segunda-feira, abril 22, 2019
Home > Brasil > Armando quer reforçar combate às drogas no orçamento do próximo ano

Armando quer reforçar combate às drogas no orçamento do próximo ano

Emenda do senador Armando Monteiro (PTB-PE), apresentada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), propõe dobrar a meta de projetos de combate às drogas no próximo ano. A proposta é para a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que está sendo discutida no Congresso Nacional. Armando propõe que projetos de prevenção, cuidado e reinserção social dos usuários de drogas tenham meta ampliada de 11 mil para 25 mil. A LDO estabelece as metas e prioridades para o orçamento do ano seguinte.

Armando Monteiro lembrou estudos que apontam que o Brasil é o segundo maior consumidor de cocaína e derivados do mundo, e que a idade média de iniciação no consumo de substâncias ilícitas é de apenas 13 anos.

“É uma situação grave, em Pernambuco e em todo o País, que compromete o futuro da nossa juventude e precisa de atenção e prioridade do Estado brasileiro. É fundamental aumentar as metas de repressão ao tráfico de drogas e, em especial, as ações que previnam sua disseminação, principalmente em segmentos populacionais em situação de maior vulnerabilidade social”, avalia Armando.

A proposição será agora apreciada na Comissão Mista de Orçamento, que elabora a versão final da proposta de LDO que será votada no Congresso.

Foto: Ana Luisa Souza/Divulgação

One thought on “Armando quer reforçar combate às drogas no orçamento do próximo ano

  1. Prevenções e Cuidados devem ser tomados pelos pais e familiares, ensinando aos mais novos sem esconder as coisas e mostrar o que é errado. É claro que o dinheiro deve ser usado em projetos de verdade para inserir a informação a população no geral dos perigos das drogas socialmente falando, ao corpo humano a mente que é o principal alvo de todas as drogas. Com certeza que o dinheiro deve ser gasto com a reinserção dos usuários de drogas de volta ao ambiente social e não somente isto. Acredito sinceramente que não se pode esconder a informação de nenhuma maneira, muitas vezes é a falta de informação de uma pessoa mais proxima que faz a pessoa usar a droga mesmo tendo a informação de terceiros (por não dar atenção por serem os outros e não familiares) e as vezes é por não ter a informação de terceiros mesmo tendo a dos familiares (muitas vezes também por não dar atenção ao que a familia fala por motivos que muitas vezes acredito que seja a falta de atenção dos pais com os filhos e somente recriminam os filhos e so veem as ações erradas). O Alchool e o Cigarro são duas drogas pesadas mais que são legalizadas para satisfazer provavelmente a necessidade do uso de algo ilícito do ser humano. Assim como comprimidos muitas vezes são usados para se drogar mesmo mais são vendidoa legalmente e claro com receita medica muitas vezes para que exatamente não sejam vendidos e usados como drogas ilícitas e ainda assim são vendidas sim pelas proprias pessoas que trabalham nas áreas da saúde humana.
    Fica aqui a minha ideia, obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *