terça-feira, outubro 17, 2017
Home > Abreu e Lima > PM é preso após alvejar e deixar esposa em estado grave, alegando que queria dar “susto”

PM é preso após alvejar e deixar esposa em estado grave, alegando que queria dar “susto”

O policial militar Carlos Alberto Mendes da Silva Júnior, 35 anos, está preso no Centro de Reeducação (Creed) da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, por tentativa de homicídio. O PM alvejou a esposa, Débora Maria de Oliveira, 40, no começo da manhã desta terça-feira. Socorrida para o Hospital Agamenon Magalhães (HAM), de onde acabou transferida e internada no Hospital da Restauração (HR). Segundo informações do hospital, Débora Maria teve a coluna cervical atingida, passou por cirurgia e permanece internada em estado grave.

A delegada de plantão no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), Silvana Carla Pereira da Costa, ouviu o PM Carlos Alberto, que, mesmo admitindo que o disparo que alvejou Débora Maria de Oliveira, insistia que não era essa sua  intenção, mas de dar “um susto” na esposa, se recusando a explicar o motivo. Embora não tenha oferecido resistência, a delegada decidiu autuar Carlos Alberto por tentativa de homicídio. Encaminhado para audiência de custódia, o PM que era lotado no 13º Batalhão da PMPE teve decretada a prisão preventiva e foi recolhido ao Creed.

Segundo apurações preliminares realizadas pela equipe do DHPP, o incidente ocorreu na própria residência do casal, onde também moram a sogra dele, de nome não informado, e a filha do casal, de cerca de um ano. Depois de efetuar o disparo, Carlos Alberto correu para a rua a pretexto de buscar socorro, obtendo ajuda de um vizinho de nome não informado, que já prestou depoimento, junto com dois policiais que conduziram Carlos Alberto para o DHPP.

PM assassinado

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) anunciou para esta quarta-feira pela manhã a divulgação dos detalhes da captura de Jaciele Gomes de Souza, 22, autuada por homicídio qualificado do companheiro e sargento reformado Ivo Pedro Gomes, 32, na segunda-feira, no bairro Maribara, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. Segundo informações preliminares, o PM teria sido morto com a própria arma, que teria sido furtada.

Fonte: DP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *