.: 3439.2836

Escola Municipal Ministro Marcos Freire, Av. Pirâmide S/N, Alto do Sol Nascente. Tel.: 3443-0044

Escola Municipal Monsenhor Fabrício, Av. Antonio da Costa Azevedo, S/N Peixinhos. Tel.: 3426-3338

Quem quiser outras informações sobre o curso pode telefonar para o número (81) 3439.6294. As aulas iniciam em 23 de fevereiro.

Compartilhe essa notícia:

Em Olinda, incêndio atinge depósito de reciclagem e vários barracos

Um incêndio atingiu um depósito de reciclagem e vários barracos residenciais de uma comunidade do bairro de Peixinhos, em Olinda, na madrugada desta quinta-feira (29). As chamas foram consideradas de grandes proporções pelo Corpo de Bombeiros, que continua no local fazendo o rescaldo do fogo. Mesmo assim, ninguém ficou ferido.

Em Olinda, incêndio atinge depósito de reciclagem e vários barracos

Jerônimo Luiz de Souza, morador da localidade, foi um dos que perdeu tudo com a destruição causada pelo fogo. “Só fiquei com o registro de nascimento e a roupa do corpo”, lamentou.

Segundo os bombeiros, tudo começou por volta das 3h, na Avenida Antônio da Costa Azevedo. Ainda não se sabe onde o fogo teve início, mas o material reciclável que estava armazenado no depósito contribuiu para a expansão das chamas.

A assessoria de comunicação da corporação informou que o rescaldo realizado no início desta manhã também se deve ao tipo de material encontrado no local, que demora mais a apagar. A situação dos barracos, por sua vez, já foi controlada.

Ao todo, cinco viaturas dos bombeiros trabalharam na madrugada para conter as chamas. As equipes contaram com 15 bombeiros, que usaram 50 mil litros de água no trabalho.

Ainda não se sabe quanto dos imóveis foi perdido. A origem do incêndio também permanece desconhecida e será investigada pelo Instituto de Criminalística.

Do G1-PE

Compartilhe essa notícia:

Polícia terá agentes à paisana no combate ao tráfico durante carnaval

Polícia terá agentes à paisana no combate ao tráfico durante carnavalA Polícia Civil de Pernambuco vai intensificar o combate ao tráfico de drogas durante o Carnaval através do Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc). Além de fortalecer a busca pelos traficantes, os policiais vão atuar nos principais polos da festa no Recife e em Olinda. Os detalhes da operação foram repassados pelos gestor do Denarc, Leonardo Freire, em entrevista ao Bom Dia Pernambuco desta quarta-feira (28).

“Estamos acertando duas operações para o Carnaval de 2015. Uma é focada nos distribuidores de drogas para tentar reprimir o tráfico, que já é o trabalho ordinário do Denarc. E, para o Carnaval especificamente, faremos algumas ações pontuais nos focos de folia”, contou Leonardo Freire. Cerca de 22 oficiais devem participar das ações nos pontos mais movimentados do Recife e de Olinda, os dois maiores polos de Carnaval do estado.

No primeiro momento, os policiais vão circular pelos polos sem a farda, com o intuito de identificar os suspeitos de tráfico. Terminado esse processo, a equipe completa deve se dirigir ao local para abordar os suspeitos. “Teremos um efetivo que irá fazer a identificação dos pequenos traficantes de forma descaracterizada. Depois, todo o departamento vai para efetuar a detenção e a prisão de algumas pessoas”, explicou Freire.

O gestor do Denarc ainda revelou que a ação já começou neste final de semana nas prévias de Olinda e irá continuar nas festas que antecedem o Carnaval. “Mais ações acontecerão e com novas prisões”, acredita.

Compartilhe essa notícia:

Olinda promove ações contra a hanseníase

hansen1-500x318

Durante esta semana, a Secretaria de Saúde de Olinda está promovendo várias ações para marcar o Dia Mundial de Combate à Hanseníase. A data é celebrada no dia 30 de janeiro e foi instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Na manhã da última segunda-feira (26), a abertura das atividades aconteceu na Unidade Saúde da Família de Cohab – Peixinhos,  iniciativa organizada pela Coordenação da Hanseníase da Secretaria.

O intuito das ações é oferecer à população orientações educativas com ofertas de exames dermatoneurologicos, panfletagem sobre a doença e apresentação de teatro nas salas de espera das Unidades de Saúde.

As atividades têm parceria com a Secretaria de Saúde do Estado e as coordenações de Núcleo de Educação Popular em Saúde , Diretoria de Atenção Básica e Média e Alta Complexidade.

Hoje (29), a equipe estará na unidade de Ilha de Santana e sexta (30), em Caixa D’água e na manhã do dia 06 de fevereiro a comunidade de Torres Galvão, em Caixa D’água, receberá a unidade móvel da SES para a realização de exames.

Compartilhe essa notícia:

Casa-camarote também está proibida para morador de Olinda

A legislação que proíbe casa-camarote na Cidade Alta de Olinda não se aplica só a eventos organizados por empresários. Moradores também devem respeitar a Lei municipal nº 5927/2015, sancionada segunda-feira passada (26) pelo prefeito Renildo Calheiros, 18 dias antes da abertura do Carnaval. “Casa-camarote é qualquer foco não oficial de folia, com grande estrutura e equipamentos sonoros, no perímetro do Sítio Histórico”, explica o secretário de Assuntos Jurídicos de Olinda, César Pereira.

Na prática, significa dizer que a prefeitura não vai tolerar festas em imóveis da Cidade Alta com potencial para juntar gente no entorno da edificação. “Esses mini-shows prejudicam o desfile das agremiações”, justifica o secretário. Segundo ele, no Carnaval 2014 foram montadas 12 casas-camarotes no Sítio Histórico. “Nem todas têm um tratamento acústico adequado. Mas, mesmo aquelas com som isolado, dependendo do porte do evento, cria aglomeração na rua”, diz.

A prefeitura fará trabalho preventivo, para orientar a população sobre a nova lei. Também vai identificar, pela internet, eventos organizados nas redes sociais, informa César Pereira. A fiscalização durante a folia será feita pela equipe de controle urbano. De acordo com o secretário, há dois pedidos pendentes de casa-camarote na Secretaria de Patrimônio. A Mansão Bonfim (um deles) anunciou a transferência do evento para a Avenida Olinda, no Varadouro.

Para Ana Rosa Costa, moradora da Cidade Alta, faltou meio-termo na iniciativa da prefeitura. “Suspender casa-camarote e não oferecer infraestrutura para o Carnaval de rua não trará ganhos. As casas atrapalhavam os desfiles quando o som era voltado para a rua. Isso melhorou quando passou a ser exigido o tratamento acústico”, declara.

Rafael Galdino vive em Olinda há 47 anos e não vê incompatibilidade entre a casa-camarote e o desfile das agremiações. “Os blocos não conseguem passar porque tem gente demais nas ruas. O público do camarote fica dentro das casas. Falta organização no Carnaval”, opina.

Comerciante e morador do Sítio Histórico, Lula Andrade aprova a nova lei. “Se os polinhos nas casas são proibidos, os empresários também não podem fazer eventos”, diz.

Do JC

Compartilhe essa notícia:

Começa hoje cadastramento de comerciantes para o carnaval de Olinda

Tem início hoje (27), o cadastramento dos comerciantes que pretendem trabalhar nas ruas do Sítio Histórico de Olinda durante o Carnaval. Desta terça-feira (27) até a próxima sexta-feira, dia 30 de janeiro, serão atendidas as pessoas que já comercializaram bebidas e alimentos no evento do ano passado. Eles devem comparecer das 9h às 17h, à Secretaria de Planejamento e Controle Urbano de Olinda, na Estrada do Bonsucesso, 306 – Bonsucesso.

Os comerciantes e ambulantes que pretendem trabalhar pela primeira vez deverão procurar a Secretaria somente na próxima semana, no período de 03 a 06 de fevereiro, no mesmo local e horários. Para o cadastramento é preciso apresentar original e cópia da carteira de identidade, CPF e comprovante de residência, além de uma foto 3×4.

A taxa pela utilização do solo varia de acordo com o tamanho do empreendimento. As barracas de nove metros quadrados, geralmente cedidas pela cervejaria que patrocina o Carnaval na cidade, ocupam um espaço maior na calçada e, por isso, seus proprietários terão que desembolsar R$ 514,95. Espaços menores, como tabuleiros, carros de mão e isopor, têm o custo de R$ 159,58. Os moradores que desejarem utilizar as portas e janelas das casas como ponto de comércio devem pagar uma taxa de R$ 289,33.

Do Blog do Olinda Hoje parceiro do Informe-PE

Compartilhe essa notícia:

Prefeitura de Olinda proíbe camarotes durante o Carnaval

O projeto de lei que impede a instalação de casas-camarotes durante o Carnaval do Sítio Histórico de Olinda, na Região Metropolitana do Recife, foi sancionada nesta segunda-feira (26) pelo prefeito Renildo Calheiros, anunciou o procurador da cidade César Pereira. A gestão municipal tinha até esta quarta-feira (28) para se pronunciar sobre a proibição que foi votada, em dezembro, pela Câmara de Vereadores.

De autoria da vereadora Graça Fonseca (PR), a decisão é uma emenda à Lei Municipal 5.306/2001, conhecida como Lei do Carnaval, que proíbe expressamente os focos não-oficiais e festas com aglomeração de pessoas, comércio ambulante, com ou sem utilização de aparelhagem. Porém não existia na lei algo que proibisse o funcionamento das casas-camarotes, por se tratar de uma nova definição de evento.

Nos locais não inseridos no Sítio Histórico de Olinda tais eventos poderão ocorrer, desde que atendidas todas as exigências legais e regulamentares consolidadas num ato administrativo específico do Poder Executivo Municipal a ser expedido nos próximos dias.

​​​​O descumprimento das regras referentes a esses eventos e a outros focos de animação não-oficiais sujeitará os infratores a uma multa que poderá chegar a até R$ 100 mil, aplicada em dobro a cada reincidência, além da apreensão dos equipamentos de sonorização e da interdição dos locais onde estejam ocorrendo. As multas reverterão para o Fundo de Preservação dos Sítios Históricos de Olinda.

​​Além do tema relacionado às “casas camarotes”, o decreto sancionado também introduz outras importantes alterações na Lei do Carnaval. ​​Efetivamente, além de atualizar a redação de alguns dispositivos, a Lei passa a permitir que o Poder Executivo Municipal, quando ceder área pública para a realização de eventos de agremiações carnavalescas, exija delas caução prévia, a qual será utilizada pela Administração Municipal para custeio dos danos eventualmente provocados ao patrimônio público pelo evento.

CAMAROTES – Ainda na noite desta segunda (26), a organização do camarote Carvalheira na Ladeira, que seria instalado na área do Colégio São Bento, no bairro do Varadouro, anunciou em sua página oficial no Facebook a mudança de local da festa. Confira a nota:

“Em consonância com a Lei do Carnaval (Lei nº 5.306/01, alterada pelo PL nº 94/2014), a qual visa proibir a existência de polos não oficiais de folia no Sítio Histórico de Olinda, os produtores do Carvalheira na Ladeira anunciam a oficialização do novo local de realização do evento.

A nova estrutura de 12.600m² está sendo montada na Avenida Olinda, 740. No novo espaço, localizado na principal via de acesso ao Carnaval de Olinda, próximo às ladeiras e focos de folia, o público poderá desfrutar do mesmo conforto e comodidade oferecidos nos eventos Padrão Carvalheira”.

Já os organizadores do camarote Mansão do Bonfim decidiram mudar o local da festa antes mesmo da decisão da Prefeitura de Olinda. O espaço sai das ladeiras e se instalará na Avenida Olinda, que fica a 400 metros da Prefeitura.

Compartilhe essa notícia:

Já começou o recadastramento biométrico em Olinda

urna biométrica

Os Cartórios Eleitorais da 10ª, da 100ª e da 117ª Zonas Eleitorais, de Olinda, já estão realizando o recadastramento biométrico dos eleitores da cidade. O horário de atendimento é das 10h às 16h, sem intervalo para o almoço. O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) ainda não está fazendo agendamento para o serviço, o que só deverá acontecer a partir de março.

A procura pelo recadastramento biométrico ainda é pequena, deve se dirigir a central do TRE-PE de Olinda, onde funcionam os três Cartórios Eleitorais, na Rua Doutor Almeida Belo, 1.091, no Bairro Novo.

Para realizar o recadastramento, o eleitor deverá levar o título eleitoral (original), um documento de identidade (também original e com fotografia) e um comprovante de residência, recente. Seis funcionários do TRE-PE estão fazendo o atendimento.

Como chegar: A Rua Doutor Almeida Belo é a primeira paralela da Avenida Getúlio Vargas. O eleitor deverá seguir (de ônibus ou de carro) pela Avenida Getúlio Vargas (sentido Carmo-Casa Caiada) e entrar à esquerda, na esquina da rua onde está situada a agência da Caixa Econômica Federal: Rua Francisco Ambrósio de Barros Leite.

Na outra esquina, entre a Avenida Getúlio Vargas (número 1.553) e a Rua Francisco Ambrósio de Barros Leite, está a Galeria Santa Lúcia, onde funciona uma loja de O Boticário. O prédio do Cartório Eleitoral fica na esquina da Rua Doutor Almeida Belo com a Rua Francisco Ambrósio de Barros Leite.

Do Blog Olinda Hoje, parceiro do Informe-PE

Compartilhe essa notícia:

Sede provisória do Maracatu Nação Pernambuco, em Olinda, é arrombada

Materiais estavam guardados no Mercado Eufrásio Barbosa, no Varadouro.
Direção foi pega de surpresa ao buscar equipamento de som, neste sábado.

vandalismo_maracatu_nacao2

A diretoria do Maracatu Nação Pernambuco, sediado em Olinda, foi pega de surpresa neste sábado (24), ao chegar para buscar os equipamentos de som que haviam sido deixados na sede provisória da agremiação, no Mercado Eufrásio Barbosa. Equipamentos de som e instrumentos haviam sumido e  outros foram encontrados quebrados, segundo a diretora, Amélia Veloso.

O mercado está fechado e a diretoria só tem acesso ao local para guardar objetos, com permissão da Prefeitura, que cedeu um casarão na Praça do Carmo para a realização dos ensaios do grupo. “Quando a gente chegou, viu que o portão da nossa sede estava aberto, o salão todo aberto, e aí percebemos que tinha sido arrombado”, conta a diretora.

No local, havia alguns instrumentos musicais, como tambores, além de fantasias do acervo da agremiação, que estavam sendo guardadas para uma futura exposição. “O espelho grande, que o pessoal da dança usava para ensaiar, estava todo quebrado. Estava tudo jogado no chão, tinha três pontos que eles queimaram o que não levaram, não sei como não pegou fogo no mercado inteiro”, afirma Amélia Veloso.

A diretora conta ainda que tambores antigos foram rasgados e deixados no chão, mesas e cadeiras foram quebradas. “Levaram nosso som, com amplificador e tudo, que era quase do tamanho de uma geladeira. Fizeram uma limpa e quebraram o resto. A gente saiu tirando o que deu para salvar”, aponta.

O figurino do grupo desse carnaval não estava na sede, por isso não foi atingido. O maracatu já fez apresentações em diversos países, tanto da Europa, quando da América e Àsia.

Do G1-PE

Compartilhe essa notícia:

Em Olinda, educação não é prioridade do PCdoB

Durante a análise das contas da Prefeitura de Olinda, efetuada pelo gabinete da auditora do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), Teresa Duere (relatora do processo referente às contas de 2012), foi identificado que no período de 2005 a 2011, Olinda apresentou um cenário de indicadores que reclamam por maior atenção na área de educação. Verificou-se o alto fracasso escolar, acima da média dos municípios com população semelhante, bem como resultados abaixo da média no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Do Blog Olinda Hoje, parceiro do Informe-PE

Compartilhe essa notícia:

Prazo para matrícula de novos alunos em escolas de Olinda termina terça

Os pais e responsáveis têm até terça-feira (27) para fazer a matrícula de novos alunos na rede municipal de ensino de Olinda, que está com vagas para o Ensino Fundamental I, que vai do 1º ao 5º ano, no Ensino Fundamental II, que é do 6º ao 9º ano, além da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), que garante a conclusão do Ensino Fundamental completo. A inscrição é feita na própria escola.

Para matricular o filho no Ensino Fundamental I e no II, é preciso levar o registro de nascimento e o histórico escolar do estudante, caso ele esteja mudando de escola. Já para matricular na EJA, o estudante deve levar cópias e originais de RG e seu histórico escolar. O atendimento nas escolas acontece pela manhã, de 8h às 12h, e pela tarde, de 13h às 16h.

Olinda conta atualmente com  63 unidades escolares, entre creches e escolas, para aproximadamente 22.540 estudantes. O ano letivo começa, oficialmente, no dia 4 de fevereiro. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (81) 3429.6069 e 3439.6294

Do G1-PE

Compartilhe essa notícia:

Dois homens são presos com arma e motocicleta roubada em Olinda

Dupla é detida com arma e moto roubada na Estrada de Passarinho, em Olinda, no Grande Recife. Pedro Henrique Onório Torres, 24 anos, e Leandro José de Oliveira França, 20, foram presos depois que a polícia recebeu denúncias de assaltos a motoqueiros na localidade. Com eles, foram encontrados um revólver calibre 38, com cinco munições, e uma moto roubada.

O veículo estava depenado, os rapazes venderam o jogo de rodas e retiraram os retrovisores. De acordo com a polícia, Pedro já tem passagem pelo presídio por roubo e estava em liberdade condicional.

Em depoimento ele contou que comprou o revólver na feira do Troca de Peixinhos, também em Olinda. Leandro José foi autuado em flagrante por receptação qualificada e Pedro Henrique por porte ilegal de arma e receptação.

Do Site da TV Jornal

Compartilhe essa notícia:

Falhas em recolhimento de contribuição previdenciária reprova contas de Renildo Calheiros

Renildo Calheiros (PCdoB) Informe-PE

A Segunda Câmara do TCE emitiu parecer prévio recomendando ao Legislativo municipal de Olinda a rejeição das contas de governo do município, relativas ao exercício financeiro de 2012. O responsável pela municipalidade, no período, foi o atual prefeito, Renildo Calheiros (PCdoB). A relatora do processo foi a conselheira Teresa Duere, que teve o seu voto aprovado pela unanimidade dos membros da Câmara de julgamento. O Ministério Público de Contas (MPCO) foi representado, na ocasião, pela procuradora Germana Laureano.

De acordo com o voto da relatoria, as principais falhas apontadas pelo TCE no período, que não foram solucionadas, mesmo após a análise da defesa do prefeito, foram relativas à Previdência Social e à aplicação “a menor” no ensino. Renildo Calheiros afirmou que ainda não foi notificado da decisão do tribunal, mas que irá recorrer ao pleno da Corte de Contas.

Em relação ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS) deixou de ser recolhido o montante de R$ 3.828.406,89 (35,79% do valor devido). Tal fato implica o aumento do passivo do município, gerando encargos e multas que deverão ser pagos no futuro. Também foi apontado o não repasse das contribuições previdenciárias descontadas dos servidores devidas ao Regime Próprio de Previdência (RPPS), no total de R$ 95.917,08. Além disso, não foram recolhidas as contribuições patronais devidas ao RPPS no total de R$ 6.653.836,34 (34,38% do valor devido).

Já em relação ao ensino, foi constatado que o município aplicou, em 2012, apenas 24,36% das receitas provenientes de impostos em educação, quando a Constituição Federal determina que o percentual mínimo deve ser de 25%. Tal ponto se torna relevante, pois o município de Olinda tem apresentado um cenário de baixos resultados, relativamente à questão educacional. “Nós investimos bem acima disso. É que não apresentamos toda a documentação ao tribunal”, garantiu Renildo em entrevista por telefone.

Análise de indicadores
Análise de indicadores, efetuada pelo Gabinete da relatora do processo, revelou que, no período compreendido entre 2005 e 2011, Olinda apresentou um cenário de indicadores que reclamam por maior atenção na educação, tendo em vista o alto fracasso escolar, acima da média dos municípios com população semelhante, bem como resultados obtidos pelo município no IDEB (índice de desenvolvimento da educação básica), também abaixo das cidades com porte populacional semelhante. Ainda relativamente à Previdência, a municipalidade tem deixado de recolher valores de forma crescente aos Regimes Geral e Próprio de Previdência. Em 2010, o total não recolhido foi de R$ 3.340.346,58; em 2011, R$.4.856.748,49; e em 2012, R$10.482.243,23.Por essas razões, foi emitido parecer prévio recomendando a rejeição das contas de 2012 (Processo TC n° 1301941-7) e foram feitas diversas determinações visando à melhoria das próximas prestações de contas a serem enviadas ao TCE.

A Sessão da Segunda Câmara foi dirigida por sua presidente, conselheira Teresa Duere. Participaram também da Sessão os conselheiros substitutos Ruy Ricardo Harten Júnior (auditor geral do TCE) e Luiz Arcoverde Filho.

As contas de governo – referem-se à prestação de contas anual do prefeito, que é o Chefe do Poder Executivo Municipal. A prestação de contas do Prefeito Municipal deverá ser consolidada, englobando as contas do Poder Legislativo e dos órgãos e entidades da administração direta e indireta do Poder Executivo. Pela prestação de contas de governo é avaliada a execução orçamentária, financeira e patrimonial do município como um todo.

A análise das contas de governo feita pelo TCE-PE leva em consideração as políticas públicas executadas pelo gestor nos aspectos relativos à saúde, educação, gestão previdenciária, repasses de duodécimos ao Legislativo Municipal, transparência pública e gestão ambiental, verificando, inclusive, se, ao executar o Orçamento do município, o gestor obedeceu a limites legais e constitucionais específicos.

Do Diario de Pernambuco

Compartilhe essa notícia:

Enseada, Carneiros e Boa Viagem entre as praias mais limpas do Estado

As praias pernambucanas estão sempre bem classificadas nos rankings que definem os melhores destinos de sol e mar do Brasil. Enseada dos Corais, no Cabo de Santo Agostinho, por exemplo, além das belas paisagens pode se orgulhar de estar no topo das localidades mais indicadas para o banho, de acordo com o Programa de Monitoramento de Qualidade das Praias de Pernambuco.

O estudo da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) é realizado periodicamente em 50 pontos da costa, abrangendo 11 municípios litorâneos situados em três regiões geográficas do Estado.

Empatadas no primeiro lugar das praias mais limpas, junto com Enseada dos Corais, estão as de Carneiros (em frente ao condomínio Pontal dos Carneiros), em Tamandaré, Litoral Sul do Estado, e de Boa Viagem (em frente à pracinha), na Zona Sul do Recife.

Mesmo sendo urbana, o que normalmente a tornaria mais poluída e imprópria para o banho, a CPRH avaliou como excelente a balneabilidade – que se entende como um contato direto e prolongado com a água – pelos menos outros quatro pontos da praia de Boa Viagem, especificamente aqueles em frente aos postos 8, 10, 14 e 15 do Corpo de Bombeiros.

O ranking dos locais mais indicadas aos banhistas nos 187 km de costa do Estado segue com a Praia de Ponta de Serrambi (no pontal), em Ipojuca, e Tamandaré (na altura do hotel Marinas de Tamandaré), no município de mesmo nome. Destino de turistas de todo o mundo, Porto de Galinhas, em Ipojuca, também foi bem avaliada, principalmete no trecho localizado em frente à Escola Manuel L. C. Uchoa, em Ipojuca.

Outro destaque entre as praias urbanas é a de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, na Grande Recife, em especial no trecho que fica na altura do Hospital da Aeronáutica. A limpeza da água está no mesmo patamar da praia de Guadalupe, próximo ao estuário de Rio Formoso, em Sirinhaém, e da praia de São José da Coroa Grande, em frente à Rua da Matriz, no município de São José da Coroa Grande.

As localidades que encerram a lista de melhores praias, no quesito balneabilidade, segundo a CPRH, são as do Pina, em frente ao Posto 4, e a região que fica em na altura da Rua Miguel Arcanjo, em Jaboatão, referente mais uma vez à Piedade.

O levantamento feito pela CPRH desde 1974 abrange os município de Goiana, Itamaracá, Paulista, Olinda, Recife, Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Sirinhaém, Tamandaré e São José da Coroa Grande. A classificação das praias está baseada nas normas estabelecidas na Resolução Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) nº20/86, que define padrões de qualidade da água destinada à recreação – prática de mergulho, natação, esqui aquático e onde existe a possibilidade de ingestão de quantidades consideráveis de água.

PRAIAS IMPRÓPRIAS – Semanalmente, a CPRH também disponibiliza no seu site a listagem das praias pernambucanas que estão consideradas impróprias para o banho. Confira abaixo:

» Em Itamaracá:
Praia de Jaguaribe, em frente à Rua Santina de Barros;

» Em Paulista:
Praia de Pau Amarelo, em frente ao Forte de Pau Amarelo;
Praia do Janga, em frente à Rua Betânia;

» Em Olinda:
Praia de Casa Caiada, em frente à Av. Ministro Marcos Freire Nº 3861;
Praia de Bairro Novo, em frente ao Quartel da PE;
Praia de Bairro Novo, por trás do Colégio Bairro Novo;
Praia do Farol, em frente à Rua do Farol;
Praia do Carmo, por trás dos Correios;
Praia dos Milagres, em frente à Praça dos Milagres.

Em Recife:
Praia do Pina, em frente ao Iate Clube;
Praia do Pina, nas proximidades do Cassino Americano;

Em Sirinhaém:
Praia de Barra de Sirinhaém, em frente à Escola Municipal Leonildo da Silva;
Praia de Barra de Sirinhaém, em frente ao Loteamento Ondas da Barra;

Do NE10

Compartilhe essa notícia:

Prefeito de Olinda tem até dia 28 para sancionar lei que proíbe camarotes no Sítio Histórico

Aprovada na Câmara de Olinda, na Grande Recife, em dezembro, a Lei do Carnaval, que proíbe o funcionamento de camarotes nos imóveis do Sítio Histórico, tem prazo para ser analisada pelo prefeito Renildo Calheiros (PCdoB): 28 de janeiro. Informações de bastidores são de que o gestor deverá sancionar o projeto.

A lei foi aprovada pelos vereadores no fim de dezembro. Dos 17 parlamentares, apenas Professor Lupércio (SD) não votou. Nove se manifestaram contra as casas-camarote, sendo os quatro de oposição e cinco da bancada governista

Como foram necessários ajustes na redação final, a Lei do Carnaval só foi encaminhada à Prefeitura de Olinda no último dia 8, dando Renildo Calheiros o prazo de 15 dias úteis para protocolar ou vetar. Mesmo que seja derrubada, a Câmara, em recesso até o dia 2 de fevereiro, tem poder para decretá-la.

Diante da sinalização de serem proibidos, produtores de camarotes no Sítio Histórico já começaram a anunciar mudanças. A Mansão Bonfim, por exemplo, definiu novo local, ainda não confirmado. O show de Luan Santana na casa, que seria na Segunda-feira de Carnaval, foi cancelado.

Compartilhe essa notícia:

Câmara de Olinda aprova horário de funcionamento para bares no Sítio Histórico

Câmara Municipal de Olinda

Em sessão extraordinária realizada nesta quinta-feira (22), os vereadores de Olinda, na Grande Recife, aprovaram a lei provisória que regulamenta o horário de funcionamento de bares e restaurantes no Sítio Histórico. De acordo com o projeto, os estabelecimentos só poderão funcionar até às 23h de domingo a quarta-feira e até à 1h de quinta a sábado.

A redação final do projeto deverá ser enviada à Prefeitura de Olinda nesta sexta-feira (23), com expectativa de ser protocolada em caráter de urgência. A medida foi proposta pelo Executivo e não recebeu emendas. Outra lei, com caráter permanente e regras mais claras sobre questões como a acústica e o número de mesas nos estabelecimentos, por exemplo, deverá ser enviada à Câmara ainda neste semestre.

“O novo projeto será após uma discussão mais ampla com a sociedade e os movimentos sociais. Essa (a provisória) é por uma questão de não deixar como está, que é ilegal”, afirmou o vereador Jorge Federal (PMDB), líder de oposição na Casa. A lei provisória foi aprovada por unanimidade.

Atualmente, a Lei de Uso e Ocupação do Solo no Sítio Histórico de Olinda prevê as interdições de bares na região. Após polêmica com denúncias de moradores da cidade sobre o barulho gerado pelos bares da região, junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE), a lei deverá ser revista através de uma comissão montada pela gestão municipal para a tarefa. A primeira reunião ficou marcada para o dia 20 de março.

Do NE-10

Compartilhe essa notícia:

Carta: Retorno complicado na PE-15

Carta Retorno complicado na PE-15

O retorno localizado ao lado do Terminal Integrado da PE-15, em Olinda, todos os dias causa enormes transtornos e aborrecimentos aos motoristas.

Devido ao grande numero de veículos utilizando essa via de retorno e acesso a Olinda, os congestionamento no local tem ocasionado muitos problemas no transito da PE-15.

Sugiro ao DER o deslocamento desse retorno para baixo do viaduto de jatobá, Talvez possamos amenizar os congestionamentos na área.

Por Fernando Melo de Igarassu

Compartilhe essa notícia:

Rio Doce terá uma Unidade de Pronto Atendimento 24 horas

Com o intuito de melhorar cada vez mais os serviços de saúde na cidade, na manhã desta quinta-feira (22), o prefeito de Olinda, Renildo Calheiros, assina a Ordem de Serviço para o início da construção da Unidade de Pronto Atendimento 24h (UPA), em Rio Doce, bairro mais populoso da cidade. A cerimônia acontece às 10h, no local onde será construída a unidade, na Avenida Rio Doce, 2ª Etapa do bairro, próximo à Escola Ernesto Silva.

A UPA Rio Doce, que deverá estar pronta no prazo de dez meses, terá uma área física construída de 893,31 metros quadrados, sendo distribuída com setor de pronto atendimento (recepção/espera), urgência, apoio diagnóstico e terapêutico, observação, apoio logístico, administrativo e estacionamento. A unidade de urgência será construída pela empresa JME Engenharia Ltda, com recursos do Governo Federal.

Compartilhe essa notícia:

Vagas abertas para cursos gratuitos de informática e idiomas

A Prefeitura de Olinda está com 240 vagas abertas para cursos de Informática, Inglês e Espanhol. As inscrições estão acontecendo, presencialmente, no Núcleo de Tecnologia Educacional, Comunicação e Idiomas (NTECI) da Secretaria de Educação, que fica na rua 15 de Novembro, nº 135, Varadouro, Olinda, no horário das 8h às 16h. Os interessados devem levar original e cópias do RG, CPF e comprovante de residência. Os cursos são gratuitos.

As aulas estão disponíveis nos períodos da manhã, da tarde e da noite. O curso de Informática está sendo oferecido para interessados a partir dos 14 anos de idade e o de Idiomas, a partir dos 16. Caso o estudante esteja cursando o 9º ano do Ensino Fundamental, está, também, apto a se inscrever no curso de Idiomas.

NTECI – O Núcleo de Tecnologia Educacional, Comunicação e Idiomas (NTECI) foi criado em 2002  pela Secretaria de Educação de Olinda. Com o objetivo principal de traçar diretrizes voltadas para a introdução e uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), em função do processo de aquisição de novos conhecimentos, garante a inclusão digital aos cidadãos.

Serviço
Inscrições: Segunda a sexta, das 8h às 16h
Endereço: Rua 15 de Novembro, nº 135, Varadouro
Fones: (81) 3305.1072 / 3305.1073

Compartilhe essa notícia:

Esquenta corrida pela Prefeitura de Olinda

Arte-Prefeitura-de-OlindaMal terminou o processo eleitoral de 2014, nos bastidores da política pernambucana, as discussões em torno das sucessões municipais já entraram na pauta dos possíveis postulantes ao cargo majoritário. Em Olinda, em meio ao desgaste da gestão de Renildo alheiros (PCdoB), alguns nomes já começam a ser especulados para suceder o gestor. O clima de acirramento começa a surgir.

Na bolsa de apostas para comandar a cidade – após 16 nos de gestão do PCdoB – pelo menos cinco nomes ligados ao PT, PCdoB e PMDB surgem no páreo. Pelo PMDB, legenda que faz oposição ao Executivo, os nomes da secretária-executiva do Prodetur, Izabel Urquiza, e do deputado estadual Ricardo Costa são os mais cotados.

Pertencente à ampla base de sustentação do governo, o PT é outra legenda que já dá sinais, internamente, que almeja assumir o cargo. Nos bastidores da sigla, os nomes da deputada estadual Teresa Leitão e do atual vice-prefeito da cidade, Enildo Arantes, ganham força. Pelo PCdoB, a deputada federal Luciana Santos reaparece como a opção natural do partido para disputar o cargo no lugar de Calheiros.

Nas hostes do PMDB, o nome de Urquiza é visto com simpatia, uma vez que ela nas duas últimas eleições obteve expressivas votações no reduto olindense frente ao correligionário. Por essa circunstância, Urquiza defende que o partido decida por uma candidatura própria e que “tenha maior receptividade entre os munícipes”. “Essa questão tem que ser ponderada”, avisou. Urquiza ressalta que, antes de tudo, a sigla precisa decidir o caminho que tomará sem precipitação.

Já seu correligionário, Ricardo Costa, corre por trás para apagar a imagem de aliado de Renildo. É que nas eleições passadas ele, ainda no PTC, retirou sua candidatura devido a um pedido do ex-governador Eduardo Campos em prol da reeleição do comunista. Porém, com o consequente desgaste da gestão, o parlamentar vem buscando se distanciar e se cacifar no partido para a disputa. Em entrevista recente à Rádio Folha FM 96,7, chegou a criticar a administração do PCdoB, dando nota três. “O povo está cansado das forças políticas que estão aí no poder. O PMDB vem sendo derrotado há algum tempo. Está na hora de dar a volta por cima”, bradou o deputado que temo aval do vice-governador Raul Henry e do senador Jarbas Vasconcelos para pleitear a majoritária, este último não contou com o apoio de Izabel na sua eleição para a Câmara Federal.

No PT, Teresa Leitão, que saiu da disputa nas eleições municipais de 2012 por forças internas do partido, defendeu candidatura própria e avisou que já no próximo mês o partido começará a discutir a tática eleitoral a ser adotada. Luciana Santos foi procurada pela reportagem, mas não atendeu às ligações.

Por Anderson Bandeira da Folha de Pernambuco

Compartilhe essa notícia:
background