O prefeito da cidade do Paulista, Junior Matuto (PSB), e seu vice Jorge Carreiro (PCdoB) que foram reeleitos no último dia 02 de outubro, tiveram a publicação da rejeição de suas contas de campanha pelo Tribunal Regional Eleitoral (TER-PE) no dia 06 de dezembro de 2016. Mesmo assim os candidatos foram diplomados e empossados para o segundo mandato.

No entanto o Partido Trabalhista Nacional (PTN) e o Partido Humanista da Solidariedade (PHS), nas pessoas de seus representantes legais na cidade, respectivamente Samuel Filho e Fernando Sá, entraram no dia 30 de dezembro de 2016 com uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo, mas conhecida como AIME.

No início da tarde desta segunda-feira (12/06), o juiz eleitoral Leonardo Asfora proferiu a sentença acatando os termos e conteúdos da AIME, determinando perda de mandato do prefeito Junior Matuto e seu vice Jorge Carreiro.

Fonte: Blog Opinião Brasil, por Ariadne Morais