quarta-feira, Maio 23, 2018
Home > Recife > Burocracia emperra centros para criança

Burocracia emperra centros para criança


A Prefeitura do Recife ainda não tem data prevista parainiciar a construção de onze Centros Municipais de Ensino Infantil (CMEIs). Alicitação para contratar a empresa responsável pelas obras foi suspensa paraque sejam realizados ajustes no projeto de engenharia. As unidades de educaçãoinfantil, anunciadas em agosto do ano passado, iriam beneficiar moradores dosbairros da Cohab, Dois Irmãos, Zumbi, Imbiribeira, Estância, Torrões e NovaDescoberta, além de Guabiraba e Ibura, que receberiam duas unidades, cada. Ovalor total da licitação era de R$ 16,6 milhões.

Os onze Centros fazem parte de um projeto anunciado pelo prefeito João daCosta, que previa a construção de 40 unidades. Desse total, apenas doiscomeçaram as obras, nas comunidades de Vila Imperial, no bairro do Arruda, eCampo do Vila, no Espinheiro, ambas na Zona Norte. Se o cronograma inicial deobras tivesse sido seguido, as unidades da Imbiribeira e Estância já deveriamter ficado prontas. 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *