Home > Eleições 2016

Antonio Campos pede impugnação de mandato do novo prefeito de Olinda

A coligação “Muda Olinda”, que teve como candidato a prefeito o advogado Antonio Campos, ajuizou nesta segunda-feira (9) uma ação de impugnação de mandato eletivo contra o prefeito eleito, diplomado e empossado, Professor Lupércio (SD) e seu vice Márcio Botelho (SD). Segundo a petição, à qual foram anexados mais

Leia mais:

TRE alerta aos candidatos a prefeito que concorreram no segundo turno sobre o prazo da prestação de contas final

Neste sábado (19/11), encerra o prazo para entrega da prestação de contas final, referente aos dois turnos, para os candidatos a prefeito e partidos políticos que disputaram o segundo turno. Para entregar a prestação de contas final, os candidatos e partidos políticos deverão utilizar o Sistema SPCE-Cadastro 2016 (escolhendo Tipo

Leia mais:

Coligação Muda Olinda pede impugnação da prestação de contas de Professor Lupércio

A Coligação Muda Olinda pediu, nesta sexta-feira (11), a impugnação da prestação de contas apresentada pelo Professor Lupércio (SD), no primeiro turno. O departamento jurídico alega que o candidato do Solidariedade produziu amplo e vasto material de campanha durante a campanha, mas possui várias irregularidades. O pedido foi feito para

Leia mais:

A urna eletrônica da minha seção eleitoral quebrou, e agora?

Caso a urna eletrônica da seção eleitoral venha a quebrar no dia das eleições, os mesários responsáveis são treinados para chamar uma equipe especializada, que faz a substituição dos equipamentos e garante que a votação prossiga de forma eletrônica. Para esse fim, um contingente de 550 urnas reservas estão disponíveis para os quatro municípios pernambucanos que contam com o segundo turno da votação: Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda e Caruaru.Apresentando qualquer tipo de defeito nas urnas eletrônicas, os mesários já são treinados para chamar a equipe técnica, de acordo com o coordenador de sistemas do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE­PE), Mlexener Romeiro. "Existe uma equipe de apoio, de administração dos locais de votação, que acionam a equipe reserva, a qual é treinada para fazer todos os procedimentos de contingência. Eles vão detectar qual o problema que ocorreu e atuar conforme a situação", afirmou.Segundo o coordenador de sistemas do TRE, cada município possui 9% de contingente reserva, a partir do número total de urnas de seção. Isso significa que para 3.286 urnas eletrônicas instaladas na capital pernambucana, há 303 de reserva. Já em Jaboatão dos Guararapes há 111 equipamentos reservas, em Olinda há 80 e, em Caruaru, 56. Ao todo, Pernambuco dispõe de 6.512 urnas eletrônicas no segundo turno do pleito ­ sendo 5.950 de seção e 550 de contingência. Ainda conforme Mlexener, no primeiro turno todos os votos foram eletrônicos. "Todos os procedimentos de contingência foram realizados com sucesso. Não houve nenhum voto manual.", afirmou, ao acrescentar que a instalação das urnas só ocorre no dia do pleito. Nos casos de ocupação dos locais de votação ­ como está ocorrendo nas universidades estaduais e federais do Estado em protesto dos estudantes contra reformas do Governo Federal ­, há a possibilidade de as urnas não ficarem nas seções originais. "A gente distribui as urnas, e elas ficam no local de votação ou próximo. No entanto, os equipamentos serão montados no dia normalmente pelos mesários, estando no local original ou não", finalizou.

Leia mais: